Imagem da matéria: Receita por hardware de mineração cripto da Nvidia despencou 77% no quarto trimestre
Foto: Shutterstock

A fabricante de chips de computador Nvidia viu a receita de seu hardware específico para a mineração de criptomoedas despencar de US$ 150 milhões no terceiro trimestre de 2021 para apenas US$ 24 milhões no quarto trimestre, uma queda de 77%.

Segundo um documento da Nvidia, a receita de seu chip Crypto Mining Processor (ou CMP, na sigla em inglês) em 2021 totalizou US$ 550 milhões – apenas 0,2% de sua receita total de US$ 26,91 durante o ano.

Publicidade

Isso se alinha à previsão inicial da diretora financeira Colette Kress de que a receita do CMP iria “cair trimestralmente para níveis muito insignificantes no quarto trimestre”.

Vendas de CMP tiveram um desempenho abaixo das expectativas ao longo do ano; apesar de um forte início de ano, conforme a Nvidia aumentou sua estimativa de receita para US$ 150 milhões no primeiro trimestre, as receitas de vendas no segundo trimestre não atingiram a estimativa inicial de US$ 400 milhões, pois a empresa só lucrou US$ 266 milhões no segundo trimestre.

Já no terceiro trimestre, caíram ainda mais, para US$ 105 milhões.

É improvável que isso atrapalhe muito a Nvidia, pois suas receitas para o ano fiscal total de 2021 subiram 61%.

Nvidia e cripto

A Nvidia desenvolveu o CMP para reduzir a demanda de mineradores cripto para suas placas de vídeo (ou GPUs).

Apesar de mineradores de bitcoin (BTC) migrarem de GPUs para chips de circuito integrado de aplicação específica (ou ASICs), voltados à mineração, continua sendo mais barato minerar outras criptomoedas, como o ether (ETH), usando GPUs.

Publicidade

Por enfrentar uma retaliação de sua principal base de clientes de jogadores de PC, a Nvidia tentou limitar suas placas de vídeo para torná-las “menos atrativas” para mineradores antes de lançar o CMP em 2021.

Em seu documento, a Nvidia afirmou que, embora suas placas de vídeo sejam capazes de minerar criptomoedas, “limitou a visibilidade sobre quanto isso impacta nossa demanda total por GPUs”, citando a volatilidade nos mercados de criptomoedas e mudanças no método de verificação de transações, como a iminente migração do Ethereum de um algoritmo proof of work (ou PoW) para um proof of stake (PoS).

A fabricante de chips reforçou seu comprometimento em limitar a mineração de cripto em suas placas de vídeo, acrescentando que “quase toda a arquitetura Ampere da Nvidia para desktop em remessas de GPUs GeForce são Lite Hash Rate, ajudando a direcionar GPUs GeForce para jogadores”.

Outras fabricantes de placas de vídeo, como AMD e Intel, anunciaram que não vão seguir o exemplo da Nvidia.

E os problemas na receita do CMP da Nvidia não parecem ter dissuadidos outras fabricantes de chip a se aventurarem com hardwares de mineração. Em janeiro, a Intel anunciou que estava desenvolvendo um novo chip “energicamente eficiente” para a mineração de bitcoin.

*Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

VOCÊ PODE GOSTAR
Bitcoin em gráfico de alta com seta azul apontado para o alto

Traders esperam que Bitcoin supere a máxima de US$ 74 mil em breve

“Esperamos um impulso de alta aqui que pode nos levar de volta às máximas de US$ 74 mil”, disse a QCP Capital sobre o momento do Bitcoin
Imagem da matéria: MB estreia no ranking de Exchange Benchmark em 1º lugar no Brasil

MB estreia no ranking de Exchange Benchmark em 1º lugar no Brasil

O relatório semestral, realizado pela CCData, é considerado uma estrutura robusta para classificar a atuação de exchanges do Brasil e do mundo
Imagem da matéria: Gnosis (GNO) dispara 20% após lançamento de plano para reviver o token

Gnosis (GNO) dispara 20% após lançamento de plano para reviver o token

Um programa de crescimento com aporte milionário de fundo cripto está sendo votado neste momento pelos usuários do GNO
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Ethereum (ETH) decola 20% com expectativa para aprovação de ETFs nos EUA

Manhã Cripto: Ethereum (ETH) decola 20% com expectativa para aprovação de ETFs nos EUA

A animação dos investidores fez aumentar em 219% o volume de negociação do Ethereum nas últimas 24 horas