Imagem da matéria: Terra faz sua maior compra de Bitcoin e quase dobra reservas da criptomoeda
(Foto: Shutterstock)

A Luna Foundation Guard (ou LFG, na sigla em inglês) acabou de realizar sua maior compra de bitcoins (BTC): 37.863 BTC, equivalentes a US$ 1,5 bilhão nesta quinta-feira (5).

É quase o dobro das antigas reservas da LFG de 42.580,82, que agora totalizam 80.394 BTC. O grupo alegadamente facilitou a aquisição ao trocar US$ 1 bilhão da stablecoin UST por bitcoin com a Genesis Trading enquanto completou outra compra de mercado de balcão (ou OTC) de mais US$ 500 milhões com a ajuda do fundo Three Arrows Capital.

Publicidade

Essa aquisição faz as reservas do Terra ultrapassarem US$ 3 bilhões — grande parte está alocada em bitcoin. As reservas também são compostas de LUNA, AVAX e das stablecoins USDT e USDC.

Lastro

LFG é uma fundação criada para orientar o desenvolvimento da rede Terra e de seu crescente ecossistema. Sua reserva pretende fornecer lastro para a própria stablecoin do Terra, terrausd (UST) — atualmente, a terceira stablecoin mais valiosa do mercado, perdendo apenas para USDT e USDC e à frente de BUSD.

Stablecoins são uma espécie de criptomoeda cujo valor está lastreado em uma moeda “fiat” (ou fiduciária) de valor relativamente “estável” — geralmente, o dólar americano.

UST é uma stablecoin algorítmica, ou seja, não deriva seu valor de ativos físicos em um banco, e sim de sua relação à criptomoeda LUNA, cujo valor oscila. As reservas devem ser usadas caso o lastro caia de forma algorítmica.

Publicidade

Do Kwon, cofundador do Terra, considera a transição para o lastro em bitcoin como a melhor opção para a estabilidade de preço da UST no longo prazo.

“Pela primeira vez, você está começando a ver uma moeda lastreada que está tentando observar o padrão-bitcoin”, disse Kwon, segundo a CNBC. “É fazer uma forte aposta direcional, que mantém todas essas reservas estrangeiras na forma de uma moeda nativamente digital, o que tornará [esta em] uma receita vencedora.”

Kwon espera que o Terra aumente suas reservas para chegar ao seu objetivo de US$ 10 bilhões até o fim do terceiro trimestre.

Com suas alocações atuais, o Terra já está entre os dez principais endereços que mais possui bitcoins — mesmo que os dados em blockchain ainda não reflitam esse recorde. As reservas publicamente divulgadas pela LFG também serão atualizadas.

Publicidade

Apesar dessa notícia, o preço do bitcoin caiu drasticamente nesta quinta-feira após a reunião do Federal Reserve Bank dos EUA na quarta-feira (4).

*Traduzido por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

VOCÊ PODE GOSTAR
Moedas de ether

Mercados de empréstimos de Ethereum enfrentam liquidações massivas em abril

O volume de empréstimos em Ethereum (ETH) liquidados apenas nas duas primeiras…
Celular com gráficos de ações e criptomoedas em queda no fundo

Preço de tokens BRC-20 da rede Bitcoin despencam antes do halving — Runes é o culpado?

Em semana crucial para a principal rede de criptomoedas, a ORDI caiu mais de 40%
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin se segura em US$ 66 mil após halving; Credores da FTX buscam acordo com  SBF

Manhã Cripto: Bitcoin se segura em US$ 66 mil após halving; Credores da FTX buscam acordo com SBF

Com a conclusão do quarto halving do Bitcoin, investidores lançam apostas sobre o rumo dos preços nos próximos meses
Miniaturas de homens em cima de moeda de Bitcoin gigante fazendo medição pela metade

Halving do Bitcoin mostra que a criptomoeda ainda tem espaço para subir, afirma Bitfinex

O preço do Bitcoin caiu essa semana, mas a Bitfinex afirma que o comportamento de grandes investidores é similar a 2020 — antes da grande corrida de alta