SBF da FTX no Congresso dos EUA
Criador da FTX, Sam Bankman-Fried no Congresso dos EUA (Foto: Reprodução)

Em uma quinta-feira (28) chuvosa na cidade de Nova York, a saga de Sam Bankman-Fried chegou ao fim — pelo menos por enquanto.

O juiz distrital dos EUA, Lewis Kaplan, condenou o cofundador e ex-CEO da FTX a 25 anos de prisão, com três anos de liberdade supervisionada e o confisco de mais de US$ 11 bilhões em ganhos ilícitos. Os advogados de Sam Bankman-Fried disseram que pretendem recorrer.

Publicidade

A audiência em que Kaplan pronunciou sua sentença, no entanto, não foi uma formalidade de 15 minutos. Possivelmente, ela começou na noite anterior, quando Richard Partington III, um professor de meio período de 42 anos de Long Island, tornou-se o primeiro membro do público a fazer fila no escuro para assistir ao resultado da acusação bem-sucedida do governo contra Sam Bankman-Fried. 

Acrescente o influenciador de criptomoedas Ben “BitBoy” Armstrong, a declaração de uma vítima que fugiu do controle, um Bankman-Fried discretamente desafiador e a condenação comedida de Kaplan ao ex-CEO da FTX, e a audiência de quinta-feira foi um final adequado para um julgamento que já teve seu quinhão de revelações bombásticas.

Do lado de fora do tribunal

Parte da minoria de não-jornalistas que fez fila para conseguir um lugar na sala principal do tribunal, Partington III começou a acampar embaixo do toldo do tribunal de Nova York às 20h30.

“Ouvimos falar muito de pessoas como essa”, disse ele em uma entrevista ao Decrypt, referindo-se a Sam Bankman-Fried, “e é difícil saber com as notícias se as coisas são verdadeiras ou não”. Foi por isso que ele compareceu ao julgamento em novembro, disse ele, e por isso decidiu ir à sentença.

Publicidade

Ele não foi o único membro do público a fazer fila na chuva. Uma mãe, um pai e seu filho de 15 anos viajaram de fora de Boston. A sentença de Sam Bankman-Fried foi uma “boa oportunidade de educação” para seu filho adolescente, disse a mãe, Ann Guo, 48 anos. Havia também estudantes de direito, um documentarista, um investidor cripto e, é claro, um grupo de jornalistas.

Até mesmo Ben “BitBoy” Armstrong, o influenciador de criptoativos envolvido em disputas legais contínuas, voou de Atlanta, Geórgia, para visitar mais um tribunal. “Não queremos ver essas exchanges”, disse ele sobre a FTX. “Não queremos ver a distorção das regras das [DeFi] finanças tradicionais chegando às criptomoedas.”

“Isso foi, em parte, culpa minha

No meio da manhã, a audiência de Sam Bankman-Fried começou. Seus pais, Joseph Allan Bankman e Barbara Fried, sentaram-se na frente da sala do tribunal e observaram o filho entrar, com suas algemas tilintando no silêncio.

O juiz Kaplan começou emitindo decisões legais e, em seguida, Sunil Kavuri,  uma vítima da FTX do Reino Unido, dirigiu-se ao tribunal. “Eu vivi o pesadelo da FTX por dois anos”, disse ele, detalhando como o colapso da exchange lhe custou as economias reservadas para uma futura casa e para a educação de seus filhos.

Publicidade

No entanto, sua declaração de vítima saiu fora do controle depois que ele se concentrou apenas no processo de falência da FTX e na decisão do espólio de devolver os fundos aos clientes no valor em dólares que seus ativos digitais valiam quando a exchange entrou em colapso — e não em seu valor atual. “Acho que seria útil encerrar sua declaração”, disse Kaplan, que acabou perdendo a paciência.

Depois que o advogado de Bankman-Fried defendeu uma sentença menor para o juiz — ele disse que seu cliente era “um belo quebra-cabeça” —, então, o ex-menino das criptomoedas se dirigiu ao juiz.

“No final das contas, eu falhei com todos”, disse Bankman-Fried, vestindo uma camisa folgada da prisão. Ele continuou, mas repetidamente qualificou sua responsabilidade. Ele disse que as vítimas da FTX deveriam ter sido pagas integralmente, mas nunca foram: “Isso foi, em parte, culpa minha”.

E ele defendeu tacitamente a mensagem de texto que enviou a Ryne Miller, ex-advogado geral da FTX e testemunha de acusação, na qual disse que “realmente adoraria se reconectar e ver se há uma maneira de termos um relacionamento construtivo”.

Ele terminou seu discurso para Kaplan dizendo que “no final das contas, há um lado positivo” de que as vítimas da FTX podem ser reembolsadas. (Em uma carta ao juiz, John Jay Ray III, o atual CEO do patrimônio da FTX, disse que o reembolso total não é uma conclusão precipitada).

Publicidade

Juiz repreende Sam Bankman-Fried

Quase no final da audiência, Kaplan se dirigiu a Sam Bankman-Fried e disse que o ex-CEO “nunca teve uma palavra de remorso por ter cometido os crimes que cometeu”.

Referindo-se repetidamente ao testemunho de Caroline Ellison, ex-CEO do fundo de hedge de criptomoedas, Alameda Trading, (empresa irmã da FTX) e ex-namorada de Bankman-Fried, Kaplan disse que, em vez de se arrepender de seus crimes, o ex-CEO demonstrou que “lamenta ter feito uma aposta muito ruim sobre ser pego”.

Kaplan acrescentou que documentou pelo menos três momentos em que Bankman-Fried cometeu perjúrio durante seu julgamento. “Nunca vi um desempenho como esse”, disse ele sobre o tempo em que o cofundador da FTX esteve no banco das testemunhas.

Ele leu a sentença. O pai de Sam Bankman-Fried apoiou sua cabeça entre as pernas e sua mãe baixou os olhos. A sala do tribunal foi esvaziada logo depois, antes do meio-dia.

*Traduzido por Gustavo Martins com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
hamster kombat jogo telegram

Hamster Kombat: Veja o Daily Combo e Cipher Code desta quinta (18)

Procurando o combo diário e o código cifrado de quinta-feira, 18 de julho? Aqui está o que você precisa para ganhar moedas no jogo Hamster Kombat do Telegram
Sunny Pires

Surfista brasileiro patrocinado por comunidade Web3 lança documentário no Woohoo

Patrocinado pela comunidade Web3 Nouns, Sunny desbravou o vulcão Cerro Negro, um dos mais ativos da Nicarágua
Fachada da Braiscompany em Campina Grande PB- Portal do Bitcoin

Justiça irá leiloar imóveis de operador financeiro da pirâmide Braiscompany

Imóveis são de  Joel Ferreira de Souza, que segundo o MPF auxiliava a Braiscompany a trocar criptomoedas por dinheiro fiduciário
Imagem da matéria: ETFs de Ethereum podem finalmente estrear semana que vem

ETFs de Ethereum podem finalmente estrear semana que vem

A SEC orientou as gestoras a enviar declarações de registro finalizadas para lançamento dos ETFs na próxima terça, 23 de julho