Imagem da matéria: Após ser alvo de deepfakes, Papa Francisco faz alerta sobre perigos da Inteligência Artificial
Imagem deepfake gerada por AI do Papa Francisco (Guerrero Art/Pablo Xavier/Reprodução Decrypt)

Em uma declaração oficial no Vaticano nesta terça-feira (8), o Papa Francisco soou o alarme sobre as possibilidades disruptivas da Inteligência Artificial (AI, na sigla em inglês). A mensagem veio como um prelúdio para uma homilia, “Inteligência Artificial e Paz”, que deverá ser divulgada no Dia Mundial da Paz, em 21 de setembro.

“Os avanços notáveis feitos no campo da inteligência artificial estão tendo um impacto cada vez maior na atividade humana, na vida pessoal e social, na política e na economia”, disse Francisco.

Publicidade

Leia também: ChatGPT conduz missa para mais de 300 fiéis na Alemanha

Francisco pediu um diálogo aberto sobre o que a tecnologia emergente significa para a humanidade, dizendo que a AI é “dotada de possibilidades disruptivas e efeitos ambivalentes”.

Aparentemente, as notícia dos deepfakes (imagens falsas) gerados por AI do Papa Francisco vestindo uma jaqueta branca Balenciaga e um colar incrustado de diamantes pode finalmente ter chegado aos ouvidos do pontífice.

Um deepfake é um tipo cada vez mais comum de conteúdo de vídeo ou áudio criado com inteligência artificial que retrata eventos falsos, mas é feito de uma forma que pode ser muito difícil identificar como falsificado.

Francis, que uma vez disse à ABC News que nunca usou um computador e admoestou os fiéis a não se sentarem atrás de computadores ou se trancarem em seus escritórios e discutirem como “guerreiros do teclado”, foi o assunto de várias fotos deepfake que se tornaram virais no início deste ano.

Publicidade

Uma imagem gerada por IA mostrou o líder da Igreja Católica andando em uma passarela com uma capa transparente da cor do arco-íris, símbolo do movimento pelos direitos dos homossexuais.

Procurando impedir o uso de sua tecnologia para espalhar deepfakes – incluindo a aparência falsa do Papa – a plataforma de arte generativa de AI Midjourney encerrou sua versão gratuita em março.

O Papa exortou à necessidade de desenvolver a inteligência artificial de forma responsável. Ele enfatizou a necessidade de vigilância para garantir que a inteligência artificial não alimente a violência e a discriminação, especialmente contra comunidades vulneráveis e marginalizadas.

“Para que esteja a serviço da humanidade e da proteção da nossa casa comum, exige que a reflexão ética se estenda à esfera da educação e do direito”, disse Francisco.

Publicidade

As palavras de Francisco ecoam as declarações do secretário-geral das Nações Unidas, que em junho alertou contra o uso de imagens geradas por inteligência artificial para alimentar o ódio em zonas de conflito.

“A proteção da dignidade da pessoa e o cuidado de uma fraternidade efetivamente aberta a toda a família humana são condições indispensáveis para que o desenvolvimento tecnológico ajude a contribuir para a promoção da justiça e da paz no mundo”, disse o Papa Francisco.

VOCÊ PODE GOSTAR
miniaturas de homens e moedas de bitcoin em cima de bandeira da Alemanha

Governo alemão movimenta mais US$ 362 milhões em Bitcoin

Movimentação ocorre um dia após o governo transferir mais de US$ 900 milhões em BTC
Imagem da matéria: 5 fatores que podem levar o Bitcoin a US$ 100 mil até o fim de 2024

5 fatores que podem levar o Bitcoin a US$ 100 mil até o fim de 2024

Apesar da recente queda do mercado de criptomoedas, vários catalisadores oferecem uma oportunidade para os investidores de longo prazo que buscam um alívio
Imagem da matéria: PF derruba quadrilha que enviou R$ 1,6 bilhão para exterior com uso de criptomoedas e doleiros

PF derruba quadrilha que enviou R$ 1,6 bilhão para exterior com uso de criptomoedas e doleiros

Estima-se que foram importados para o país mais de 500 mil telefones celulares pela organização criminosa nos últimos cinco anos
Imagem da matéria: Jogador que traiu Iza perdeu R$ 50 mil na pirâmide Braiscompany

Jogador que traiu Iza perdeu R$ 50 mil na pirâmide Braiscompany

Yuri Lima entrou na Justiça alegando ter aplicado R$ 50 mil na Braiscompany, pirâmide financeira que ruiu em dezembro de 2022