Imagem da matéria: Por que o Bitcoin não para de cair na visão destes três especialistas
(Foto: Shutterstock)

As liquidações de investidores avessos ao risco parecem estar no centro da reposta para a pergunta: “Por que o Bitcoin despencou dessa vez?”. A principal criptomoeda do mercado opera em queda de 9,49% na tarde desta sexta-feira (21).

O Portal do Bitcoin conversou com especialistas para tentar entender o que está motivando essa desvalorização. Alguns pontos são citados por diferentes pessoas: aversão ao risco, players não acostumados com a volatilidade do mercado cripto, alta de juros e inflação.

Publicidade

“Estamos vendo esse movimento no mercado de criptoativos muito em linha com essa liquidação de contratos futuros. Foram mais de US$ 500 milhões de dólares liquidados nas últimas 24 horas e isso acaba derrubando o preço à vista”, afirma Henrique Teixeira, country manager da Ripio no Brasil.

O executivo elencou as razões para as quedas tanto da primeira semana do ano como dessa sexta (21): alta de juros e inflação, tornando os investimentos em renda fixa mais atrativos.

“Prefiro ficar de pijama em casa e ter o meu recurso investido num produto de menor risco, já que a taxa de juros está maior. Vemos essa migração ocorrendo não só aqui no Brasil, mas em vários países do mundo e também nas bolsas de valores.”

Compradores que não entendem

Para o analista Marcel Pechman, o Bitcoin deu azar do ETF ter sido aprovado justamente num momento que o FED começou a colocar temor no mercado dizendo que vai aumentar juros.

Publicidade

“Infelizmente, muita gente entrou no oba-oba do ETF e deu azar, é assim mesmo. Quem entra sem entender o que está comprando acaba capitulando na primeira queda de 30% a 60%, e é isso que está acontecendo”, afirma.

Pechman lembra que entre o período de 11 de novembro e 5 de janeiro o índice de ações MSCI China caiu 15%, seu menor nível desde maio de 2020. “Isso não ocorreu no Bitcoin, por exemplo, estamos 337% acima daquela data”, ressalta.

O analista faz um diagnóstico mais amplo do momento. “Quando você injeta US$ 12 trilhões em 18 meses [se referindo aos pacotes de estímulos dos EUA durante a pandemia], isso supera qualquer esforço ou impacto de oferta-demanda, em todos os ativos. Estamos falando de aumentar a base monetária em 40%, portanto qualquer outro número desaparece perto disso: a receita das empresas de vacina nos últimos 18 meses foi de US$ 0,5 trilhão. Portanto, quando você joga os juros reais no mundo todo para negativo, incentivando as empresas a se alavancarem, distorce absolutamente tudo. Basta olhar o gráfico do Bitcoin em comparação ao milho, ou às ações de empresas S&P500 contra os imóveis nos EUA: tudo andando em sincronia”.

Ano Novo Chinês

Para Fabrício Tota, diretor de novo negócios do Mercado Bitcoin, a queda ainda é uma extensão da tendência de aversão a risco, que é verificada não só no mercado cripto, mas em outros setores também.

Publicidade

“Essa especificamente foi puxada pela Ásia e foi bastante expressiva e talvez tenha mais espaço para queda. Nada muda no racional de longo prazo, mas este curto prazo teremos um momento mais nervoso”, afirma.

O executivo ressalta que haverá menos volume no mercado, pois está chegando o Ano Novo Chinês, que é o principal feriado do país, e isso afeta as negociações negativamente. “Em termos de capital a China é muito relevante no universo cripto, mesmo com as proibições”.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Herdeiro paga R$ 2,2 milhões em Bitcoin para resgatar vítima de sequestro em Petrópolis, mas é enganado

Herdeiro paga R$ 2,2 milhões em Bitcoin para resgatar vítima de sequestro em Petrópolis, mas é enganado

Ao todo, vítima gastou quase R$ 5 milhões nos pagamentos: além do envio de Bitcoin, foram 40 depósitos bancários
Craig Wright posa para foto

Craig Wright mentiu “extensiva e repetidamente” sobre ser o criador do Bitcoin, diz juiz

“As tentativas do Dr. Wright de provar que ele era/é Satoshi Nakamoto representam um abuso muito sério do processo deste tribunal”, disse o juiz
Tela de celular mostra logotipo Drex- no fundo notas de cem reais

Banco Central adia Drex para realizar novos de testes de privacidade

BC explica que primeira fase de testes foi focada em elementos de privacidade, mas as soluções encontradas “ainda não estão maduras”
Imagem da matéria: Ripple anuncia programa contínuo de bolsas em dinheiro para programadores do Brasil

Ripple anuncia programa contínuo de bolsas em dinheiro para programadores do Brasil

Meta é que comunidade de programadores crie soluções na XRP Ledger, blockchain usada pela empresa e que tem o token nativo XRP