Imagem da matéria: Resumo da semana cripto: Bitcoin fica menos volátil que ações e reguladores voltam a investigar 3AC
Foto: Shutterstock

A última semana foi a quinta consecutiva de preços estagnados ou pequenas perdas das principais criptomoedas do mercado, mas a estabilidade de repente parece um pouco mais promissora do que o normal. 

Novos dados da Kaiko revelaram que o bitcoin é menos volátil do que as ações pela primeira vez em dois anos, já que o ativo parece estar se desvinculando do mercado de ações.

Publicidade

Bitcoin (BTC) e Ethereum (ETH) mal se moveram, variando menos de 2% nos últimos sete dias. O BTC atualmente é negociado por US$ 19.174, enquanto o ETH muda de mãos por US$ 1.308 no momento da redação deste artigo.

Entre os maiores perdedores da semana passada estão nomes conhecidos no mercado, como Solana (SOL), que caiu 6%, apesar dos indicadores contínuos de crescimento de NFT na rede. XRP também caiu 4% na semana, apesar do conselheiro geral da Ripple, Stu Alderoty, divulgar que a empresa obteve os e-mails da SEC que tanto queria. A Cardano (ADA) completa a lista, caindo 4% nos últimos dias.

Polygon (MATIC) foi o maior ganhador do top 20 na última semana, com um rali de apenas 4%.

Inverno cripto continua gelado

A última semana provou que os reguladores americanos continuam mirando nas criptomoedas. A SEC e a CFTC estão investigando o fundo de hedge cripto falido da Three Arrows Capital (3AC) para ver se eles “violaram regras ao enganar os investidores sobre a força de seu balanço e não se registrar nas agências”, de acordo com relatórios no início da semana.

3AC foi uma das maiores vítimas da crise de liquidez do setor, que está em andamento desde o colapso do ecossistema Terra (LUNA) em maio. Na época em que entrou com pedido de falência, a 3AC devia pelo menos US$ 3,5 bilhões a investidores.

Publicidade

Na quarta-feira, um banco integrado às criptomoedas de Berlim chamado Nuri, anunciou que estava fechando as operações devido aos desafios “insuperáveis” de atrair investimentos ou uma oferta de aquisição.

Anteriormente conhecido como Bitwala, Nuri entrou com pedido de insolvência em agosto deste ano depois de cortar 20% de sua força de trabalho enquanto a empresa lutava com o mercado de baixa.

Nuri também se referiu a empresa de empréstimos de criptomoedas Celsius, agora falida, como “um de nossos principais parceiros de negócios”, cuja própria insolvência “agravou a situação significativamente e nos colocou no limite”. 

Nuri diz que os ativos de seus clientes estão seguros e não foram afetados pela insolvência da empresa, garantindo que eles podem continuar negociando criptomoedas até o final de novembro.

Publicidade

Despachos de Washington

Na quarta-feira, uma cópia da Lei de Proteção ao Consumidor de Commodities Digitais (DCCPA), um projeto de lei em andamento que descreve como a CFTC regularia a indústria cripto, foi enviada ao GitHub por Gabriel Shapiro, advogado de criptomoedas e conselheiro geral da Delphi Labs.

O DCCPA foi introduzido pelos senadores Debbie Stabenow e John Boozman em agosto e recebeu apoio da Coinbase e do CEO da FTX, Sam Bankman-Fried, por oferecer uma alternativa a uma estratégia da SEC que muitos temiam ser regular para punir.

Stuart Alderoty, o conselheiro geral da empresa por trás do XRP, Ripple, deu na quinta-feira a notícia de que a defesa da companhia finalmente colocou as mãos em um monte de e-mails e documentos internos da SEC. 

A Ripple é alvo de um processo do regulador há quase dois anos, depois que a SEC alegou que XRP estava sendo vendido como um valor mobiliário não registrado. 

Os materiais em questão, apelidados de “documentos Hinman”, dizem respeito ao ex-diretor da SEC, William Hinman, e seu discurso muito divulgado em um evento do Yahoo Finance de 2018, no qual declarou que o Ethereum —como o Bitcoin — era “suficientemente descentralizado” e não estava sujeito à regulamentação federal de valores mobiliários. 

Publicidade

Alderoty twittou que, após 18 meses, o acesso à coleção de descobertas “valeu a pena a luta”.

* Traduzido e editado com autorização do Decrypt.co.

O MB oferece taxas regressivas de negociação e estratégia de investimento de acordo com o seu perfil. Junte-se à maior Exchange da América Latina e negocie mais de 200 ativos digitais, como tokens, renda fixa digital e criptomoedas. Abra a sua conta gratuita!

VOCÊ PODE GOSTAR
Moeda de Bitcoi sob mapa da América comd estaque para Venezuela

Venezuela quer desativar todas as fazendas de mineração de criptomoedas do país

O governador do estado de Carabobo afirmou que o governo está prestes a publicar um decreto que irá proibir a mineração de criptomoedas
Cristiano Ronaldo veste camisa da Binance

Cristiano Ronaldo lança nova coleção de NFTs enquanto é alvo de processo de US$ 1 bilhão com a Binance

O anúncio do jogador chega 27 dias depois de os EUA condenarem o criador da Binance, Changpeng “CZ” Zhao, a 4 meses de prisão
Imagem da matéria: Pump.fun: site que permite criar memecoin por apenas R$ 15 bate recorde de atividade

Pump.fun: site que permite criar memecoin por apenas R$ 15 bate recorde de atividade

Entre os 14.500 tokens lançados na Solana por meio do pump.fun, milhares eram baseados na GameStop
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin se estabiliza acima de US$ 67 mil; Ethereum atinge US$ 3 mil em semana decisiva para ETFs

Manhã Cripto: Bitcoin se estabiliza acima de US$ 67 mil; Ethereum atinge US$ 3 mil em semana decisiva para ETFs

A semana promete ser agitada à medida que chega o prazo final para a SEC decidir se aprova ou rejeita o lançamento de ETFs de Ethereum à vista