Imagem da matéria: Trader brasileiro lança livro que conta a história de rebeldia do Bitcoin
Foto: Shutterstock

O pesquisador e trader Daniel Duarte lançou nesta terça-feira (13) o seu novo livro “BITCOINOMICS: Uma História de Rebeldia” que explora as diferentes facetas da criptomoeda mais famosa do mundo e a nova economia que se formou com a popularização do Bitcoin (BTC).

Na obra lançada pela editora LVM Editora — mesma casa do livro “Bitcoin: A moeda na era digital” de Fernando Ulrich —, Duarte conta a história por trás do surgimento das criptomoedas. “A história da rebeldia do bitcoin é contra os bancos centrais, é uma rebeldia contra o sistema financeiro tradicional”, explica.

Publicidade

“Primeiro eu contei minha história para trazer vida a um conceito técnico, e depois dissequei o whitepaper do Satoshi, explicando o que ele quis dizer em uma linguagem mais simples. Esse é o primeiro documento que todos precisam estudar antes de investir em bitcoin”.

Duarte compartilha no livro toda a experiência adquirida nos anos em que atua como trader profissional em paralelo com os estudos que produz na área. Por essa razão, os assuntos tratados no livro vão desde os mais teóricos como o conceito do dinheiro e os fundamentos do bitcoin, até a prática das negociações.

Há também um capítulo dedicado para desmistificar os mitos da criptomoeda, como a suposta bolha e falta de segurança da rede, até os problemas regulatórios e ambientais dessa economia.

Sobre o autor

Formado em Administração e Direito, Daniel Duarte também é trader e investe em bitcoin desde 2016, quando entrou em contato com o ativo pela primeira vez.

Publicidade

Ele explica que viu potencial nas criptomoedas quando foi comprar um cigarro eletrônico e encontrou um site que aceitava pagamento em bitcoin. “Na época ficávamos no mestrado discutindo se bitcoin era dinheiro ou não, mas se um site que vende tudo aceita bitcoin, é óbvio que é”, conta. 

Na sua jornada no meio cripto, que nem sempre foi só de acertos, Daniel construiu um patrimônio que no final de 2019, chegava a R$ 7,3 milhões. Agora, ele busca compartilhar suas experiências no novo livro lançado hoje na Amazon.

“As pessoas precisam parar de só focar nos preços e estudar mais o conceito da criptomoeda. Se você estuda e entende aquilo que está comprando, ficará muito mais protegido”, conclui.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Fundos de criptomoedas do Brasil captam mais R$ 50 milhões na semana

Fundos de criptomoedas do Brasil captam mais R$ 50 milhões na semana

Fundos cripto brasileiros ficam pela segunda semana consecutiva atrás apenas dos EUA em captação
homem segura com duas mãos uma piramide de dinheiro

Polícia do RJ investiga grupo acusado de roubar R$ 30 milhões com pirâmide financeira

Para ganhar a confiança dos investidores, a empresa fraudulenta fazia convites para assistir jogos de futebol em camarote do Maracanã
Glaidson Acácio dos Santos, o "Faraó do Bitcoin"

Livro sobre a ascensão e a queda do “Faraó do Bitcoin” chega às livrarias em maio

Os jornalistas Chico Otávio e Isabela Palmeira contam sobre o golpe de R$ 38 bilhões do Faraó do Bitcoin que usou criptomoedas como isca
busto de homem engravatado simulando gesto de pare

CVM proíbe corretora de forex e criptomoedas de captar clientes no Brasil

O órgão determinou, sob multa, a imediata suspensão de qualquer oferta pública de valores mobiliários pela Kaarat