Imagem da matéria: Usuário compra Bitcoin a R$ 72 mil em exchange brasileira após provável erro
(Foto: Shutterstock)

Um usuário adquiriu 0,0047359 BTC pela bagatela de R$ 340, o equivalente a R$ 72 mil por unidade de Bitcoin.

O fato curioso aconteceu na tarde desta quinta-feira (14) na exchange brasileira de criptomoedas TemBTC.

Publicidade
Print tirado do histórico de trades da TemBTC

Além dessa ordem, baseado no horário igual das outras ordens, é possível afirmar que o mesmo usuário “limpou” o book de ofertas até chegar nos R$ 72 mil, com alguma ordens concluídas na casa dos R$ 60 mil, R$ 50 mil e R$ 40 mil.

Uma possível explicação para o acontecido é o usuário ter feito uma ordem de compra a mercado em grande quantidade que, devido a falta de liquidez da exchange, acabou atingindo valores estratosféricos.

Em conversa rápida por telefone com o Portal do Bitcoin, o fundador da TemBTC Renato Abreu disse que provavelmente foi alguém com pouco conhecimento e que realizou a ordem a mercado.

A fim de comparação, o valor pago pela unidade da criptomoeda foi superior ao recorde registrado no Brasil. De acordo com o IPB, o maior preço já negociado foi de R$ 70.010 na BitcoinTrade no dia 18 de dezembro de 2017.

TemBTC foi vendida recentemente

A TemBTC atualmente faz parte do grupo Bitcoin Banco, mesmo dono da Negocie Coins. A corretora teve uma alta muito expressiva após ter sido adquirida pelo grupo.

Publicidade

Poucas dias após a compra, seu volume negociado de bitcoin subiu 10.000%, saindo de pouco mais de 1 BTC por dia em média para mais de cem.

Hoje, de acordo com o cointradermonitor, a exchange negociou mais de 2.000 BTC, um aumento de 200.000% em menos de um mês.

Na época, Abreu contou ao Portal do Bitcoin que o salto no volume da corretora se deve ao “cadastro de grandes players na TemBTC”


Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
moeda e notas pendurada em um varal

Operação contra maior milícia do RJ revela que suspeitos compravam Bitcoin para lavar dinheiro

Fonte do dinheiro movimentado pelos suspeitos seria oriundo de grilagem de terras, extorsão contra comerciantes e exploração do transporte
Fusão da imagem de uma moeda de bitcoin com a bandeira do Paraguai

Senado do Paraguai aprova lei que pune com até 10 anos de prisão mineradores de criptomoedas que roubam eletricidade 

Para o relator Ever VIllalba, o PL não criminaliza a mineração de criptomoedas, mas as leis devem ser adaptadas ao setor; PL seguirá para a Câmara dos Deputados
Policial algemando suspeito durante a noite

Médico perde R$ 500 mil em criptomoedas após encontro por aplicativo e sequestro; suspeitos são presos

Os sequestradores que aplicaram o famoso ‘golpe do amor’ foram presos rapidamente pela PM de SP; Polícia Civil investiga o paradeiro dos ativos
Homem preso com as mãos algemadas nas costas

Polícia do Rio prende suspeitos de integrar quadrilha especializada em golpes com criptomoedas

Operação ‘Investimento de Araque’ foi deflagrada nos estados do Rio, Amazonas e Pará; suspeitos movimentaram mais de R$ 15 milhões em dois anos