Imagem da matéria: Token AMP subiu 1.500% em 2021; entenda
Foto: Shutterstock

O AMP (AMP), token criado na blockchain do Ethereum, disparou 1.500% desde o início do ano, pulando de US$ 0,006 em 1º de janeiro para US$ 0,11 na manhã desta quinta-feira (17), segundo o CoinMarketCap.

Nos primeiros 17 dias de junho, o ativo digital teve alta de 266%. No período, as principais moedas digitais do mercado, como Bitcoin (BTC) e Ethereum (ETH), acumulam perdas.

Publicidade

A criptomoeda é a 27ª maior em valor de mercado, com capitalização de US$ 4,7 bilhões. Fica à frente de tokens conhecidos, como EOS e AAVE.

O que explica alta da AMP

Desde o início do ano o ativo digital está com tendência de alta. Um dos motivos do impulso foi a inclusão dele, no final do ano passado, como token interno da plataforma digital de pagamentos Flexa NetWork. Até então, a moeda digital usada no app da Flexa era o Flexacoin (FXC).

Nos últimos meses, a listagem do ativo digital em corretoras também deu uma empurrada no preço.

No dia 10 de junho, por exemplo, a Coinbase Pro – plataforma para traders da exchange – liberou as negociações do token. Logo após o anúncio, o AMP disparou 64% em pouco mais de um dia.

A moeda digital também é listada nas corretoras Gemini, Poloniex, Gate.io e UniSwap, que é uma exchange descentralizada (DEX).

Breve histórico

De acordo com o site institucional, o AMP foi lançado em setembro de 2020. Ele foi construído por meio de uma parceria entre as empresas Flexa e ConsenSys.

Publicidade

Em resumo, o token oferece garantias instantâneas e verificáveis ​​para qualquer transferência de valor pendente ou futuro.

“A extensibilidade universal da AMP e a estrutura compatível com ERC-20 introduzem novas oportunidades para melhorar a velocidade e a segurança das transações de ativos em um vasto conjunto de casos de uso financeiro, incluindo pagamentos, câmbio, empréstimo e remessa”, escreveram as duas empresas na época.

VOCÊ PODE GOSTAR
Vitalik Buterin na ETH Taipei 2024. Foto: Rug Radio

Como o fundador do Ethereum, Vitalik Buterin, mantém suas criptomoedas seguras

“Descentralize sua própria segurança”, diz Buterin – mas ele não usa uma cold wallet para suas próprias criptomoedas
Imagem da matéria: FIT21: Conheça o projeto de lei que promete transformar a regulação das criptomoedas nos EUA

FIT21: Conheça o projeto de lei que promete transformar a regulação das criptomoedas nos EUA

Aprovado na Câmara esta semana, o projeto FIT21 visa regular o setor de criptomoedas dando segurança para consumidores e estimulando empreendedores
ilustração mostra logo da pepecoin PEPE subindo ao céu

Trader transforma R$ 2 mil em R$ 17 milhões graças ao triunfo da Pepecoin (PEPE)

Ao comprar a memecoin após o lançamento, o trader teve um ganho de 7.368x no investimento
Ilustração de bandeira do Brasil dentro moeda de Bitcoin

Fundos cripto do Brasil captam mais R$ 1,5 mi e chegam a 21ª semana consecutiva de entradas

Vindo de uma grande sequência de captação, fundos de criptomoedas do Brasil estão em 3º lugar no ranking global, atrás apenas dos EUA e Hong Kong