Imagem da matéria: Amoêdo diz que usará blockchain para desburocratizar cartórios
João Amoêdo (Foto: contabilidadetv/Wikipedia)

O candidato à presidência da República pelo Partido Novo, João Amoêdo, fez uma publicação em sua página oficial de campanha no Facebook dizendo que irá aplicar a tecnologia blockchain para a validação de contratos e documentos. Durante a pré-campanha, o candidato já havia defendido a mesma proposta.

A publicação na rede social vem com a legenda:

Publicidade

Ninguém aguenta mais perder tempo nos cartórios. Em um mundo cada vez mais conectado queremos que você possa validar documentos e contratos- que hoje são monopolizados pelos cartórios – pela internet. Para garantir a segurança e transparência a tecnologia blockchain é a melhor alternativa do momento.

Em maio, Amoêdo publicou em sua página uma reportagem do Valor Econômico dizendo que o lucro dos cartórios havia subido 12%, apesar do período de crise econômica. Ele disse que é “a favor da digitalização dos serviços cartoriais, por meio de tecnologias seguras e transparentes (como o blockchain)”.

O candidato tem usado a desburocratização como uma das principais bandeiras de sua campanha e diz que a tecnologia pode auxiliar barateamento e simplificação dos serviços prestados pelos cartórios.

Na publicação de maio, o então pré-candidato defendeu que “com menor burocracia, a digitalização simplificaria e facilitaria os negócios do dia a dia para todos, com menores custos.”

Amoêdo e criptomoedas

Na entrevista exclusiva que João Amoêdo concedeu ao Portal do Bitcoin poucos dias após sua primeira publicação favorável à tecnologia blockchain, ele disse que considera vantajoso que exista mais de um meio de troca no mercado, referindo-se às criptomoedas.

Questionado sobre como iria tratar a questão da regulamentação das criptomoedas no Brasil, Amoêdo disse que desaprova regras específicas “trazem um engessamento desnecessário a atividade”.

Publicidade

Já a candidata Marina Silva, da Rede, usou a plataforma Voto Legal para promover o financiamento coletivo de sua campanha. O site usa blockchain para validar os valores doados e a autenticidade dos doadores, com o objetivo de aumentar a transparência e evitar fraudes no processo de divulgação da candidata.


Procurando o melhor lugar para fazer seus trades?

A Huobi, exchange líder em ativos digitais, chegou ao Brasil! Crie sua conta em menos de 1 minuto. Plataforma em português, mais de 150 altcoins, taxa de apenas 0,20%, liquidez e muita segurança, acesse: https://www.huobi.com/

VOCÊ PODE GOSTAR
Sunny Pires surfando

Surfista brasileiro recebe patrocínio em criptomoedas de comunidade web3

Sunny Pires, de 18 anos, embarca neste mês em expedição à Nicarágua com apoio da comunidade web3 Nouns
simbolo do dolar formado em numeros

Faculdade de Direito da USP recebe evento da CVM sobre democratização dos mercados de capitais

Centro de Regulação e Inovação Aplicada (CRIA) da CVM vai a “Tecnologia e Democratização dos Mercados de Capitais no Brasil” com transmissão ao vivo no Youtube
Ilustração da memcoin em Solana Bonk

Como criar uma memecoin em Solana com a Pump.fun

Protocolo viralizou ao permitir a qualquer pessoa criar uma criptomoeda por cerca de R$ 15
moeda de bitcoin dentro de armadilha selvagem

CVM faz pegadinha e descobre que metade das pessoas cairia em golpe com criptomoedas

Junto com a Anbima, a entidade criou um site de uma empresa fictícia que simulava a oferta de investimentos com lucros altos irreais