Imagem da matéria: Terceira maior baleia de bitcoin do mundo compra mais 456 BTCs no aniversário do ativo
Foto: Shutterstock

A terceira maior baleia de bitcoin do mundo aumentou ainda mais o balanço já grande da sua carteira ao comprar mais 456 BTC na segunda-feira (3), equivalente a US$ 21 milhões. 

A quantidade de criptomoedas compradas no exato dia em que o bitcoin fez aniversário de 13 anos parece ter sido simbólica: 21 milhões é a quantia máxima de bitcoin que vai existir no mundo.

Publicidade

A transação rastreada pelo Whale Alert mostra que o endereço de origem das criptomoedas pertence à Coinbase, uma confirmação que se tratou de uma nova aquisição dos ativos ao invés de uma movimentação interna de fundos.

A baleia em questão tem em suas mãos uma parcela bem generosa de 0,63% do fornecimento total do bitcoin, conforme mostram os dados do BitInfoCharts. Ao todo, são 120,845 BTC armazenados na carteira que equivalem a US$ 5,6 bilhões na atual cotação da criptomoeda.

Nesta terça-feira (4), o bitcoin é negociado por volta de US$ 46.660 (R$ 265 mil), enquanto recua 1,7% nas últimas 24 horas, segundo o CoinMarketCap.

Em momentos que o criptoativo estava mais valorizado, como durante o topo histórico de novembro, a baleia chegou a ter mais de US$ 7 bilhões em bitcoin, mesmo que a quantia de moedas na carteira fosse menor na época.

Publicidade

Comprando a queda do bitcoin

Enquanto a queda do BTC assusta alguns, outros aproveitam o momento para aumentar a exposição à moeda, como é o caso da baleia anônima.

Conforme é possível checar nos dados públicos da blockchain, a pessoa ou instituição que está por trás da terceira maior carteira de bitcoin do mundo faz compras recorrentes do ativo.

As maiores aquisições, no entanto, acontecem em momentos de baixa do mercado. No início de dezembro, quando o bitcoin caia para US$ 50 mil, mais 2.700 BTC entraram na carteira. Transações parecidas aconteceram durante os dois últimos meses de 2021, período em que a baleia realizou 14 aquisições em valores que iam desde 105 BTC (a compra mais baixa) a um topo de 2.702 BTC (a compra mais alta).

Os padrões de compra e venda sugerem que ao invés de pertencer a um único investidor, o endereço deve ser de alguma organização empresarial, como uma corretora ou gestora de investimentos. A carteira foi aberta em fevereiro de 2019 e tem sido movimentada regularmente. A entrada de moedas, no entanto, são muito mais frequentes que as saídas.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: '101 Perguntas sobre Bitcoin': Editora Portal do Bitcoin lança livro sobre a criptomoeda mais famosa do mundo

‘101 Perguntas sobre Bitcoin’: Editora Portal do Bitcoin lança livro sobre a criptomoeda mais famosa do mundo

A obra discorre os princípios técnicos da moeda até suas implicações socioeconômicas no contexto atual, de modo a proporcionar um entendimento profundo ao público geral
Donald Trump ex-presidente dos EUA

Donald Trump recebe compradores de seus NFTs em jantar de luxo

O ex-presidente resolveu aproveitar o dia de folga do Tribunal de Nova York para receber os apoiadores no resort de luxo Mar-a-Lago
Criador do Twitter e da Square, Jack Dorsey em palestra no TED

Preço do Bitcoin atingirá US$ 1 milhão até 2030, diz Jack Dorsey

Em uma entrevista recente, o cofundador do Twitter e da Block argumentou que o Bitcoin poderia atingir US$ 1 milhão e ir “além” no futuro
Ilustração de baleia nadando com moeda de bitcoin em seu interior

Baleia movimenta R$ 321 milhões em Bitcoin pela 1ª vez em uma década

Quando o investidor desconhecido adquiriu os bitcoins em 2013, a cotação do ativo não passava de US$ 120