Imagem da matéria: Rede Arbitrum sai do ar e comunidade debate se culpa é dos Inscriptions
Foto: Shutterstock

A Arbitrum saiu parcialmente do ar nesta sexta-feira (15) devido a um repentino aumento no número de acessos da rede. O projeto confirmou a notícia por meio de seu perfil oficial no X e divulgou uma página para monitorar os próximos acontecimentos. 

“O Sequenciador Arbitrum One parou às 13h29 (horário de Brasília) durante um aumento significativo no tráfego de rede. Estamos trabalhando para resolver o problema o mais rápido possível e forneceremos uma análise pós-mortem assim que possível”, disse o projeto. 

Publicidade

Suspeita da culpa recai sob “Inscriptions”

A Arbiscan, um explorador de blockchain para Arbitrum, inicialmente atribuiu a falha da rede a um “aumento nas atividades devido de inscriptions”, de acordo com vários usuários do Twitter. Desde então, ajustou a linguagem em seu site para corresponder à declaração oficial da Arbitrum, excluindo a referência a inscrições.

Inscriptions, popularizadas pelo enorme sucesso do Bitcoin Ordinals no início deste ano, são imagens detalhadas ou outras peças de mídia colocadas nos arquivos de criptomoedas. Embora extremamente custosas e um grande desafio para as blockchains processarem, as inscriptions faziam bastante sentido para a rede Bitcoin, que, devido à sua falta de capacidades de contratos inteligentes (smart contracts), nunca foi capaz de suportar NFTs.

Recentemente, alguns usuários começaram o projeto de criar inscriptions em redes que já suportam NFTs. Na semana passada, a prática correspondeu a s 57% do tráfego na Polygon, BNB Chain e Avalanche, de acordo com o analista de blockchain que fala sob o pseudônimo Hildobby.

Na última semana, as transações de inscriptions representaram 30% de todo o tráfego no Arbitrum One especificamente, segundo dados da Dune Analytics.

Publicidade

Vários usuários do Twitter expressaram sua frustração com a possibilidade de que o tráfego relacionado a inscriptions tenha derrubado Arbitrum, pois consideram a inovação tanto injustificadamente cara quanto sem uma função prática.

Os problemas na Arbitrum

Não é a primeira vez que a rede da Arbitrum sofre interrupções. Conforme lembra reportagem do portal CoinDesk, a rede parou também em junho, após um erro gerar um banco de operações não processadas. Na ocasião, o sistema voltou ao normal após algumas horas. 

Além disso, no primeiro dia de negociação de seu token próprio, a página da Arbitrum travou. Naquele momento, o projeto relatou sofrer um erro 429, indicando que estava sendo sobrecarregado pelo tráfego de usuários. O site também era o principal mecanismo pelo qual os usuários qualificados podiam reivindicar seus tokens ARB no airdrop.

Solução de escalabilidade no Ethereum

A Arbitrum é uma solução de escalabilidade em segunda camada que opera no blockchain do Ethereum. Lançada em agosto de 2021 pelo Offchain Labs, startup de Nova Jersey liderada pelo ex-diretor de tecnologia da Casa Branca Ed Felten, a Arbitrum alavanca uma tecnologia chamada Optimistic Rollup.

Publicidade

Rollups são criadas para lidar com os maiores desafios do Ethereum: velocidade e custo de transações. Em termos de capacidade de processamento, Arbitrum permite que 40 mil transações por segundo (TPS) sejam processadas.

*Traduzido com autorização do Decrypt.

You May Also Like
Imagem da matéria: Binance deslista Monero e clientes reclamam de dificuldade para saques

Binance deslista Monero e clientes reclamam de dificuldade para saques

Usuários relataram problemas ao retirar suas quantias de Monero da Binance, apesar do prazo para isso ainda não ter expirado
Vitalik-Buterin-Ethereum

Vitalik Buterin sugere uso de IA para a descoberta de bugs em códigos de projetos blockchain

Para o criador do Ethereum, uma verificação formal assistida de código com inteligência artificial pode mudar significativamente o jogo em relação a bugs
Celular mostra logotipo da memecoin BONK

Bonk, Pepe e Dogwifhat lideram novo rali das memecoins

Apesar da forte volatilidade, memecoins estão voltando a ganhar força e contaram até com um impulso inesperado do astro da NBA LeBron James
Imagem da matéria: Por que o jogo cripto Pixels abandonou a Polygon antes de lançar seu token na Ethereum

Por que o jogo cripto Pixels abandonou a Polygon antes de lançar seu token na Ethereum

Fundador Luke Barwikowski do jogo explica por que a Pixels migrou da Polygon para a Ronin antes do lançamento do grande token PIXEL