Pessoa tocando tela com nome DEFI
Foto: Shutterstock

Diversos tokens de Finanças Descentralizadas (ou DeFi, na sigla em inglês), incluindo RUNE, do Thorchain, SNX, do Synthetix, registraram prejuízos na casa das dezenas nas últimas 24 horas.

RUNE, que atingiu uma alta de US$ 12,90 nos últimos quatro meses, esteve em queda desde então, despencando quase 13% no último dia.

Publicidade

Conforme demonstram dados do CoinMarketCap, nesta quarta-feira (6), RUNE recuou para US$ 9,77.

RUNE serve de alicerce para Thorchain, uma plataforma de conexão entre blockchains (ou “cross-chain”) desenvolvida na Cosmos que permite que usuários convertam criptomoedas de diferentes redes sem precisarem de intermediários centralizados.

Em março, o Thorchain apresentou diversos novos recursos, incluindo o acréscimo de ativos sintéticos, permitindo que usuários criem versões derivativas de outras criptomoedas populares, como bitcoin (BTC) e ether (ETH).

O acréscimo de ativos sintéticos, que registraram um volume negociado de US$ 39,25 milhões nas últimas 24 horas na corretora descentralizada (ou DEX) Thorswap, pode ter contribuído para o recente aumento no preço do RUNE. No entanto, agora, o token está entrando em uma zona perigosa e corre o risco de cair ainda mais.

Os principais tokens DeFi

SNX, o token nativo do Synthetix, um protocolo de liquidez para derivativos que permite que usuários negociem versões sintéticas de ações, moedas, commodities e índices, caiu 15%, precificado a US$ 5,69, de acordo com o CoinMarketCap. Esse é o valor mais baixo registrado por SNX desde março.

Publicidade

Nos próximos dias, Synthetix irá acrescentar cerca de oito novos ativos ao seu mercado de futuros, incluindo Solana (SOL), Avalanche (AVAX), Polygon (MATIC), AAVE e Uniswap (UNI).

No entanto, ainda veremos qual efeito esses acréscimos terão no token SNX.

AAVE, o token de governança do protocolo descentralizado de empréstimos Aave, caiu 10% e está sendo negociado a US$ 203 neste momento, de acordo com o CoinMarketCap.

Em março, o protocolo passou por uma enorme atualização com a apresentação da terceira versão (ou V3) do Aave, que acrescentou diversas novas funcionalidades, soluções de escalabilidade e custos reduzidos de gas.

A atualização impulsionou o preço do Aave para níveis não registrados desde o início de janeiro à medida que o token disparou para US$ 259 na última sexta-feira (1º).

Publicidade

Porém, agora, parece que as fortunas estão passando por uma reviravolta. O bitcoin caiu 4,4%, sendo negociado em US$ 44,2 mil, enquanto ether despencou 6%, precificado em US$ 3,2 mil.

*Traduzido por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

Talvez você queira ler
Mão operando um hologrma

Os reguladores já estão entendendo o valor da tokenização! E você? | Opinião

A tokenização surge como protagonista no atual cenário, e a CVM já expressou sua visão sobre esse fenômeno, sinalizando uma compreensão além da simples digitalização de ativos
Imagem da matéria: Veja 12 criptomoedas “baratas” para comprar nesta Black Friday

Veja 12 criptomoedas “baratas” para comprar nesta Black Friday

O Portal do Bitcoin conversou com analistas para identificar quais criptomoedas representam boas oportunidades de investimento neste momento
Moedas de bitcoin sob mesa escura com sigal ETF

Fundos de criptomoedas recebem maior entrada de investimentos em dois anos

Na semana passada, gestoras como Bitwise, Grayscale e ProShares viram a entrada de US$ 346 milhões, o dobro da semana anterior
Imagem da matéria: Standard Chartered prevê qual preço o Bitcoin vai bater em 2024

Standard Chartered prevê qual preço o Bitcoin vai bater em 2024

O banco multinacional britânico voltou à sua posição de alta em relação ao Bitcoin à medida que mais sinais se tornam verdes