Imagem da matéria: Promotores pedem 50 anos de prisão e multa de R$ 54 bilhões para fundador da FTX
Sam Bankman-Fried, criador da FTX (Foto: Decrypt/André Beganski)

Promotores no caso de fraude federal contra Sam Bankman-Fried disseram nesta sexta-feira (15) que o fundador da FTX e ex-CEO deve enfrentar de 40 a 50 anos de prisão, além de pagar US$ 11 bilhões (R$ 54 bilhões) em multas e confisco de bens.

Isso de acordo com um memorando de sentença arquivado pelo Departamento de Justiça dos EUA do Distrito Sul de Nova York nesta sexta-feira. Bankman-Fried foi considerado culpado de sete acusações de fraude e conspiração em novembro passado, após o colapso da corretora de criptomoedas no final de 2022.

Publicidade

“Embora seja improvável (mas não impossível) que o réu trabalhe novamente no setor financeiro, e provavelmente perderá todos os seus ganhos ilícitos, a justiça exige que ele receba uma pena de prisão proporcional às dimensões extraordinárias de seus crimes”, disse o procurador dos EUA, Damian Williams. “Por essas razões, os propósitos legítimos da punição exigem uma sentença de 40 a 50 anos de prisão.”

Os promotores disseram que Bankman-Fried e associados roubaram bilhões de dólares dos fundos dos clientes da FTX por meio da firma de comércio Alameda Research, uma empresa irmã da FTX. Advogados de falência disseram recentemente que têm um plano para ressarcir os clientes após recuperar ativos e investimentos roubados e vender as restantes holdings de criptomoedas da exchange.

“Todo esse comportamento foi intencional. Em todas as partes de seu negócio, e com respeito a cada crime cometido, o réu demonstrou um desrespeito descarado pela regra da lei”, disse Williams. “Ele entendia as regras, mas decidiu que não se aplicavam a ele.

“Ele sabia o que a sociedade considerava ilegal e antiético, mas ignorou isso com base em uma megalomania perniciosa guiada pelos próprios valores e senso de superioridade do réu”, continuou ele.

Publicidade

Williams observou que as diretrizes federais para os crimes de Bankman-Fried efetivamente pediam uma sentença de prisão perpétua de mais de 100 anos, mas que a recomendação de sentença do Departamento de Justiça é baseada especificamente na natureza da ofensa, suas circunstâncias e gravidade.

“Os crimes de Bankman-Fried foram graves e prolongados, causando bilhões de dólares em perdas e danos significativos a dezenas de milhares de vítimas financeira e emocionalmente”, disse Williams. “A pura enormidade da perda neste caso, e o fato de que a perda veio na forma de roubo do dinheiro das vítimas, coloca Bankman-Fried em uma categoria de réus onde sentenças de quarenta anos ou mais são apropriadas.”

*Traduzido com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
Antônio Neto Ais e Fabrícia Campos, casal que lidera a Braiscompany (Foto: Reprodução/Instagram)

Polícia Civil de SP pede prisão de donos da Braiscompany e mais dois funcionários

Antônio Neto Ais já está preso na Argentina, enquanto Fabrícia Campos está em liberdade condicional
Mão sugere bater mertelo da justiça- em um fundo escuro o logo Google

Google processa criadores de apps de criptomoedas que enganaram mais de 100 mil usuários

Segundo o Google, os réus contaram várias mentiras para conseguir disponibilizar os aplicativos enganosos no Google Play
Imagem da matéria: Metade dos tokens em pré-venda na Solana são golpes, diz pesquisa

Metade dos tokens em pré-venda na Solana são golpes, diz pesquisa

Golpistas estão se aproveitando da pré-vendas de tokens na rede Solana para enganarem usuários em plataformas como Telegram
Imagem da matéria: Conheça o dispositivo que pode guardar Bitcoin, jogar e ganhar airdrops enquanto você dorme

Conheça o dispositivo que pode guardar Bitcoin, jogar e ganhar airdrops enquanto você dorme

O BitBoy One, semelhante ao Game Boy, é um dispositivo portátil para permite jogar e armazenar Bitcoin