Imagem da matéria: Assis afirma que imagem de Ronaldinho foi usada sem autorização, mas que teve contrato com suspeitos
Ronaldinho Gaúcho (Foto: DR)

A defesa de Roberto de Assis disse durante sessão das CPI das Pirâmides Financeiras que os criadores da 18K Ronaldinho usaram a imagem de seu irmão, Ronaldinho Gaúcho, de forma indevida. O depoimento foi na manhã desta quinta-feira (24) na Câmara dos Deputados.

Assis disse que não teve contrato com a 18K Ronaldinho, mas admitiu que tinha um contrato com a 18K Watches, uma empresa que licenciou a imagem do ex-jogador para vender relógios por um sistema de marketing multinível. 

Publicidade

“Diferente do que foi divulgado no site da Câmara dos Deputados, meu irmão não é e nunca foi sócio dessa empresa. No mesmo sentido, eu não sou e nunca fui sócio dessa empresa. Os sócios dessa empresa são Rafael Horácio Nunes de Oliveira e Marcelo Lara Marcelino”, disse Assis.

“Aliás, meu irmão foi vítima dessa empresa e de seus sócios. Eles utilizaram o nome e a imagem sem autorização. Inclusive Ronaldo já foi ouvido no Ministério Público de São Paulo e pela Polícia Civil do Rio de Janeiro na condição de testemunha. Nunca participamos e tampouco demos autorização do uso de imagem”, continuou o irmão do jogador.

Leia também: CPI das Pirâmides Financeiras tem gritos, ameaças de prisão e briga entre direita e esquerda

O detalhe é que os donos da 18K Ronaldinho são exatamente os mesmos da 18K Watches: Rafael Horácio Nunes de Oliveira e Marcelo Lara Marcelino. Além disso, por pedido do deputado Caio Vianna (PSD/RJ) foram exibidos vídeos do “bruxo” fazendo propaganda de um serviço chamado “18K Ronaldinho”. 

Quando Alfredo Gaspar perguntou sobre encontros com os sócios da 18K Ronaldinho, detalhes de pagamentos dos relógios e outros pontos da relação com as pessoas que supostamente lesaram o irmão, Assis optou por ficar em silêncio. 

Publicidade

“É muito desagradável ter que estar aqui hoje. Nossa vida foi sempre dentro do campo, como quem ama o futebol. Esse ambiente aqui é bastante fora do que a gente está acostumado. Quando temos que responder por que a gente não fez, é muito ruim”, disse Assis.

O empresário disse que irá enviar todos os contratos que manteve com a 18K Watches para a CPI. O deputado Ricardo Silva disse que o pedido de condução coercitiva de Ronaldinho já está sendo elaborado e será pedido na jurisdição adequada (não disse onde).

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Wormhole diz pagar mais de 999% na semana em staking de novo token

Wormhole diz pagar mais de 999% na semana em staking de novo token

Token W, lançado esta semana, está chamando atenção ao render mais de 999% em staking na plataforma Kamino
Dedo indicador apoia bolo de dinheiro em forma digital

Mercado Bitcoin e Escala se juntam em tokenização inédita de R$ 29 milhões em operação na fintech Asaas

Operação viabilizou o acesso de clientes qualificados do MB a investimento na Asaas, antes restrito a grandes fundos de VCs
Imagem robótica surge em sala escura de informática

IA de Elon Musk tem a segurança mais fraca, enquanto chat da Meta se destaca, diz pesquisa

Pesquisadores usaram uma abordagem de manipulação lógica linguística para perguntar ao Grok como seduzir uma criança
Celular com o logo da OpenSea e imagens NFT

CEO do OpenSea fala sobre o futuro do mercado de NFTs mais popular do mercado

Devin Finzer falou sobre Bitcoin Ordinals, o lançamento de um token e o suporte para NFTs ERC721-C, um passo em direção ao OpenSea 2.0