Imagem da matéria: Alemanhã aprova lei que pode atrair US$ 422 bilhões para o mercado de criptomoedas
Foto: Shutterstock

O parlamento da Alemanha – chamado de Bundestag – aprovou na semana passada uma lei que dá a mais de 4 mil fundos de investimentos institucionais do país a possibilidade de alocar até 20% de suas carteiras em criptomoedas. A informação foi publicada na sexta-feira (23) pelo jornal Boersen Zeitung.

A estimativa é que a mudança na legislação, que entrará em vigor no dia 1º de julho, permita a entrada de bilhões de dólares no mercado de criptoativos, segundo uma fonte ouvida pelo Decrypt na quarta-feira (29).

Publicidade

“Isso é muito grande. Hoje em dia, 0% dos fundos (que têm US$ 1,8 trilhão) são investidos (em criptomoedas), porque isso não é permitido”, disse Sven Hildebrandt, CEO da empresa Distributed Ledger Consulting (DLC), com sede na Alemanha.

Em teoria, falou Hildebrandt ao veículo, até US$ 422 bilhões desses produtos financeiros – que recebem o nome de ‘Spezialfonds’ – poderiam ser direcionados para os ativos digitais.

O valor é praticamente a metade da capitalização de mercado do bitcoin, que está na casa dos US$ 993 bilhões nesta quinta, segundo o CoinMarketCap.

Alemanha e bitcoin

A Alemanha tem uma relação amigável com o bitcoin e as altcoins. Desde 2018, governo do país considera o BTC como meio de pagamento legal.

Publicidade

Em novembro de 2019, o Bundestag aprovou uma lei que permite aos bancos do país vender e custodiar criptomoedas. Já em março de 2020, a Comissão de Valores Mobiliários da Alemanha (BaFin) reconheceu as criptomoedas como instrumentos financeiros.

“As criptomoedas (bitcoin, por exemplo) tornaram-se equivalentes aos meios legais de pagamento, na medida em que as chamadas moedas virtuais dos envolvidos na transação foram aceitas como meios alternativos de pagamento contratual e imediato”, disse o regulador na época.

A nação também está de olho na tecnologia blockchain. Em março deste ano, Alemanha e Brasil estabeleceram uma cooperação para estudar a tecnologia, que nasceu junto com o bitcoin.

VOCÊ PODE GOSTAR
CEO da Galaxy Digital, Mike Novogratz, em entrevista ao BNN Bloomberg no YouTube

O Bitcoin precisa de uma nova narrativa para voltar a subir, segundo CEO da Galaxy Digital

Mike Novogratz também acredita que o preço do BTC flutue entre US$ 55 mil e US$ 75 mil até que novos eventos ocorram
Arte de robô observando por trás usuária de computador

Novo PC da Microsoft que grava tudo é “spyware” e será alvo de hackers, alertam especialistas

Os críticos dizem que novo PC centrado em IA da Microsoft é um pesadelo de privacidade
dupla de homens sendo presa

Irmãos são presos por roubo de R$ 130 milhões em ataque de 12 segundos na rede Ethereum

O procurador americano Damian Williams disse que “este suposto esquema era novo e nunca havia sido acusado antes”
trader segura moeda de bitcoin em frente a grafico em computador

Bolsa de Chicago planeja lançar negociação de Bitcoin à vista, diz jornal

O objetivo é capitalizar a crescente demanda este ano entre os gestores de Wall Street para ganhar exposição ao setor de criptomoedas