Imagem da matéria: Aeris (AERI3) é uma boa opção? Veja recomendação
Aeris (Foto: Youtube/Reprodução)

A Aeris (AERI3) é uma companhia que produz pás para geradores de energia eólica. Hoje, mesmo sendo uma empresa jovem, já possui 70% do mercado nacional e 7% do internacional. Isto é, tirando a China, que por si só é uma gigantesca produtora de energia eólica. Será que vale a pena comprar as ações da Aeris?

Com uma localização privilegiada, a Aeris está a apenas 20km. Dessa forma, facilitando o transporte de seu produto da fábrica até as embarcações. Além disso, fica próxima ao maior centro de geração de energia eólica do Brasil, no Ceará.

Publicidade

Atualmente a energia eólica ocupa o segundo lugar na matriz energética do Brasil, de acordo com dados da ABEEólica. O mundo em geral caminha para fontes de energia limpas e sustentáveis, sendo a eólica uma das principais delas. Dessa forma, há espaço para Aeris desenvolver seu negócio. Entre 2015 e 2020, houve um aumento de 94% na capacidade instalada desse tipo de energia, somando 16.982 MW.

De acordo com Aeris, seu objetivo é dobrar de tamanho até 2023, somando uma receita de R$ 5 bilhões. Além disso, para 2021 se espera um faturamento de R$ 2,2 bilhões, somando R$ 280 milhões de EBITDA.

Seus principais clientes hoje são a Vestas Wind Systems, a General Electric, a Weg (WEGE3) e a Suzlon.

Por fim, vale destacar um ponto interessante: sua capacidade produtiva. De 2013 para cá, sua capacidade de produção anual cresceu 2.250%, saindo de 200 pás por não para 4,5 mil.

O que fazer com Aeris?

Mesmo com todos os pontos positivos e as perspectivas futuras mostrando uma larga avenida de crescimento pra Aeris, Max Bohm, analista da Empiricus acha que esse não é o momento de comprar as ações. De acordo com ele, a companhia está cara. Dessa forma, mesmo de olho nas ações da Aeris, o analista afirmou que irá esperar pelo momento certo para comprar.

“Uma empresa boa a um preço caro não será um bom investimento no longo prazo.”, afirmou o analista.

Talvez você queira ler
cédulas de 100 e 200 reais

Cresce número de brasileiros que sacam dinheiro em caixas eletrônicos

De acordo com o levantamento, 54% dos pesquisados disseram que o saque é uma das principais operações realizadas cotidianamente