Imagem da matéria: Youtuber PewDiePie divulga game que distribui criptomoedas aos jogadores
(Foto: Wikipedia)

Pewdiepie, o maior Youtuber do mundo, está promovendo um novo jogo no estilo Pokémon chamado Wallem e vendendo sua própria moeda “PewDiePie skin” como um token não fungível (NFT), uma espécie de criptomoeda.

NFTs e mundos virtuais baseados em blockchain estão em alta. Na semana passada, quase US$ 1,5 milhão foi gasto em vendas de NFT. Em maio, a L’Atelier, uma empresa de pesquisa que faz parte do grupo bancário internacional francês BNP Paribas, identificou um mercado de US$ 100 bilhões em plataformas de jogos como Fortnite e Minecraft, e mundos virtuais como Decentraland. E agora, até mesmo os principais YouTubers estão entrando no movimento.

Publicidade

Pewdiepie revelou o jogo de caça ao tesouro baseado em blockchain para seus mais de um milhão de assinantes na sexta-feira. Wallem usa um mapa 3D e tecnologia de realidade aumentada (AR), para colocar objetos virtuais no mundo real. Possui uma carteira de criptomoedas e permite que seus usuários encontrem e coletem Bitcoin (BTC), Ethereum (ETH) e outras criptomoedas, que podem ser transferidas para carteiras externas e vendidas em uma bolsa.

“Você pode andar lá fora e pegar tokens. Com base em onde você mora, eles irão aparecer ao seu redor nas proximidades ”, explicou PewDiePie no vídeo.

Wallem, que está disponível para iOS e Android, recompensa os jogadores com um token ERC-20 baseado em Ethereum chamado Pteria (PTE) e apresenta eventos especiais com prêmios de grandes marcas, incluindo Armani e Motta.

Os jogadores podem comprar um token do PewDiePie no mercado Rarible e usá-lo no mundo 3D virtual de Wallem. Outros NFTs de edição limitada também estarão disponíveis, de acordo com Wallem, e os jogadores se beneficiam de simplesmente possuir os NFTs durante eventos especiais.

Publicidade

O inventor do jogo, Andrea Bempensante, disse que uma versão futura do jogo permitirá que os jogadores roubem tokens uns dos outros. Uma “carteira aberta” exibirá o valor dos tokens capturados pelos jogadores, que devem então proteger seus tokens com itens especiais ou afastando-se e desligando o aplicativo.

*Traduzido e editado com autorização da Decrypt.co
VOCÊ PODE GOSTAR
jogadores de costas tocam os punhos

Filipinos voltam a lotar lan houses para ganhar criptomoedas em jogos; é o retorno do play-to-earn?

Jogar Heroes of Mavia, Nifty Island e PIXEL em horário integral nas Filipinas pode render cerca de duas vezes o salário mínimo do país
Imagem da matéria: Brasileira perde R$ 28 mil em golpe de falso consultor de criptomoedas

Brasileira perde R$ 28 mil em golpe de falso consultor de criptomoedas

Além do prejuízo com as criptomoedas, mulher relata que teve o celular e as contas bancárias invadidas pelo golpista
Imagem da matéria: Clientes brasileiros da FTX vivem expectativa de pagamento e medo de novos golpes

Clientes brasileiros da FTX vivem expectativa de pagamento e medo de novos golpes

Grupo de brasileiros se unem no Telegram para tentar entender comunicações da massa falida da FTX em meio ao receio de novos golpes
Dedo indicador apoia bolo de dinheiro em forma digital

Mercado Bitcoin e Escala se juntam em tokenização inédita de R$ 29 milhões em operação na fintech Asaas

Operação viabilizou o acesso de clientes qualificados do MB a investimento na Asaas, antes restrito a grandes fundos de VCs