Imagem da matéria: Unick Forex pode ser estelionato, mas não cometeu crime contra a economia, afirma Justiça
(Foto: Nicholas Rau/U.S. Air Forces)

*No texto anteriormente publicado dissemos que a Justiça havia absolvido a Unick Forex em processo penal. Erramos. A decisão publicada pela Justiça Federal apenas acatou um pedido do Ministério Público Federal do Rio de Janeiro. O texto já foi corrigido.

A Justiça Federal do Rio de Janeiro acatou o pedido do Ministério Público Federal (MPF) para declinar competência em caso contra a Unick Forex . A decisão foi publicada nessa quarta-feira (22).

Publicidade

O juiz da 3ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiroafirmou que o caso que envolve a empresa está atrelado a competência da justiça estadual do Rio Grande do Sul, pois o fato não se trata de crime federal contra o Sistema Financeiro Nacional.

“A conduta noticiada seria objeto de investigações no âmbito estadual, notadamente no Estado do Rio Grande do Sul, local em que estaria situada a sede da Unick Forex, de modo que a competência para processamento seria de uma das Varas Criminais do Poder Judiciário Estadual do Rio Grande do Sul”.

A notícia de fato foi instaurada a partir de representação particular para apurar suposto esquema de pirâmide financeira que estaria sendo feito pela empresa.

De acordo com o documento, a Unick Forex estava sendo acusada de atrair pequenos investidores, sob a promessa de ganhos financeiros superiores àqueles proporcionados por formas tradicionais de investimento. Mas os rendimentos viriam de outros novos participantes.

Publicidade

O Ministério Público Federal do Rio de Janeiro estava investigando a Unick Forex sob a acusação de que a empresa teria incorrido no crime federal contra o Sistema Financeiro Nacional. Mas após se verificou que o caso estaria mais para ilícitos como estelionato e crime contra a economia popular.

A Justiça do Rio de Janeiro, então, em decisão afirmou que “não haveria indícios de cometimento de delito contra o sistema financeiro nacional, ou mesmo de fato envolvendo serviço, interesse ou bem da União, autarquias ou empresas públicas federais”.

Consta nesse documento que a Unick Forex vem sendo investigada por “suposta prática de atividades empresariais fraudulentas popularmente denominadas de ‘pirâmide financeira’”.

A absolvição da empresa na Justiça Federal carioca não quer dizer que outras ações não possam ser promovidas. O Juiz apenas declinou a competência de decidir sobre o caso por não haver crime federal na prática usada pela Unick Forex.

Publicidade

Unick Forex e CVM

Para a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), órgão que regula o mercado de capitais no Brasil, a atuação Unick Forex é irregular. No final de abril, a CVM fez o terceiro alerta sobre a empresa gaúcha.

Como das outras vezes, disse que a empresa não pode distribuir valores mobiliários sem autorização.

Depois de uma análise da área técnica, as irregularidades foram encaminhadas ao Ministério Público Federal, que vai investigar o caso.

Esse já é o terceiro alerta da CVM sobre a Unick. O primeiro, em março de 2018, alertava sobre a atuação irregular da empresa e acusava diversas pessoas como Leidimar Bernardo Lopes (atual presidente) e Israel Nogueira (departamento de comunicação e tecnologia) de captar clientes irregularmente através do site para realização de operações no mercado de valores mobiliários.

VOCÊ PODE GOSTAR
Sunny Pires surfando

Surfista brasileiro recebe patrocínio em criptomoedas de comunidade web3

Sunny Pires, de 18 anos, embarca neste mês em expedição à Nicarágua com apoio da comunidade web3 Nouns
moeda de bitcoin dentro de armadilha selvagem

CVM faz pegadinha e descobre que metade das pessoas cairia em golpe com criptomoedas

Junto com a Anbima, a entidade criou um site de uma empresa fictícia que simulava a oferta de investimentos com lucros altos irreais
Sob um banco de madeira três criptomoedas ao lado de um celular com logo do Nubank

Nubank libera envio e recebimento de criptomoedas de carteiras externas

Já estão disponíveis para essas transações Bitcoin, Ethereum e Solana; outras moedas e redes serão adicionadas em breve
Celular com logo do Pix sob bandeira do Brasil

Pix: Um catalisador para o futuro das finanças descentralizadas no Brasil? | Opinião

Para o autor, o Pix, combinado com os princípios das finanças descentralizadas e conceitos de dinheiro programável, poderia abrir caminho para uma nova era de inovação financeira