Moeda de bitcoin BTC se destaca entre fichas coloridas de cassino
Foto: Shutterstock

O cassino online Stake, que aceita apostas em bitcoin, ethereum e outras criptomoedas, gerou uma receita bruta global de US$ 2,6 bilhões (cerca de R$ 13 bilhões) no ano passado – uma amostra de como os jogos de azar online, como a plataforma Blaze, tem ganhado espaço nos últimos anos.

Com sede na Austrália, mas registrada na ilha de Curaçao, no Caribe, a plataforma lançada em 2017 opera em diversos países asiáticos e sul-americanos, como Brasil e México.

Publicidade

Parte da conquista bilionária que elevou a Stake ao hall das maiores plataformas de jogos online se deve ao rapper canadense Drake, que tem um contrato de publicidade de US$ 100 milhões com a empresa, segundo reportagem do jornal britânico Financial Times (FT). O site afirma que a Stake.com se tornou o sétimo maior grupo de jogos de azar do mundo.

“Estou incrivelmente orgulhoso dos esforços de todos na Stake. Nosso crescimento foi astronômico desde a criação em 2017, crescendo de um punhado de clientes para a empresa que somos hoje”, escreveu o cofundador da empresa, Ed Craven, em um artigo no Medium.

O FT revela que, em 2020, a Stake havia gerado uma receita bruta de “apenas” US$ 105 milhões, conforme mostra o gráfico da evolução financeira da plataforma.

Evolução da receita da Stake.com (Fonte: FT)

O outro cofundador é o também australiano Bijan Tehrani. Eles se conheceram há mais de uma década, enquanto jogavam RuneScape online, relata a publicação.

Publicidade

A Stake nasceu do ‘Primedice’, o primeiro site de apostas da dupla, lançado em 2013, quando o bitcoin valia apenas US$ 20. A partir daí eles conseguiram financiar seus futuros negócios até o lançamento da Stake em 2017.

Ações simultâneas com Drake

Um dos segredos do sucesso das plataformas de jogos são as ações com celebridades. A Blaze, por exemplo, usa nomes como Neymar e Felipe Neto.

Apesar de receber várias críticas de seus seguidores, o youtuber faz propaganda da Blaze no Instagram. Em janeiro deste ano, por exemplo, Neto foi criticado por sugerir que o portal de jogos de azar pode ser uma opção de “renda extra” para as pessoas. 

Sobre Neymar, o craque do Paris Saint-Germain e da Seleção Brasileira foi anunciado em dezembro do ano passado como embaixador da Blaze e esta semana fez uma ação publicitária simulando a perda de milhões – com direito a choro fake – durante apostas em uma live.

Publicidade

Já no caso do Stake, a principal estrela é mesmo Drake, um tradicional apostador de criptomoedas.

Em ações simultâneas, Drake expõe suas apostas no seu perfil do Instagram – com 134 milhões de seguidores – enquanto na plataforma da Stake transmite ao vivo suas apostas e suas reações. Quem cuida de tudo isso são os 370 funcionários da empresa treinados para atender jogadores VIP e “super” VIP, relata o FT. 

A Stake não economiza publicidade: além de Drake, a empresa patrocina vários canais no Youtube, inclusive de brasileiros que produzem conteúdos sobre MMA, como Diretasso, Super Lutas e Sexto Round — para atender os jogadores, a plataforma também aceita depósitos via PIX.

A plataforma possui cerca de 6 milhões de contas registradas, mas o número de usuṕarios regulares, ou seja, que jogam sempre ou de vez em quando, é de 600 mil. Grande parte desse montante são de países asiáticos e do Brasil, ressalta a reportagem.

Ingo Fiedler, co-fundador do Blockchain Research Lab, disse que grande parte do sucesso do Stake.com pode ser devido ao fato de a criptomoeda e o jogo serem companheiros naturais, ambos atraindo clientes dispostos a correr riscos.

VOCÊ PODE GOSTAR
hackers em frente a computadores

Exchange de criptomoedas Rain perde US$ 14,8 milhões em ataque hacker

A exchange disse que já tomou as medidas necessárias e que todas as sua atividades estão funcionando normalmente, inclusive saques
miniatura de homem sob pulpito e moeda gigante de bitcoin ao lado

Brasileiros não podem usar criptomoedas para fazer doações nas eleições municipais

A Procuradoria-Geral da República explicou as regras de doações para as eleições municipais de 2024
Imagem da matéria: FTX prometeu devolver 118% dos fundos dos clientes; o que acontece agora?

FTX prometeu devolver 118% dos fundos dos clientes; o que acontece agora?

Segundo os balanços, a FTX deve cerca de US$ 11 bilhões, e conseguiu levantar entre US$ 14,5 e US$ 16,3 bilhões até agora
CEO da Galaxy Digital, Mike Novogratz, em entrevista ao BNN Bloomberg no YouTube

O Bitcoin precisa de uma nova narrativa para voltar a subir, segundo CEO da Galaxy Digital

Mike Novogratz também acredita que o preço do BTC flutue entre US$ 55 mil e US$ 75 mil até que novos eventos ocorram