Ser trader não é para quem está sem nada pra fazer em casa

“Perdi US$ 1 milhão na mesma semana que ganhei US$ 1 milhão pela primeira vez”, conta trader
Foto: Shutterstock


Estamos vivendo uma situação atípica e não planejada, pois além de estarmos “presos” em nossas residências, o nível de aflição aumentou exponencialmente. Sentir-se angustiado frente à tamanha adversidade e incerteza é normal.

Uma maneira “fácil” de lidar com este sentimento é utilizando alguma plataforma de trade. Além de entreter por um longo período, pode ser a “solução de todos os problemas”. Afinal, se você conseguir extrair uma renda disto, se tornará independente financeiramente, além de poder trabalhar de forma remota, sem chefes. 

Juro que esta é uma das maiores roubadas que alguém pode fazer na vida, não importa o quão experiente você é no trade.

Mas tá todo mundo ganhando….

No caso do iniciante, o problema mais óbvio é a falta de experiência na gestão de risco. Vai ganhar algumas, perder outras, mas provavelmente vai arriscar mais do que deveria em algum momento e perder tudo. Sem contar o risco de cair em algum golpe.

Lembre-se que num mercado em alta, conhecido como bull market, são todos gênios. Isto aconteceu no universo das criptomoedas em 2017 e está se repetindo no mercado acionário nos últimos 3 meses.

Houve uma forte alta por conta da injeção descontrolada de dinheiro por parte dos Bancos Centrais, além da expectativa de uma vacina para a COVID-19. No momento não é possível afirmar que a crise passou, pelo contrário.

Tranquilo, tenho experiência…

No caso do trader experiente, o problema é o que chamamos de “overtrade”, exagerar na quantidade de trades. A angústia e excesso de tempo livre vão levá-lo a acompanhar a o noticiário e movimentação dos ativos mais vezes ao dia, consequentemente aumentando o número de ideias e até mesmo remorsos sobre as posições já montadas.



Não importa se você negocia ações, criptomoedas, fundos imobiliários ou renda fixa. O efeito será exatamente o mesmo: prejuízos irrecuperáveis. Ao invés de tentar ganhar um dinheiro “fácil” e “rápido”, gaste este tempo buscando aprimorar os conhecimentos que o fizeram chegar até aqui, onde você se encontra hoje. Lembre-se: se houvesse uma estratégia simples de ganhar dinheiro, estaríamos todos fazendo isto.

Contornando o problema

Quer sugestões saudáveis pra conter essa angústia? Faça cursos online sobre marketing digital, programação, gestão de projetos, ou qualquer assunto de seu interesse. Udemy, Coursera e Eduk estão entre as plataformas com material em português. 

Quer aprender sobre finanças? Há canais no Youtube muito bons: Economista Sincero; TradersClub; Eu quero investir. Busque conteúdo que vá esclarecer suas dúvidas e sugerir áreas de estudo, ao invés de simplesmente tentar profetizar as próximas “Magazine Luizas” da bolsa.


Sobre o autor

Marcel Pechman atuou como trader por 18 anos nos bancos UBS, Deutsche e Safra. Desde maio de 2017, faz arbitragem e trading de criptomoedas.