Imagem da matéria: Seguradora americana MassMutual compra US$ 100 milhões em bitcoin
Foto: Shutterstock

A Massachusetts Mutual Life Insurance Co. comprou US$ 100 milhões em bitcoin para sua conta de investimento geral, de acordo com um comunicado à imprensa.

A compra foi facilitada pela empresa de serviços financeiros NYDIG, especializada em gerenciamento de bitcoin e outras criptomoedas.

Publicidade

Robert Gutmann, CEO da NYDIG, disse: “Estamos orgulhosos deste momento incrível na história do bitcoin e da indústria de seguros.

MassMutual também adquiriu uma participação de US$ 5 milhões de dólares na empresa NYDIG – um voto distinto de confiança no mercado de criptomoedas, mesmo que seja um investimento relativamente pequeno para a gigante dos seguros.

O Wall Street Journal cita um porta-voz não identificado da empresa, que diz esperar que o investimento em Bitcoin forneça “uma exposição medida, mas significativa, a um aspecto econômico crescente de nosso mundo cada vez mais digital”.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: As maneiras mais loucas que os jogadores estão usando para ganhar mais no Hamster Kombat

As maneiras mais loucas que os jogadores estão usando para ganhar mais no Hamster Kombat

De pistolas de massagem a máquinas de costura, os jogadores estão pensando em maneiras malucas e criativas de otimizar seus toques no Hamster Kombat
Ilustração de moeda NOT dourada com logotipo do jogo Notcoin do Telegram

Notcoin salta 25% na semana e é a criptomoeda com melhor desempenho no top 100

Apesar dos ganhos recentes de 25%, a volatilidade ainda dita o tom do Notcoin (NOT)
Pessoa olha para scanner da Worldcoin

Worldcoin (WLD) sobe 40% após estender bloqueio de tokens por mais 2 anos

Parte dos tokens foi bloqueada para permitir que o protocolo amadurecesse, explicou a empresa
Imagem da matéria: EUA tentam recuperar R$ 13 mi que golpistas enviaram à Binance para cometer lavagem de dinheiro

EUA tentam recuperar R$ 13 mi que golpistas enviaram à Binance para cometer lavagem de dinheiro

Esquema usando o golpe de “abate de porcos” lavou US$ 2,5 milhões em USDT, da Tether, em duas contas na Binance