Imagem da matéria: Usuário comprou Bitcoin por R$ 68.300 em exchange brasileira; entenda
(Foto: Shutterstock)

Na tarde deste sábado (09) às 12:23, um usuário realizou uma compra de 0,01339839 BTC por R$ 915,11 na exchange TemBTC, o equivalente a R$ 68.300 por unidade de Bitcoin.

Histórico de trades da TemBTC

Baseado no horário dos trades, é provável que o usuário tenha feito uma ordem a mercado de uma grande quantidade de bitcoin e, pela falta de liquidez da exchange, todas as ordens do book tenham sido completadas, elevando o preço a níveis altíssimos.

Publicidade

Observado o histórico mais a fundo, menos de R$ 20mil separavam as ordens de R$ 16 mil até R$ 68 mil.

Outro acontecimento mais surpreendente ainda, foi que apenas 3 minutos após a ordem de R$ 68.300 ser executada, outro usuário (ou talvez o mesmo), comprou 0,63 BTC por R$ 21.373,99, equivalentes a R$ 33.467 por unidade, mais do que o dobro do valor atual do Bitcoin, que está na casa dos R$ 15 mil.

Não é a primeira vez que isso acontece

Em fevereiro, um usuário adquiriu 0,0047359 BTC pela bagatela de R$ 340, o equivalente a R$ 72 mil por unidade de Bitcoin, também na exchange TemBTC.

Na época, em conversa rápida por telefone com o Portal do Bitcoin, o fundador da TemBTC Renato Abreu disse que provavelmente foi alguém com pouco conhecimento e que realizou a ordem a mercado.

Publicidade

TemBTC foi comprada recentemente

A TemBTC atualmente faz parte do grupo Bitcoin Banco, mesmo dono da Negocie Coins. A corretora teve uma alta muito expressiva após ter sido adquirida pelo grupo.

Poucas dias após a compra, seu volume negociado de bitcoin subiu 10.000%, saindo de pouco mais de 1 BTC por dia em média para mais de cem.

Hoje, de acordo com o cointradermonitor, a exchange negociou mais de 11.000 BTC, um aumento de 1.000.000% em apenas dois meses.

Na época, Abreu contou ao Portal do Bitcoin que o salto no volume da corretora se deve ao “cadastro de grandes players na TemBTC”

Publicidade

Esclarecimento do Bitcoin Banco

Em nota enviada ao Portal do Bitcoin, o Grupo Bitcoin Banco informou:

“No dia 9 de março, às 7h da manhã, as exchanges NegocieCoins e TemBTC inauguraram a automatização de pagamentos em reais (BRL), uma ferramenta sem precedentes no mercado brasileiro.

Durante o processo de ativação da ferramenta alguns ajustes ainda foram feitos e observamos uma atividade atípica.

O livro de ofertas foi desativado e nesse meio tempo foi enviada uma ordem a mercado na “cabeça” do livro, adquirindo algumas solicitações que não haviam sido desativadas.

A quantia adquirida foi pequena – de BTC 0,01339839, no valor de R$ 915,11 – e não motivou atenção especial do cliente ao caso.”


Negocie criptomoedas na 3xBit

Inovação e segurança. Troque suas criptomoedas na corretora que mais inova do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://3xbit.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
Sunny Pires surfando

Surfista brasileiro recebe patrocínio em criptomoedas de comunidade web3

Sunny Pires, de 18 anos, embarca neste mês em expedição à Nicarágua com apoio da comunidade web3 Nouns
CEO do MB Reinlado Rabelo em evento da CVM na USP

“A Bolsa é sim lugar de startups”, diz CEO do Mercado Bitcoin em evento da CVM

Reinaldo Rabelo participou do evento do “Tecnologia e Democratização dos Mercados de Capitais no Brasil”
CEO da Galaxy Digital, Mike Novogratz, em entrevista ao BNN Bloomberg no YouTube

O Bitcoin precisa de uma nova narrativa para voltar a subir, segundo CEO da Galaxy Digital

Mike Novogratz também acredita que o preço do BTC flutue entre US$ 55 mil e US$ 75 mil até que novos eventos ocorram
moeda de bitcoin dentro de armadilha selvagem

CVM faz pegadinha e descobre que metade das pessoas cairia em golpe com criptomoedas

Junto com a Anbima, a entidade criou um site de uma empresa fictícia que simulava a oferta de investimentos com lucros altos irreais