Logo da Solana com gráfico de queda
Foto: Shutterstock

O token Solana (SOL) chegou a cair 12% nesta quinta-feira (2) após a rede ficar fora do ar por quatro horas – um problema recorrente que vem atingindo a blockchain de primeira camada. No meio da manhã, após uma ligeira recuperação, a criptomoeda registra queda de 8,5%, sendo negociada a US$ 40,67, segundo dados do CoinMarketCap.

A nona maior criptomoeda, com uma capitalização de mercado de US$ 13,5 bilhões, agora está 80% distante do recorde de US$ 206, registrado em novembro de 2021.

Publicidade

A baixa ação de preço a longo prazo no SOL já fez investidores perderem dezenas de bilhões de dólares nos últimos seis meses. A capitalização de mercado do ativo havia atingido uma alta recorde de US$ 78 bilhões em 6 de novembro de 2021.

Paralisação

Os dois principais motivos por trás da queda no preço giram em torno da paralisação da blockchain que aconteceu na quarta-feira (1º) e da decrescente demanda por tokens não fungíveis (ou NFTs, na sigla em inglês) desenvolvidos no Solana.

Na quarta-feira, a blockchain sofreu um apagão que durou mais de quatro horas e meia, de acordo com a página de status, a mais recente de uma série de problemas.

A blockchain tem problemas para fornecer 100% de tempo de atividade (ou “uptime” — uma medida de disponibilidade) nos últimos três meses. A rede havia enfrentado sua primeira paralisação em janeiro de 2022, fazendo a rede cair todos os dias durante uma semana. “Removemos todos os robôs”, tuitou Anatoly Yakovenko, o cofundador do Solana, após a correção da última paralisação.

Publicidade

Em meio à interrupção, o interesse em NFTs do Solana também despencou. De acordo com dados do Cryptoslam, as vendas gerais de NFTs no Solana caíram 61,30% para US$ 1,72 milhões.

Okay Bears, a coleção NFT parecida com o Bored Ape Yacht Club (ou BAYC), demonstrou um decrescente interesse por usuários, pois o volume negociado nas últimas 24 horas caiu em 43,40%, segundo dados do OpenSea.

O volume negociado de outras coleções NFT populares no Solana, incluindo Trippin’ Ape Tribe, DeGods e FatCats Capital também caiu 40% no mesmo período de tempo.

Em relação às principais criptomoedas, o bitcoin (BTC) caiu 4,4% nas últimas 24 horas e está sendo negociado a US$ 30,1 mil. Já o ether (ETH) está precificado em US$ 1,8 mil, registrando uma queda de 5%.

*Traduzido por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: "Centavo épico" de Bitcoin é usado para inscrever música da Grimes gerada por IA

“Centavo épico” de Bitcoin é usado para inscrever música da Grimes gerada por IA

Ordinals com uma música gerada por IA da Grimes foi inscrito num satoshi “épico” de Bitcoin avaliado em mais de R$ 10 milhões
busto de homem engravatado simulando gesto de pare

CVM proíbe corretora de criptomoedas e forex de captar clientes no Brasil

O órgão determinou, sob multa diária de R$ 1 mil, a imediata suspensão de qualquer oferta pública de valores mobiliários pela Xpoken
simbolo do dolar formado em numeros

Faculdade de Direito da USP recebe evento da CVM sobre democratização dos mercados de capitais

Centro de Regulação e Inovação Aplicada (CRIA) da CVM vai a “Tecnologia e Democratização dos Mercados de Capitais no Brasil” com transmissão ao vivo no Youtube
Logo da ftx, dólares e bitcoin

Analistas preveem alta no mercado cripto com ressarcimento bilionário a clientes da FTX

A FTX deve cerca de US$ 11 bilhões a credores, mas a massa falida conseguiu levantar mais de US$ 14 bilhões