Imagem da matéria: Polícia da Ucrânia encontra milhares de PlayStations minerando criptomoedas
Fazenda de mineração formada por PlayStations (Fonte: Serviço de Segurança da Ucrânia (SSU))

Durante uma operação especial na quinta-feira (8), a polícia da Ucrânia apreendeu milhares PlayStations usados para minerar criptomoedas em uma fazenda de mineração ilegal.

De acordo com a nota oficial publicada pelo Serviço de Segurança da Ucrânia (SSU), essa foi a maior apreensão do tipo na história do país. Ao todo, foram 5.000 equipamentos confiscados, sendo 3.800 PlayStations, 500 GPUs, além de 50 CPUs, pen drives, documentos e telefones.

Publicidade

A mineração de criptomoedas em equipamentos incomuns não são raras na comunidade — já conseguiram minerar bitcoin até mesmo em um Game Boy de 1989

No início do ano, ganhou destaque na imprensa o boato de que um chinês que havia conseguido hackear seu PlayStation 5 para minerar Ethereum (ETH). No entanto, a história não era verdadeira.

As imagens da fazenda de mineração com milhares de PlayStations em um galpão na Ucrânia, no entanto, sugerem que a mineração através do videogame não seja impossível afinal de contas. 

As autoridades ucranianas não especificaram que criptomoeda era minerada no local, nem quais tipos de alterações os videogames tiveram que passar para suportar a atividade. 

Publicidade

A fazenda foi encontrada na cidade de Vinnitsa e estava localizada em um galpão de serviço na própria sede da empresa fornecedora de eletricidade da região, chamada Vinnytsiaoblenergo.

Os equipamentos estavam conectados de forma ilegal  à rede elétrica da cidade e, segundo as autoridades, possivelmente os funcionários da empresa estão envolvidos no esquema ilegal de roubo de energia. “Blocos inteiros de Vinnitsa poderiam ter ficado sem luz”, diz a nota.

A estimativa é que o consumo de energia da fazenda ilegal de PlayStations deu um prejuízo de US$ 250 mil por mês para a empresa.

Apesar da operação de hoje, a mineração legal de criptomoedas é vista com bons olhos pelo governo da Ucrânia. No início do ano, o Ministério da Energia discutiu o possível uso de energia nuclear para construir um centro de mineração de bitcoin no país.

Publicidade

O CEO da Hotmine, a fabricante de mineradoras de bitcoin que está em diálogo com o governo local, chegou a dizer na ocasião que toda a energia nuclear disponível na Ucrânia poderia tornar o país um dos líderes mundiais no setor de mineração.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin se estabiliza acima de US$ 67 mil; Ethereum atinge US$ 3 mil em semana decisiva para ETFs

Manhã Cripto: Bitcoin se estabiliza acima de US$ 67 mil; Ethereum atinge US$ 3 mil em semana decisiva para ETFs

A semana promete ser agitada à medida que chega o prazo final para a SEC decidir se aprova ou rejeita o lançamento de ETFs de Ethereum à vista
Imagem da matéria: Bitcoin sobe mais de 3% após dado de inflação dos EUA cair em abril

Bitcoin sobe mais de 3% após dado de inflação dos EUA cair em abril

Bitcoin, Ethereum e outras criptomoedas sobem nesta quarta-feira após o relatório do CPI dos EUA mostrar que os preços subiram mais lentamente que o esperado
Hacker com capuz sorri no escuro

“Fizemos besteira”: Gala Games confirma hack de de R$ 1,2 bilhão

Um invasor usou um exploit para cunhar e roubar 5 bilhões de tokens da Gala Games (GALA)
Pessoa olha para scanner da Worldcoin

Hong Kong bane Worldcoin por coleta de dados “desnecessária e excessiva”

A Worldcoin chegou a escanear o rosto e a íris de 8.302 indivíduos durante sua operação em Hong Kong, segundo autoridades