Imagem da matéria: Satoshi, gestoras, executivos: quem são os maiores detentores de Bitcoin no mundo
Shutterstock

A explosão dos ETFs de Bitcoin à vista levou a uma grande movimentação no mercado de bitcoins, com grandes instituições se tornando baleias e uma onda de compras, o que colaborou para que o Bitcoin (BTC) atingisse sua nova máxima histórica.

Vale lembrar que o protocolo do BTC só permite que existam 21 milhões de unidades em circulação, e que cerca de 19 milhões já foram minerados. Além disso, uma grande parcela do que já existe está perdida para sempre em carteiras que as pessoas perderam as chaves ou que nem lembram que existem.

Publicidade

Não há como ter certeza de quanto se perdeu até hoje, mas o mercado trabalha com um número de cerca de 2,4 milhões de bitcoins, ou seja 11% do que já foi minerado.

Mas, por outro lado, quem são os grandes detentores da criptomoeda? Quais as instituições ou pessoas que tem mais bitcoins em carteira? Esse é um dado que não tem como haver 100% de certeza, já que os endereços não possuem identificação e alguns investidores anônimos podem ser os que mais possuem ativos.

Porém, há alguns dados que já são públicos e pessoas que divulgam quanto possuem. Veja abaixo algumas delas:

Exchanges de criptomoedas

Como grupo, as exchanges possuem a maior quantidade de bitcoins atualmente, com estimativas que apontam que cerca de 2,3 milhões de bitcoins estão com estas empresas, seja em nome de clientes ou como reservas.

Maior do mundo, a Binance também é quem possui mais ativos. Há um mês, a exchange divulgou sua Prova de Reservas, declarando ter cerca de 609,5 mil BTC, sendo 594,7 mil de clientes.

Publicidade

Dados do site BitInfoCharts mostram que as duas maiores carteiras de Bitcoin do mundo são de exchanges. A primeira da própria Binance e a segunda da Bitfinex, que neste endereço possui 204 mil BTC, mas estima-se que a empresa tenha quase o dobro no total, na casa de 403 mil.

Outras companhias, como Coinbase (386 mil BTC), Robinhood (146 mil) e OKX (126 mil) também estão no grupo das que possuem mais bitcoins.

Satoshi Nakamoto

Pseudônimo do criador do Bitcoin, Satoshi Nakamoto possui cerca de 1,1 milhão de bitcoins em carteiras, segundo projeções de especialistas. Criadas logo que a criptomoeda foi lançada, essas carteiras não fazem movimentações há anos.

Se Satoshi for apenas uma pessoa, essa quantidade de BTCs hoje o colocaria como a 22ª pessoa mais rica do mundo, possuindo cerca de 5% de todos o volume existente.

Publicidade

Grandes instituições

Com a recente aprovação dos ETFs de Bitcoin à vista, grandes empresas de investimento passaram a comprar grandes quantidades de Bitcoin, se tornando assim algumas das maiores detentoras da criptomoeda. Até a virada do mês passado, pelo menos 933 mil bitcoins já estavam na mão dessas instituições, segundo a K33.

A Grayscale, apesar de registrar uma grande saída de recursos desde o lançamento do ETF, teve o primeiro fundo de Bitcoin e por conta disso ainda é a líder nesse cenário, com cerca de 405 mil BTC.

Na sequência aparece o que é o ETF de maior sucesso até o momento, a BlackRock, que também é a maior gestora de recursos do mundo. A empresa possui hoje cerca de 191 mil BTC, equivalente a quase US$ 13 bilhões. Atrás dela aparece a Fidelity, com 102 mil unidades.

No total, estima-se que essas grandes instituições financeiras agora possuem cerca de 5% de todas as moedas.

MicroStrategy

O empresário Michael Saylor conseguiu convencer, ainda em 2020, sua empresa de software MicroStrategy a começar a comprar bitcoins para ter como reserva, e desde então, de tempos em tempos, a companhia anuncia novas aquisições da criptomoeda.

Há poucas semanas, a MicroStrategy comprou mais 3 mil bitcoins por US$ 155 milhões ao todo e uma média de US$ 51.813 por unidade da criptomoeda. Com isso, a empresa passou a deter 193 mil bitcoins, comprados a um valor total de US$ 6,09 bilhões e com preço médio da unidade de BTC a US$ 31.544.

Publicidade

Block One

Esse é um caso um pouco mais obscuro, já que não existem dados oficiais sobre quanto a empresa de software para criptomoedas possui. Em 2020, a companhia fez uma aquisição de 140 mil bitcoins, mas desde então não houveram atualizações.

Pouco depois da primeira aquisição, o CEO da Block.one, Brendan Blumer, afirmou que a companhia continuou comprando mais BTC, mas não especificou a quantidade. Dados do site Bitcoin Treasuries apontam que a companhia possui hoje 164 mil Bitcoins.

Gêmeos Winklevoss

Famosos por entrarem em uma briga judicial com Mark Zuckerberg pela criação do Facebook, os irmãos Cameron e Tyler Winklevoss também não abrem o jogo sobre quanto possuem exatamente em bitcoins.

Em uma entrevista em 2017 para o The New York Times, os dois afirmaram que tinham em torno de 70 mil BTC. E segundo dados da Forbes, o montante segue neste nível.

Tether

A empresa por trás da stablecoin Tether tem comprado Bitcoin há anos para formar uma reserva e hoje possui cerca de 67 mil unidades da criptomoeda.

A Tether começou a comprar bitcoin em setembro de 2022 com uma compra inicial de 33.980 BTC. Desde então, tem adquirido de forma consistente a cada trimestre. Sua segunda maior compra foi em março de 2023, quando comprou 15.915 BTC.

Publicidade

A compra mais recente de 8.888 BTC, no final do quarto trimestre de 2023, é a terceira maior da Tether até o momento.

Tim Draper

Grande investidor americano, Tim Draper ficou famoso no mundo das criptomoedas ainda em 2014, quando comprou 30 mil BTC que haviam sido apreendidos pela política dos Estados Unidos no caso da Silk Road.

Adquiridas por meio de um leilão federal, Draper pagou US$ 17 milhões pelos ativos.

Desde então ele tem feito diversas entrevistas se dizendo otimista com o Bitcoin e reforçando que não vendeu o que comprou em 2014, apesar de não abrir publicamente quanto possui da criptomoeda.

Michael Saylor

Fundador da MicroStrategy, Michael Saylor é um grande entusiasta de criptomoedas, especialmente do Bitcoin, levando-o a convencer sua empresa a comprar também.

Maior acionista da MicroStrategy, o executivo também tem uma grande porção de bitcoins para si, com projeções de que ele possua pelo menos 17.732 BTC.

Tesla

Em 2021, a fabricante de carros elétricos Tesla anunciou a compra de 40 mil bitcoins por cerca de US$ 1,5 bilhão. Porém, mudanças no pensamento de seu fundador, Elon Musk, que passou a se preocupar com o impacto ambiental da criptomoeda, levaram a venda de parte desse montante.

No último resultado trimestral, a empresa não informou nada sobre suas reservas de BTC, levando muitos analistas a apontarem que a companhia se mantém com cerca de 9.700 bitcoins. Porém, nos últimos dias a empresa de análise de dados on-chain Arkham afirmou que descobriu quais são os endereços da Tesla e da SpaceX.

Segundo a análise, a fabricante de veículos elétricos detém atualmente 11.510 bitcoins em 68 endereços diferentes, o que equivale a cerca de US$ 780 milhões. Além disso, a Tesla está atualmente com um lucro não realizado de US$ 476 milhões (cerca de R$ 2,3 bilhões) com o investimento que fez na criptomoeda.

Outros gigantes de Bitcoin

Existem ainda outros endereços que mostram que muitas pessoas ou empresas possuem pelo menos 10 mil bitcoins. São pelo menos 80 carteiras com essa quantia, mas que seus donos são desconhecidos, segundo o site Bitinfocharts.

Há ainda uma parte que está de posse de autoridades policias, que apreendem bitcoins todos os anos em esquemas fraudulentos e envolvidos em crimes. Além disso, governos também possuem, em especial El Salvador, país que adotou o Bitcoin como moeda oficial e que hoje possui cerca de 2.800 BTC.

É muito difícil saber quantas pessoas possuem bitcoins atualmente, mas esse número não para de crescer. Dados de junho de 2023 da empresa de tecnologia River estimam que havia 81,7 milhões de usuários da criptomoeda, ou cerca de 1% da população mundial.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Hamster Kombat: Veja o Daily Combo e Cipher Code desta sexta (12)

Hamster Kombat: Veja o Daily Combo e Cipher Code desta sexta (12)

Procurando a combinação diária e o código cifrado para sexta-feira, 12 de julho? Aqui está o que você precisa para ganhar no jogo do Telegram, Hamster Kombat
Pessoa segura smartphone com logo BUSD com as mãos apoiado em uma mesa

SEC encerra investigação sobre stablecoin da Binance sem ações de penalidade

A SEC alegou que a stablecoin BUSD era um valor mobiliário em um processo movido contra a Binance no ano passado
Imagem da matéria: EUA tentam recuperar R$ 13 mi que golpistas enviaram à Binance para cometer lavagem de dinheiro

EUA tentam recuperar R$ 13 mi que golpistas enviaram à Binance para cometer lavagem de dinheiro

Esquema usando o golpe de “abate de porcos” lavou US$ 2,5 milhões em USDT, da Tether, em duas contas na Binance
Imagem da matéria: Polygon vai substituir token MATIC por POL em setembro; entenda

Polygon vai substituir token MATIC por POL em setembro; entenda

POL permitirá que detentores se tornem validadores em cadeias baseadas na Polygon, enquanto MATIC será descontinuado