Imagem da matéria: Ripple, NEM e Cardano criam lobby de blockchain com foco na Europa
(Foto: Shutterstock)

A Ripple, terceira maior criptomoeda em valor de mercado, juntamente com três empresas do setor de blockchain, criou o ‘Blockchain for Europe’, uma associação para representar seus interesses no continente europeu.

De acordo com um comunicado de imprensa por meio do site Finextra, o grupo de lobby formado por Ripple, NEM, Fetch e EMURGO (detentora da Cardano) pretende criar um ambiente conveniente e persuasivo para conquistar empresas do continente europeu.

Publicidade

Uma das justificativas para a criação da associação, segundo o comunicado, é que essas empresas compartilham uma visão em comum de tornar a Europa uma emergente na causa blockchain.

Para isso, o grupo visa a criação de uma ’regulamentação inteligente’ para impulsionar uma agenda global do novo setor no continente europeu.

“Os objetivos da associação são fomentar o entendimento dentro das instituições da União Europeia (UE) e dos estados-membros sobre a verdadeira natureza e potencial da tecnologia blockchain, e garantir que a próxima regulamentação promova e impulsione a inovação na Europa”, diz o comunicado.

Ainda de acordo com a nota, em 27 de novembro a associação organizou uma conferência onde participaram os quatro maiores da cúpula do Parlamento Europeu.

Publicidade

Eles discutiram, então, questões como governança, saúde, transporte, comércio, identidade, infraestrutura do mercado financeiro e criptomoedas.

Sobre blockchain, o debate foi em torno dos potenciais benefícios tanto para os formadores de políticas quanto para a indústria quando há uma cooperação entre setores que abraçam a mesma causa.

“Este é um momento crítico para os formuladores de políticas na Europa, à medida que buscam desenvolver a estrutura regulatória correta para capturar os benefícios dos ativos digitais e da tecnologia blockchain”, disse Dan Morgan, chefe de relações regulatórias da Ripple Europe.

Blockchain ‘cresce’ mais que mercado

Enquanto o mercado de criptomoedas ainda enfrenta momentos difíceis, a tecnologia blockchain segue sendo uma das principais novidades tecnológicas aplicadas no setor financeiro e também em outros.    

Nesta semana, a notícia de que os bancos Itaú, Standard Chartered e Wells Fargo se envolveram em uma transação de empréstimo via blockchain é prova de que a tecnologia está sendo vista cada vez mais benéfica.

Publicidade

A operação — um tipo de transação inédita na América Latina, segundo os bancos envolvidos — proveu ao Itaú um empréstimo sindicalizado de aproximadamente R$ 370 milhões (US$ 100 milhões).

K-voting

No final de novembro, a Comissão Nacional Eleitoral (NEC) da Coreia do Sul anunciou que vai conduzir um sistema de votação eletrônica online baseado na tecnologia blockchain a partir deste mês.

Com o novo sistema, que recebeu o nome de ‘K-voting’, a Agência visa anular as preocupações com o método atual de votação que é vulnerável a ataques de hacker e fraude eleitoral.


BitcoinTrade

Baixe agora o aplicativo da melhor plataforma de criptomoedas do Brasil
Cadastre-se e confira todas as novidades da ferramenta, acesse: www.bitcointrade.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
Moeda dourada de Bitcoin (BTC) sobre um gráfico de preço com candles indicando queda nos preços

Semana Cripto: Queda do Bitcoin derruba principais altcoins enquanto memecoins políticas permanecem voláteis

Bitcoin e Ethereum desabam em meio a narrativas sobre Mt. Gox e BTCs do governo da Alemanha
jogo hamster kombat em tela de celular

Hamster Kombat:  Tudo sobre o airdrop do jogo do Telegram

Veja também dicas para conseguir a maior quantidade de moedas antes do lançamento do token
Mão segurando celular com logo da Toncoin e no fundo ícones do Telegram

Rede TON do Telegram vai se conectar ao Ethereum via blockchain de segunda camada

Em meio ao boom dos jogos do Telegram, The Open Network está pronta para lançar uma camada 2 compatível com Ethereum em colaboração com a Polygon