Imagem da matéria: Três dicas para você não cair em golpes digitais
Foto: Shutterstock

Com o mundo cada vez mais interconectado de hoje, a tecnologia desempenha um  papel fundamental em nossas vidas, trazendo conveniências de como realizar  transações e interações online. No entanto, essa comodidade também traz consigo  um aumento nas ameaças cibernéticas, incluindo as temíveis fraudes.  

De acordo com um levantamento da empresa de cibersegurança Nord Security, sete a cada dez brasileiros afirmaram ter enfrentado pelo menos um incidente cibernético  em 2022. A pesquisa também revelou que usuários confiantes são mais propensos a  sofrer golpes, por serem menos cautelosos na Internet.  

Publicidade

Portanto, não importa se a pessoa é heavy user de tecnologia, o risco existe e é muito  importante que todos os usuários da Internet estejam cientes dos perigos associados  às fraudes e saibam as maneiras de se proteger.

Confira algumas práticas recomendadas para identificar e evitar essas ameaças.  

1. Nunca compartilhe informações confidenciais  

Em um primeiro momento, é essencial entender que instituições legítimas nunca  solicitarão informações confidenciais, como senhas e códigos de autenticação, por  meio de canais de relacionamento. Isso inclui e-mails, mensagens de texto, redes  sociais e telefonemas. Essas informações são de acesso exclusivo e pessoal, e  nenhuma empresa ou indivíduo deve solicitá-las dessa maneira.  

Os fraudadores costumam se aproveitar da ingenuidade ou do desconhecimento das  pessoas sobre práticas de segurança cibernética. É comum a criação de e-mails ou  mensagens de texto convincentes e até mesmo a realização de ligações telefônicas  aparentemente autênticas. Esses métodos visam a persuadir as vítimas a revelarem  suas informações pessoais, muitas vezes sob a falsa premissa de alguma emergência  ou promoção tentadora.  

Portanto, verifique a autenticidade dos contatos. É vital desconfiar de qualquer pessoa que afirme ser um representante de uma empresa sem verificar sua  autenticidade. Sempre acione os canais oficiais de relacionamento para confirmar se o contato é legítimo antes de compartilhar qualquer informação ou tomar alguma ação. 

Publicidade

2. Não acredite em tudo que falam  

Uma das estratégias frequentemente empregadas pelos golpistas é a oferta de  investimentos milagrosos ou oportunidades de enriquecimento rápido. De acordo com uma iniciativa educacional realizada pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM)  e a Anbima (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais), 49% das pessoas cairiam em um golpe de investimento.  

Ao receber o contato ou oferta suspeita, faça uma investigação adequada. Verifique o site e a reputação da empresa e confirme se o nicho do suposto contato está correto. Plataformas como o “Reclame Aqui” podem ser úteis para identificar como a  empresa trata seus clientes e lidam com problemas.  

Também é importante lembrar que investimentos seguros e legítimos geralmente  envolvem algum nível de risco e não garantem retornos excepcionais da noite para o  dia.  

3. Permaneça sempre atento  

Seguir essas medidas não deve ser visto como uma tarefa única, mas sim como uma  prática constante. A vigilância e a adaptação às tendências em constante evolução na Internet são necessárias para permanecer à frente das ameaças digitais.  

Publicidade

De acordo com uma pesquisa conduzida pelo C6 Bank, 68% dos brasileiros  adaptaram seu comportamento para se resguardar de possíveis golpes digitais. Esse  dado sugere um progresso significativo na conscientização das pessoas em relação  aos riscos, mas não se pode relaxar.  

As táticas dos fraudadores também evoluem, tornando essencial que a educação  sobre segurança cibernética seja contínua. Esteja sempre atento às novas tendências  em cibersegurança e continue atualizando seu conhecimento para proteger suas  informações pessoais e financeiras.  

A conscientização e o reconhecimento dos sinais de possíveis fraudes são essenciais  para proteger-se no ambiente digital. Seguindo todas as dicas você garantirá a sua  segurança e de seus dados. Lembre-se de que o mundo digital oferece oportunidades  incríveis, mas também é essencial estar preparado para lidar com os desafios que ele  apresenta.

Sobre o autor

César Felix é gerente de Customer Experience da NovaDAX, exchange brasileira que oferece serviços relacionados a criptoativos de alta proteção para os seus mais de 1,1 milhão de clientes.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Gnosis (GNO) dispara 20% após lançamento de plano para reviver o token

Gnosis (GNO) dispara 20% após lançamento de plano para reviver o token

Um programa de crescimento com aporte milionário de fundo cripto está sendo votado neste momento pelos usuários do GNO
Imagem da matéria: Epik Duck: Conheça o projeto que foi de piada a memecoin de US$ 25 milhões

Epik Duck: Conheça o projeto que foi de piada a memecoin de US$ 25 milhões

Memecoins como a EPIK estão se tornando cada vez mais populares no universo das criptomoedas. Isso é bom ou ruim?
Celular com logotipo da BInance

Binance anuncia fim do suporte a uma stablecoin que afetará pares com Bitcoin e Ethereum

A exchange também anunciou a listagem de novos pares de negociação com Lira turca
HANDS, memecoin, mãos, rug pull,

Criador de memecoin disse que não tinha mãos, então não conseguiria “puxar o tapete” — ele mentiu

“NoHandsNoRug”, o criador da memecoin HANDS, disse que não aplicaria um rug pull. Adivinha o que aconteceu em seguida?