Imagem da matéria: Youtuber brasileiro Zangado ainda não recuperou canal; "11 anos de trabalho sumiram"
Foto: Divulgação

Mais de 48 horas depois de ter sido hackeado, o youtuber Zangado ainda não conseguiu retomar o seu canal na plataforma. Por meio das redes sociais, ele disse ao Portal do Bitcoin que estava focado nas ajudas técnicas para o canal para que voltasse o quanto antes.

Também na tarde de hoje, sua empresária confirmou por meio da assessoria que já está em contato com a direção do Youtube Brasil e aguarda as providências. Procurado para comentar sobre o assunto, o Youtube não respondeu até a publicação desta reportagem.

Publicidade

Hackers de criptomoedas

Zangado teve seu canal com 4,2 milhões de seguidores hackeado um dia depois de comemorar 11 anos de atividade no Youtube no último dia 30. No lugar do seu canal, os hackers subiram um fake da Fundação Ethereum, instituição fundada pelo líder global do Ethereum, Vitalik Buterin.

Por meio da falsa conta, os hackers fazem transmissões simulando distribuição gratuita de criptomoedas, um golpe crescente nos últimos meses. Nos vídeos que estão sendo postados de forma criminosa, os fãs de zangado comentam para que devolvam o canal: “Canal Roubado”; “Ladrão”.

Zangado agradece fãs

Em nota à reportagem, a empresária de Zangado, Fernanda Domingues, exaltou a ajuda que a equipe tem recebido. “Nesse momento nós agradecemos o apoio dos fãs e as centenas de influenciadores que twitaram pedindo ajuda do TeamYouTube esta noite”, disse.

Zangado também enviou um comentário e agradeceu a ajuda dos fãs:

“Está sendo difícil demais ver 11 anos de trabalho desaparecer em um instante, mas sabemos que há como recuperar o canal e com o apoio de vocês (fãs) eu vou superar esta crise. Obrigado aos influenciadores que usaram suas redes sociais para me apoiar e a todos que torcem por mim. Como eu sempre digo: sem vocês eu não existiria”.

Publicidade

Milhares de vídeos sumiram

De acordo com a assessoria do youtuber, o canal foi hackeado por volta das 18h30 do dia 1 de dezembro, quando os “milhares de vídeos de gameplay, reviews e sagas haviam sido removidos do canal, que estava sendo usado para fazer lives sobre bitcoins”.

Zangado é o personagem criado pelo engenheiro civil Thiago Silva, que optou por seguir sob anonimato usando uma máscara, confirmou a assessoria. Segundo a nota, ele deixou a profissão há alguns anos para viver dos seus vídeos.

Caso parecido

A assessoria não comentou sobre como ocorreu o hack. Contudo, um caso parecido aconteceu em janeiro deste ano com o Youtuber Marlon XGamer. Ele teve seu canal de 500 mil inscritos hackeados e os hackers também usaram a conta para divulgar golpes com criptomoedas.

Na época, Marlon contou ao Portal do Bitcoin que uma empresa ficou interessada em anunciar no seu canal. Um representante então teria pedido a ele que baixasse um arquivo para copiar um código de referência e testar um software, mas na verdade era um vírus trojan.

VOCÊ PODE GOSTAR
Gustavo Scarpa em um campo de futebol usando o uniforme do Atlético Mineiro

Scarpa x Bigode: Pedras preciosas não valem como garantia em processo contra pirâmide cripto, diz PF

Um laudo das pedras de alexandrita apreendidas da suposta pirâmide Xland foi avaliado por um juiz, que determinou que elas não têm valor significativo
solana, criptomoedas,

Este evento vai fazer a Solana atingir US$ 400 este ano, projeta analista

Para analista da Merkle tree, a Solana pode disparar 170% este ano puxado por memecoins ligadas aos candidatos na eleição dos Estados Unidos
Imagem da matéria: Ethereum Rio: Começa hoje evento que promove ecossistema da segunda maior criptomoeda do mundo

Ethereum Rio: Começa hoje evento que promove ecossistema da segunda maior criptomoeda do mundo

Evento Ethereum Rio ocorre entre os dias 13 e 15 de maio no Porto Maravalley, Rio de Janeiro
Ilustração da memcoin em Solana Bonk

Como criar uma memecoin em Solana com a Pump.fun

Protocolo viralizou ao permitir a qualquer pessoa criar uma criptomoeda por cerca de R$ 15