Imagem da matéria: Tokens DeFi desafiam tendência de baixa e sobem mais de 20% na semana
Shutterstock

Várias criptomoedas que sustentam aplicativos de finanças descentralizadas (DeFi) de qualidade estão contrariando a tendência de baixa do mercado.

O token nativo de governança da CurveDAO, CRV, subiu mais de 21% nos últimos sete dias à medida que os usuários emitiram US$ 114 milhões de crvUSD, a stablecoin recém-lançada pela Curve Finance, com suporte em Bitcoin (BTC), Ethereum (ETH) e derivativos de staking líquido de ETH como garantia.

Publicidade

Além disso, os tokens de governança por trás do Maker (MKR), Frax Share (FXS) e Chainlink (LINK) registraram ganhos semanais entre 8% e 9%.

De acordo com dados do CoinGecko, o setor mais amplo de empréstimos DeFi testemunhou crescimento, com a maioria dos tokens negociando em alta nos últimos sete dias.

Ativos do mundo real em alta

O movimento positivo pode ser atribuído à ascensão de ativos do mundo real (RWA) e tokens de staking líquido como garantia em cada um desses aplicativos.

RWAs são instrumentos financeiros tradicionais, como títulos ou dívida corporativa, que foram tokenizados.

O total de depósitos em protocolos de ativos RWA aumentou em todos os lugares, de acordo com dados do DeFiLlama. Protocolos de ativos RWA são aplicativos descentralizados para RWAs tokenizados.

Outro relatório recente do CoinGecko constatou que os depósitos totais em protocolos de staking líquido cresceram 5.870% desde janeiro de 2023, atingindo US$ 919,0 milhões até o final de agosto.

Publicidade

Os derivativos de staking líquido (LSDs) se referem a tokens como o stETH da Lido, que fornecem aos usuários uma representação de token de sua posição travada em staking na rede Ethereum, que pode então ser usada novamente no setor DeFi.

Os protocolos de empréstimos DeFi estão cada vez mais usando derivativos de staking líquido como garantia.

Por exemplo, a nova stablecoin crvUSD da Curve Finance tem cerca de 53% da garantia composta em LSDs, como o stETH da Lido e o frxETH do Frax.

Cripto oscila com aumento de rendimento de títulos

O mercado cripto enfrentou desafios devido ao sentimento de aversão ao risco nos mercados globais.

O Bitcoin teve uma queda de 3,2% em seu preço, enquanto o Ethereum seguiu com uma perda de 2,6% ao longo da semana. As quedas podem ser atribuídas principalmente ao aumento nos rendimentos do Tesouro dos EUA, que se aproximam das máximas de 2007.

Os retornos anuais dos títulos do Tesouro dos EUA de 10 anos atingiram 4,5%, níveis vistos pela última vez durante a última crise financeira de 2007.

Publicidade

O aumento nos rendimentos do Tesouro é resultado da expectativa do mercado de outro aumento nas taxas de juros pelo Federal Reserve dos EUA, devido à crescente inflação.

Rendimentos mais altos também reduzem o custo de oportunidade de investir em ativos de risco, como criptomoedas e ações, ambos com quedas desde a semana passada.

O valor de mercado total das criptomoedas caiu 2,4%, de US$ 1,112 trilhão para US$ 1,084 trilhão, perdendo US$ 27,6 bilhões ao longo da semana, de acordo com o CoinGecko.

Além disso, a diminuição dos volumes de negociação em todo o mercado e os atrasos na aprovação de um ETF de Bitcoin no mercado à vista nos EUA também estão contribuindo para o sentimento negativo predominante.

* Traduzido e editado com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Correlação entre Bitcoin e Ether está prestes a passar por "cruz da morte"; entenda os efeitos

Correlação entre Bitcoin e Ether está prestes a passar por “cruz da morte”; entenda os efeitos

A “cruz da morte” poderá frear os avanços do Ethereum e demais altcoins
Imagem da matéria: Ripple vai lançar sua própria stablecoin lastreada ao dólar

Ripple vai lançar sua própria stablecoin lastreada ao dólar

Em seu lançamento, a stablecoin da Ripple estará disponível nas blockchains XRP Ledger e Ethereum, com planos de expansão
Imagem da matéria: Toncoin (TON) valoriza  40% na semana e ameaça ultrapassar Dogecoin

Toncoin (TON) valoriza 40% na semana e ameaça ultrapassar Dogecoin

Uma possível IPO do Telegram contribuiu para o recente aumento no preço do TON, fortalecendo sua posição entre os maiores tokens do mercado
Imagem da matéria: STF autoriza extradição de belga preso no Brasil por operar pirâmide com criptomoedas

STF autoriza extradição de belga preso no Brasil por operar pirâmide com criptomoedas

De acordo com as investigações, a pirâmide criada pelo belga prejudicou milhares de investidores em diversos países europeus