Imagem da matéria: "Se pudesse, mandaria prender quem sobe preço de cesta básica", diz Datena
Apresentador da Band Datena (Foto: Divulgação/Facebook)

Em uma publicação no Twitter, no sábado (05), o apresentador da Band José Luiz Datena afirmou que, se pudesse, mandava prender quem estava aumentando o preço dos alimentos da cesta básica em plena pandemia.

“É uma vergonha! Isso é crime contra a humanidade”, escreveu Datena. E continuou:

Publicidade

“Existem mais de 20 milhões de desempregados e informais no Brasil! Tem muita gente passando fome! É uma vergonha”.

Nesta segunda-feira (07), em crítica ao tuíte do apresentador do Brasil Urgente (Record TV), o economista Fernando Ulrich escreveu:

“Vejam a loucura do sujeito. Entenderam a importância de identificar o real culpado pela inflação? Crime contra a humanidade é desvalorizar a moeda em meio a pandemia (aliás, em qualquer momento)”.

E rebateu:

“Datena, sociedade é vítima, pequenos empresários e feirantes inclusive”.

O apresentador também não comentou nada sobre a relação entre congelamento de preços e escassez de produtos, algo recorrente em casos de congelamento.

Aumento da Cesta básica

Nos últimos meses, os brasileiros têm presenciado um aumento constante em produtos básicos de alimentação, como o do arroz, por exemplo. Inclusive nas redes sociais há muitas postagens de prateleiras de supermercados que evidenciam esses aumentos.

Segundo o Procon de SP, por exemplo, só em 2019 os paulistas amargaram uma cesta básica custando 10,66% a mais. Neste ano, o órgão constatou que em abril o valor da cesta básica paulistana teve uma alta de 8,12%.

Mas essa alta nos preços de alimentos está todo o país. Em Campo Grande (MS), por exemplo, Segundo o Correio do Estado, o preço da cesta básica chega a custar a metade de um salário mínimo.

Publicidade

Bolsonaro quer redução da cesta básica

Conforme publicação no UOL, o presidente Jair Bolsonaro disse na sexta-feira (04) que tem buscado associações de supermercados para tentar baixar os preços de produtos que compõem a cesta básica.

Segundo o artigo, Bolsonaro ponderou que não pretende dar “canetada em lugar nenhum”, nem interferir na área econômica. Mas para ele, baixar os preços a esta altura é questão de “patriotismo”.

Dieese faz pesquisa à distância

Segundo o Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), desde o dia 18 de março o acompanhando de preços está sendo feito à distância devido à pandemia, exceto na cidade de São Paulo.

Conforme nota, a pesquisa só tem sido feita presencialmente na capital paulista e “com menor número de pesquisadores e em horários em que os estabelecimentos comerciais estão mais vazios.

As feiras livres, comunicou, que fazem parte da pesquisa regular, não estão sendo pesquisadas em nenhuma cidade. 

VOCÊ PODE GOSTAR
Antônio Neto Ais e Fabrícia Campos, casal que lidera a Braiscompany (Foto: Reprodução/Instagram)

MPF faz nova denúncia contra donos da Braiscompany e doleiro por lavagem de dinheiro

Antônio Neto e Fabrícia Farias realizaram operações financeiras de grande porte com características de lavagem de dinheiro em pleno colapso da pirâmide
Sunny Pires surfando

Surfista brasileiro recebe patrocínio em criptomoedas de comunidade web3

Sunny Pires, de 18 anos, embarca neste mês em expedição à Nicarágua com apoio da comunidade web3 Nouns
Pizza em uma mão moeda de bitcoin na outra

Bitcoin Pizza Day: Corretoras comemoram data histórica do Bitcoin com promoções; confira

Semana tem pizza grátis, cashback, joguinho e descontos em comemoração à primeira transação comercial com o Bitcoin realizada há 14 anos
busto de homem engravatado simulando gesto de pare

CVM proíbe corretora de criptomoedas e forex de captar clientes no Brasil

O órgão determinou, sob multa diária de R$ 1 mil, a imediata suspensão de qualquer oferta pública de valores mobiliários pela Xpoken