Imagem da matéria: XRP sobe 25% e estreia no mundo das finanças descentralizadas
Foto: Shutterstock

A XRP inicia mais um movimento de alta ao alcançar a cotação máxima do dia de US$ 1,73, segundo o CoinMarketCap. A valorização de 25% nas últimas 24 horas fez com que o ativo a chegasse ao maior preço dos últimos três anos.

A última vez que a XRP esteve acima deste valor foi em meados de janeiro de 2018, quando cravou US$ 3,84 como máxima histórica. Para voltar a romper o recorde, o seu preço precisa subir mais 55%. 

Publicidade

A XRP dá continuidade a sua tendência de alta que ganhou força em abril. Desde o início do mês, o preço da criptomoeda subiu 208%, uma porcentagem que decola para 611% no período anual.

Nesta terça-feira (13), a XRP reage a uma fase positiva para todo mercado cripto, que ganhou um novo fôlego com o novo recorde de US$ 63 mil do bitcoin. Mesmo assim, as pequenas vitórias da Ripple no processo contra a SEC e a entrada da XRP no meio DeFi, podem estar por trás da alta do ativo.

XRP estreia no DeFi

Agora os investidores podem negociar XRP no ambiente das finanças descentralizadas (DeFi), um espaço onde a criptomoeda nunca esteve presente até então. 

Uma iniciativa do projeto Wanchain conectou a blockchain XRP Legder com a rede Ethereum, o que permite que os tokens XRP sejam usados ​​em pools de liquidez e yield farming.

Publicidade

A integração será possível através da blockchain Wanchain, que funciona como uma ponte descentralizada para que diferentes redes se comuniquem entre si. A ponte entre XRP Legder e Ethereum já está ativada e operacional na rede principal de ambos os projetos. 

O renascimento do  XRP

Apesar da maioria das altcoins estarem em uma boa fase, a alta do XRP não vem sem surpresas. A Ripple enfrenta um processo complicado da Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC) que considera XRP como um título não registrado.

Assim que o processo veio à tona em dezembro de 2020, o preço da criptomoeda desabou, e as principais corretoras dos EUA abandonaram o projeto. 

Por outro lado, decisões do tribunal dos EUA pendendo para o lado da Ripple, reanimaram os investidores e a criptomoeda voltou a crescer desde então.  

Publicidade

Entre essas pequenas vitórias está uma decisão do dia 9 da corte, que impede a SEC de acessar dados bancários dos líderes da Ripple, Brad Garlinghouse e Chris Larsen. 

Enquanto eles alegavam que o ato seria uma invasão de privacidade, os reguladores da SEC argumentavam que tais informações seriam fundamentais para a investigação do processo, uma justificativa incapaz de convencer a corte americana.

Hoje, o preço do XRP é três vezes maior do que quando a Ripple começou a ser investigada. Apesar da empresa demonstrar sua força, a batalha ainda não está ganha e o processo deve se estender até agosto.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Pump.fun: site que permite criar memecoin por apenas R$ 15 bate recorde de atividade

Pump.fun: site que permite criar memecoin por apenas R$ 15 bate recorde de atividade

Entre os 14.500 tokens lançados na Solana por meio do pump.fun, milhares eram baseados na GameStop
Joe Biden posa para foto

Biden expulsa mineradora cripto chinesa de área próxima a base militar: “Risco de espionagem”

O governo afirma que a MineOne possui equipamentos especializados de origem estrangeira potencialmente capazes de facilitar atividades de vigilância e espionagem
Imagem da matéria: CEO da Grayscale deixa cargo: "Momento certo para transição"

CEO da Grayscale deixa cargo: “Momento certo para transição”

A Grayscale, uma das maiores gestoras de criptomoedas do mundo, anunciou que Michael Sonnenshein está deixando o cargo de CEO
Imagem da matéria: Entendendo as tecnologias por trás da tokenização de ativos | Opinião

Entendendo as tecnologias por trás da tokenização de ativos | Opinião

Apesar de chamara cada vez mais atenção, muitas pessoas ainda não sabem o que é a tokenização de ativos e como ela funciona