Imagem da matéria: A semana no CriptoTwitter: Vitalik é “trollado”, estrela da NBA compra bitcoin e DAO expulsa fundador
Foto: Shutterstock

No artigo sobre o CryptoTwitter da semana passada, o Decrypt incluiu o anúncio público de que Eva Longoria, estrela do seriado “Desperate Housewives”, estava entrando para o setor tokens não fungíveis (NFT).

Ela pediu conselho a seus sete milhões de seguidores de onde começar e inevitavelmente as respostas estavam repletas de promoção de projetos de NFTs.

Publicidade

Ele não demorou. Na segunda-feira (10), mudou sua foto de perfil no Twitter para sua primeira aquisição NFT: um token da coleção World of Women, ilustrada pela artista Yam Karkai e “com dez mil artes de mulheres diversas e poderosas”, de acordo com a descrição.

Karkai está na lista de artistas NFT mais inovadores de 2021.

Longoria se une a Reese Witherspoon como dona de um NFT do World of Women. Essa semana o preço mínimo dos NFTs disparou graças à Longoria e ao contrato da coleção com Guy Oseary, empresário de reputação em Hollywood que já trabalha com o Bored Ape Yacht Club (BAYC) e que agora vai ajudar na expansão do World of Women.

Andre e Klay entram para o setor de criptomoedass

Andre Iguodala, lenda da Liga Nacional de Basquete dos EUA (NBA), anunciou que ele e Klay Thompson, seu colega no time Golden State Warrions, receberão parte de seu salário em Bitcoin (BTC) por meio do aplicativo de pagamentos Cash App.

As duas estrelas da NBA entram para uma longa lista de atletas profissionais que recebem parte de seus salários em bitcoin, incluindo Aaron Rodgers, Odell Beckham Jr., Russell Okung e Trevor Lawrence.

Publicidade

Tom Brady, investidor e garoto-propaganda da FTX, disse que “adoraria fazer essa solicitação”, mas ainda não o fez.

Nem todos aplaudiram a decisão. A professora de direito na Universidade de Toronto, Anna Su, respondeu: “amo você e Klay, mas espero que você possa usar sua plataforma para promover práticas de mineração cripto mais sustentáveis”.

Vitalik entra na zoeira

Na quinta-feira (13), Vitalik Buterin, o cofundador e principal rosto do Ethereum, entreteve a todos quando deixou seu orgulho de lado e compartilhou algumas das zoeiras mais cruéis que recebeu no Twitter, e pediu por mais: “Quais são as críticas mais malucas e perturbadoras sobre mim que vocês já viram no Twitter ou em outro lugar?”.

Algumas das piadas eram muito ácidas, como a do usuário @FirstFedora: “seu destino era realizar um tiroteio em uma escola mas, infelizmente, ele falhou”.

Muitos zoaram a forma física de Vitalik, como @XRPmemeguy: “A parte mais positiva de Vitalik ir para a cadeia é que ele finalmente comeria três refeições por dia”.

Publicidade

Mas a melhor zoeira foi o trocadilho inofensivo “Itálico” Buterin:

O desenvolvedor também publicou uma série de enquetes, perguntando a seus seguidores e membros da comunidade do Ethereum quais altcoins ele usaria em um mundo sem ether.

Na primeira rodada, as opções eram bitcoin, USD Coin (USDC), Solana (SOL) e Cardano (ADA). Surpreendentemente, ADA (43%) destronou o BTC (38%) entre os 600 mil votos.

Buterin fez a mesma pergunta em outra enquete, mas com opções diferentes: Tron (TRX), Binance Coin (BNB), Neo (NEO) e o yuan digital da China (CNY). Tron foi a criptomoeda vencedora, com 51% dos 359 mil votos, mais do que o dobro de qualquer outra opção da enquete.

DAO expulsa um de seus fundadores

Na terça-feira (11), houve o que pode ser chamado de marco para o futuro de como as organizações autônomas descentralizadas (DAO) lidam com questões relacionadas a conduta de seus membros – e tudo aconteceu no Twitter.

Tudo começou quando Cooper Turley, 25, um megainfluenciador no reino das DAOs, tuitou: “O que você faz após às oito da noite mostra o quanto você quer vencer”.

Publicidade

Jackson Dame, um influenciador cripto que cria conteúdos e lidera a comunidade da carteira Rainbow chamou a atenção de Turley por este promover um equilíbrio danoso entre trabalho e vida, algo pelo qual Turley já havia sido criticado no passado.

Dame chamou Turley de “má influência”.

Dame descobriu e tuitou alguns tuítes antigos de Turley, que incluíam o uso repetitivo de uma palavra de cunho racista e xingamentos homofóbicos.

Turley pediu desculpas pelos tuítes na manhã de quarta-feira (12): “Na época, desenvolvi um hábito terrível de usar xingamentos racistas e homofóbicos para me ambientar”.

Ele disse que os xingamentos “foram inaceitáveis e bastante ofensivos. Eu era jovem, estúpido e negligente. Isso não desfaz quão horríveis esses comentários foram e ainda são”.

Na sexta-feira (14), a popular DAO Friends with Benefits (FWB), um clube social cripto que Turley ajudou a criar, anunciou que, após uma votação do comitê, foi decidido remover Turley da liderança da DAO e suspendê-lo como membro durante duas temporadas.

As ações da FWB foram alvo de críticas por quem sentiu que foi um exagero uma organização descentralizada de cripto expulsar um membro por conta de tuítes de nove anos atrás.

Publicidade

Turley anunciou que irá renunciar de muitas DAOs com as quais está envolvido, mas isso provavelmente não irá pôr fim à discussão sobre esse acontecimento. Levanta perguntas importantes sobre como comunidades cripto irão lidar com controvérsias parecidas.

*Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

VOCÊ PODE GOSTAR
simbolo do dolar formado em numeros

Faculdade de Direito da USP recebe evento da CVM sobre democratização dos mercados de capitais

Centro de Regulação e Inovação Aplicada (CRIA) da CVM vai a “Tecnologia e Democratização dos Mercados de Capitais no Brasil” com transmissão ao vivo no Youtube
Imagem da matéria: Bitcoin cai mas analistas ainda acreditam que preço vai chegar a US$ 150 mil este ano

Bitcoin cai mas analistas ainda acreditam que preço vai chegar a US$ 150 mil este ano

A AllianceBernstein concorda com os analistas do Standard Chartered e acredita que o preço do BTC mais que dobrará nos próximos 18 meses
Moeda de Bitcoi sob mapa da América comd estaque para Venezuela

Venezuela quer desativar todas as fazendas de mineração de criptomoedas do país

O governador do estado de Carabobo afirmou que o governo está prestes a publicar um decreto que irá proibir a mineração de criptomoedas
miniatura de homem sob pulpito e moeda gigante de bitcoin ao lado

Brasileiros não podem usar criptomoedas para fazer doações nas eleições municipais

A Procuradoria-Geral da República explicou as regras de doações para as eleições municipais de 2024