SBF da FTX no Congresso dos EUA
Criador da FTX, Sam Bankman-Fried no Congresso dos EUA (Foto: Reprodução)

O júri finalmente decidiu: Sam Bankman-Fried é culpado de fraudar milhares de investidores ao redor do mundo com o colapso da sua corretora de criptomoedas FTX. Ele foi considerado culpado de todas as sete acusações das quais era alvo, incluindo diferentes tipos de fraude e conspiração para cometer lavagem de dinheiro.

O veredito final do júri, composto por 12 pessoas, foi divulgado após pouco mais de quatro horas de deliberações na noite desta quinta-feira (2). Bankman-Fried, que até então se declarava inocente de todas as acusações, “ficou de pé e juntou as mãos” quando a decisão final foi lida no tribunal de Nova York, conforme reportou a Reuters.

Publicidade

Ainda não se sabe qual será a sentença final de Bankman-Fried, que está prevista para ser divulgada apenas em 28 de março de 2024, como revelou o juiz responsável pelo caso, Lewis Kaplan. O executivo enfrenta o risco de pegar uma sentença máxima de 115 anos de prisão.

De todo modo, a decisão de hoje confirma que Sam Bankman-Fried é culpado de ter cometido os seguintes crimes:

  • Conspiração para cometer fraude eletrônica contra clientes da FTX
  • Fraude eletrônica contra clientes da FTX
  • Conspiração para cometer fraude eletrônica contra credores da Alameda Research
  • Fraude eletrônica contra credores da Alameda Research
  • Conspiração para cometer fraudes de commodities
  • Conspiração para cometer fraudes de valores mobiliários
  • Conspiração para cometer lavagem de dinheiro

Como foi o julgamento de Bankman-Fried

Durante o julgamento de Bankman-Fried no Distrito Sul de Nova York, ele e sua equipe de defesa tentaram dissuadir o júri das acusações de que o ex-CEO orquestrou um amplo esquema para cometer fraudes e apropriação indébita de US$ 10 bilhões em fundos de clientes.

Os promotores afirmaram que ele roubou bilhões de dólares dos fundos dos clientes da FTX por meio de sua empresa de negociação Alameda Research. Ao mesmo tempo, Bankman-Fried foi acusado de mentir para os credores da Alameda e para os investidores e clientes da FTX. O júri ficou convencido que Sam era de fato culpado de todas as acusações que enfrentava.

Leia também: FTX: Tudo que você precisa saber sobre o julgamento de Sam Bankman-Fried

A decisão vem quase um ano após o colapso da FTX. A rápida implosão da exchange em novembro passado abalou os preços das criptomoedas, levando o Bitcoin a cair para cerca de US$ 15.750, enquanto causava um golpe na reputação da indústria cripto.

Publicidade

Membros-chave do círculo interno de Bankman-Fried testemunharam contra ele durante o julgamento. O cofundador da FTX, Gary Wang, a ex-CEO da Alameda, Caroline Ellison, e o ex-chefe de engenharia da FTX, Nishad Singh, todos disseram que cometeram crimes a pedido de Bankman-Fried.

Os insiders da FTX se declararam culpados e esperam que sua cooperação na investigação do governo lhes renda leniência nas sentenças que enfrentam pelas acusações. Wang pode enfrentar uma sentença máxima de 50 anos, Ellison 110 anos e Singh 75 anos de prisão.

Bankman-Fried testemunhou durante o julgamento, falando extensamente sobre como não cometeu fraude ao responder às perguntas de seu advogado, Mark Cohen, do Cohen & Gresser, enquanto tentava afastar a culpa pelo colapso da FTX.

Mas ele disse que não conseguia se lembrar de detalhes sobre seu tempo à frente da FTX pelo menos 140 vezes durante o interrogatório do governo, de acordo com os promotores. Ele também disse que não se lembrava se alguma vez afirmou que sua empresa agora falida estava segura.

Publicidade

No auge da influência de Bankman-Fried, o jovem de 31 anos era comparado a Warren Buffet e John Pierpont Morgan. Afinal, ele fez um grande alarde ao salvar empresas de criptomoedas em dificuldades à medida que a indústria enfrentava pressões no verão passado.

No entanto, à medida que seu julgamento se aproximava, ele passou a ser comparado a fraudadores condenados como Bernie Madoff e Elizabeth Holmes.

O impacto do colapso da FTX foi sentido em toda a indústria de criptomoedas. Mas os promotores federais disseram que os crimes de Bankman-Fried tinham pouco a ver com a tecnologia em si durante os argumentos de encerramento na quarta-feira.

“​​Isso não se trata de questões complicadas de criptomoeda. Não se trata de hedge. Não se trata de jargão técnico”, disse o Procurador dos EUA, Nicolas Roos. “É sobre engano, é sobre mentiras, é sobre roubo, é sobre ganância.”

* Com informações do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
Moedas de bitcoin sob mesa escura com sigal ETF

ETFs de Bitcoin têm entrada de US$ 303 mi, impulsionados por Fidelity e Grayscale

Os fluxos de entrada de ETFs de Bitcoin à vista nos EUA atingiram uma alta de US$ 303 milhões em duas semanas, já que o preço do Bitcoin ultrapassou US$ 66 mil
hackers em frente a computadores

Exchange de criptomoedas Rain perde US$ 14,8 milhões em ataque hacker

A exchange disse que já tomou as medidas necessárias e que todas as sua atividades estão funcionando normalmente, inclusive saques
Imagem da matéria: As criptomoedas estão se tornando políticas – e a Consensys quer ficar fora disso

As criptomoedas estão se tornando políticas – e a Consensys quer ficar fora disso

Enquanto outras empresas gastam milhões em candidatos pró-cripto, Joe Lubin diz ao Decrypt que a Consensys resistiu ao impulso
Imagem da matéria: Aprovação hoje dos ETFs de Ethereum é "provável", dizem fontes próximas à SEC

Aprovação hoje dos ETFs de Ethereum é “provável”, dizem fontes próximas à SEC

Fontes disseram à Fox Business que a SEC está se baseando em decisões judiciais recentes para dar o sinal verde aos ETFs de Ethereum