Imagem da matéria: Protocolo Anchor corta rendimentos para tentar salvar UST enquanto crise atinge outras criptomoedas
Foto: Shutterstock

A queda para quase zero da criptomoeda LUNA nesta quarta-feira (11) e a perda de lastro da stablecoin UST estão forçando os participantes do ecossistema Terra a buscar soluções para tentar evitar o colapso total do projeto.

Os desenvolvedores do Anchor Protocol – o aplicativo de finanças descentralizadas (DeFi) da rede Terra responsável pela maior parte de operações de staking e empréstimos de UST – publicaram nesta quarta-feira (11) um plano de “medidas emergenciais para restaurar o lastro de UST”.

Publicidade

A medida mais importante do plano é reduzir o APY (porcentagem de rendimento anual) de 18% para 4%.

Neste cenário, a equipe do Anchor Protocol finalmente confessou algo que muitos especialistas cripto já alertavam há tempos: pagar 18% APY não é sustentável. Antes disso, o projeto prometia pagar juros de 19,5%.

Justificativa

A justificativa do projeto para essa mudança foi o fracasso do UST se comportar como uma stablecoin de fato, mantendo seu preço pareado a US$ 1.

Na madrugada desta quarta-feira, a stablecoin bateu uma mínima histórica de US$ 0,29 e atualmente se mantém contada em torno de US$ 0,48.

Na visão do protocolo, reduzir em mais de quatro vezes o rendimento é uma forma de impedir o esgotamento das reservas do Anchor. Isso supostamente contribuiria para parar o que eles mesmo chamam de “espiral da morte” do UST.

Publicidade

O momento crítico que atinge o ecossistema Terra levou muitos investidores a tirar o dinheiro mantido no Anchor Protocol. O valor total bloqueado (TVL) no projeto despencou de US$ 17,1 bilhões para os atuais US$ 1,8 bilhão em menos de uma semana, conforme mostra o DeFi Llama.

A queda do TVL do Anchor Protocol
A queda do TVL do Anchor Protocol (Fonte: DeFi Llama)

3 criptomoedas desabam por causa da crise da Terra

As quedas da LUNA e UST contaminam todo o mercado cripto, mas algumas criptomoedas estão sendo mais atingidas por essa crise do que outras.

A própria criptomoeda do Anchor Protocol, ACN, está desvalorizando 70% no dia, uma queda acentuada quando o projeto anunciou o corte dos rendimentos. 

Agora a moeda é negociada por US$ 0,23, um preço 96% menor ao topo histórico de US$ 8,23, segundo o CoinGecko.

Publicidade

Avalanche (AVAX) é outra criptomoeda que derrete nesta quarta-feira. Em queda de 26,4% só nas últimas 24 horas, a moeda está cotada a US$ 34, mas chegou a bater uma mínima do dia de US$ 28.

O que explica esse efeito é a forte relação do projeto com a Terra. Quando o Bitcoin (BTC) foi adotado para garantir o lastro do UST, a AVAX foi outro ativo que também passou a residir nas carteiras de segurança da Luna Foundation Guard.

Quando a fundação esvaziou totalmente sua carteira de bitcoin, AVAX passou a ser a principal moeda de garantia do UST. Atualmente, o ativo da Avalanche representa 68% dos fundos da Luna Foundation Guard, equivalente a US$ 69,9 milhões de AVAX.

Além disso, a equipe da Avalanche foi uma das poucas que ficou do lado da Terra durante essa crise.

Emin Gun Sirer, criador da blockchain Avalanche, saiu em defesa de Terra e Luna. “Não estou nada surpreso com a resiliência do UST”, tuitou Sirer. “Sobretudo, a perda de lastro da UST ocorreu exatamente como vimos em outros casos do passado. Eu estou cada vez mais pessimista das cópias que existem e mais otimista com UST quando a poeira abaixar”. 

Um outro impacto que o derretimento do UST é a falta de confiança em projetos que tentaram copiar a stablecoin. A blockchain Tron de Justin Sun, por exemplo, lançou USDD poucas semanas atrás.

Publicidade

Nesta quarta-feira, Sun escreveu no Twitter que a criptomoeda TRX era o próprio alvo depois da LUNA de um movimento massivo de short  (aposta na queda da moeda).

“A taxa de financiamento de shorting TRX na Binance está superior a 100% APR. Parece que o TRX é o próximo alvo depois da LUNA. Tron DAO Reserve  implantará 2 bilhões de dólares para combatê-los”, escreveu.

TRX também registra quedas nesta quarta, só que mais modestas. A criptomoeda está caindo 5% no dia, negociada atualmente a US$ 0,09.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: EUA acusam  2 chineses de lavarem US$ 73 milhões em esquema com criptomoedas

EUA acusam 2 chineses de lavarem US$ 73 milhões em esquema com criptomoedas

O Departamento de Justiça acusou Daren Li e Yicheng Zhang de orquestrar um esquema com criptomoedas de “abate de porcos”
Logo da ftx, dólares e bitcoin

Analistas preveem alta no mercado cripto com ressarcimento bilionário a clientes da FTX

A FTX deve cerca de US$ 11 bilhões a credores, mas a massa falida conseguiu levantar mais de US$ 14 bilhões
busto de homem engravatado simulando gesto de pare

CVM proíbe corretora de criptomoedas e forex de captar clientes no Brasil

O órgão determinou, sob multa diária de R$ 1 mil, a imediata suspensão de qualquer oferta pública de valores mobiliários pela Xpoken
criptomoedas, criptoativos, regulação, Brasil, projeto de lei

Banco Central anuncia próximos passos da regulamentação do mercado cripto no Brasil

Sem definir datas, BC diz que irá fazer mais uma consulta pública no segundo semestre e um planejamento interno sobre stablecoins