Imagem da matéria: The Sandbox doa US$ 25 milhões para World of Women gerar oportunidades para mulheres no metaverso
(Imagem: divulgação/The Sandbox)

Dois dos mais importantes projetos de tokens não fungíveis (NFT) do Ethereum estão unindo forças.

Nesta terça-feira (8), o jogo cripto de metaverso The Sandbox anunciou uma parceria com a coleção NFT de fotos de perfil (PFP) World of Women (WoW), no qual a empresa por trás do jogo vai fornecer US$ 25 milhões em fundos de subsídio para financiar a WoW Foundation.

Publicidade

A WoW Foundation é uma iniciativa do World of Women para ajudar a integrar mais mulheres ao setor NFT e ao crescente metaverso por meio de educação e mentoria.

The Sandbox irá fornecer os fundos ao longo de cinco anos para apoiar a fundação a atingir seus objetivos, pois muitos estão ligados ao mundo do jogo The Sandbox.

Por exemplo, a WoW Foundation irá criar avatares em 3D com base em todas as dez mil fotos de perfil do World of Women, que suas respectivas holders podem usar no The Sandbox.

Atualmente, alguns desses avatares podem ser vistos durante o teste “alfa” público e de pré-lançamento do jogo, que fornece uma pequena amostra do mundo on-line.

A fundação também irá desenvolver o WoW Museum no mundo on-line do The Sandbox, bem como lançar uma WoW University no jogo, que oferece lições educacionais sobre a Web 3 junto com diplomas em NFT para estudantes.

Publicidade

Além disso, o projeto vai criar a incubadora WoW Academy para artistas e projetos, com possível financiamento, mentoria e “networking” disponíveis para participantes selecionadas.

“Quando [The Sandbox] nos apresentou essa iniciativa, tão próxima de nossos próprios valores e ‘etos’, aproveitamos a oportunidade”, disse a porta-voz do World of Women ao Decrypt. “Estamos lisonjeadas e empolgadas em trabalhar com uma equipe tão boa que compartilha de nossas fortes convicções sobre por que é tão importante investir [em mulheres] e fazer vozes femininas serem ouvidas”.

Apesar do foco inicial significativo no The Sandbox, um comunicado de imprensa sugere que a WoW Foundation irá trabalhar em “diferentes subsetores no mundo blockchain”.

No entanto, fundos devem ser usados em iniciativas que “possuam o mesmo objetivo de impulsionar o investimento em mulheres do setor, criando crescimento a longo prazo e equitativo e oportunidades na indústria”.

Publicidade

The Sandbox, World of Women e o metaverso

World of Women é o projeto NFT focado em mulheres mais bem-sucedido até hoje, com quase US$ 157 milhões em volume de negociação. A coleção já atraiu grandes fãs, como as atrizes Reese Witherspoon e Eva Longoria.

Recentemente, a produtora Hello Sunshine de Witherspoon anunciou planos de levar o projeto para Hollywood por meio de projetos de seriados de TV e filmes.

Enquanto isso, The Sandbox ganhou cada vez mais atenção nos últimos meses com o aumento do hype do metaverso – graças, em parte, às grandes iniciativas do Facebook no setor.

The Sandbox permite que jogadores comprem e personalizem terrenos virtuais no jogo, criando ambientes interativos e experiências de jogos que podem ser compartilhadas e, até mesmo, monetizadas.

O jogo firmou parcerias com mais de 200 marcas e celebridades até hoje, incluindo Snoop Dogg, Adidas, The Walking Dead e Atari.

Publicidade

Já metaverso se refere a uma futura versão mais imersiva da internet, onde usuários poderão trabalhar, jogar e socializar usando avatares em 3D.

A expectativa é que isso aconteça em espaços on-line sobrepostos, interoperáveis e que funcionem com ativos NFT, como personagens, itens e locações digitais.

The Sandbox, que poderá ter um lançamento completo ainda este ano, após uma série de períodos adicionais de testes alfa, é um dos primeiros exemplos notáveis do que pode ser e parecer um espaço no metaverso.

Decentraland, também desenvolvido no Ethereum, é um importante adversário e ambos os jogos estão passando por uma alta demanda em terrenos virtuais (vendidos como NFTs) desde o fim do ano passado.

Em janeiro, The Sandbox gastou 200 ETH (mais de US$ 707 mil na época) para adquirir o NFT #6025 do World of Women do influenciador de redes sociais Logan Paul.

Era uma venda recorde para a coleção na época mas, na semana passada, um NFT do World of Women foi vendido por cerca de US$ 754 mil na casa de leilões Christie’s.

*Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

VOCÊ PODE GOSTAR
Sam Bankman-Fried da FTX falando em vídeo

Criador da FTX vai mudar de presídio nos Estados Unidos

Transferência de presídio pode durar até um mês nos EUA, com o detento sendo levado para várias penitenciárias até chegar ao destino final
Imagem da matéria: Câmara dos EUA aprova projeto de lei para frear criação de CBDC

Câmara dos EUA aprova projeto de lei para frear criação de CBDC

O apoio à legislação ficou bastante dividido entre os partidos, com muito menos apoio dos democratas em comparação com outros projetos de lei envolvendo criptomoedas neste mês
Imagem da matéria: Fundador do Telegram diz que manterá seus tokens do Notcoin até multiplicarem por 100

Fundador do Telegram diz que manterá seus tokens do Notcoin até multiplicarem por 100

Pavel Durov detém 1% do maior token de jogo deste ano, doado pelos jogadores. E ele não está vendendo seus Notcoin – não agora, pelo menos
Imagem da matéria: Pump.fun: site que permite criar memecoin por apenas R$ 15 bate recorde de atividade

Pump.fun: site que permite criar memecoin por apenas R$ 15 bate recorde de atividade

Entre os 14.500 tokens lançados na Solana por meio do pump.fun, milhares eram baseados na GameStop