Apesar de processo, Ronaldinho Gaúcho promove no Instagram empresa de forex proibida pela CVM

LBLV: “Estou sendo ameaçado por perder R$ 1 milhão na corretora que o Ronaldinho faz propaganda”
Foto:: Divulgação


No sábado (15), Ronaldinho Gaúcho publicou nas redes sociais um vídeo onde ele promove a corretora LBLV, que já foi alvo da CVM no ano passado por captar brasileiros para o mercado Forex. “Nós vamos te treinar para ganhar”, disse o ex-jogador.

No Twitter, ele escreveu:

“Quer levar seus investimentos para um novo nível? Se torne acionista de grandes marcas com a @lblvonline !”.

Até o momento, o post já teve 55 Retweets e 1,2 mil Curtidas.

No Instagram, o ex-craque da Seleção fez o mesmo. O vídeo já teve cerca de 700 mil visualizações. Detalhe no post: “Parceria remunerada com lblvonline”.

Ronaldinho e LBLV

Em julho do ano passado, a CVM mandou suspender as atividades de Forex da LBLV. Na época, Ronaldinho já promovia a empresa.

Conforme informações no site, a LBLV oferece negociação em moedas estrangeiras, ouro, índices, ações e commodities.



Na ocasião, o órgão regulador emitiu o ato declaratório 17.263/2019 após verificar que a empresa promovia “a captação irregular de clientes para a realização de operações com derivativos em geral e no denominado mercado Forex (Foreign Exchange)”.

De acordo com a Superintendência-Geral de Relações com o Mercado e Intermediários da CVM, na época, a captação era feita em eventos presenciais, por meio de páginas na internet, incluindo o site da LBLV e redes sociais.

O órgão, então, determinou que a empresa suspendesse imediatamente qualquer veiculação de oferta pública de investimentos. Caso não cumprisse a decisão, a empresa seria multada em R$ 1 mil por dia.

A CVM lançou um site de alertas e nele trata do Forex. Nessa página consta que a CVM não autorizou até hoje empresa alguma a atuar no negócio de Forex no Brasil.

Ronaldinho Gaúcho vira réu

Na semana passada, Ronaldinho se tornou réu em ação coletiva por associação com a pirâmide financeira 18k, que levava seu nome ‘18K Ronaldinho’.

Esta é a segunda vez em um curto espaço de tempo que o ex-jogador é arrolado em um processo judicial contra a 18K.

No início do mês, Gaúcho também virou réu em uma ação de danos moral e material no valor de R$ 52,6 mil, aberta por uma pessoa do Paraná.

Até então — antes desses dois processos, Ronaldinho Gaúcho só havia sido arrolado apenas na condição de testemunha no caso de suspeita de pirâmide financeira com bitcoin.

CVM e Forex

A CVM lançou um site de alertas e nele trata do Forex. Nessa página consta que a CVM não autorizou até hoje empresa alguma a atuar no negócio de Forex no Brasil.


BitcoinTrade: Depósitos aprovados em minutos!

Cadastre-se agora! Eleita a melhor corretora do Brasil. Segurança, Liquidez e Agilidade. Não perca mais tempo, complete seu cadastro em menos de 5 minutos! Acesse: bitcointrade.com.br