Policia China - Divulgação
Policia da China também apreendeu bolos de dinheiro da quadrilha (Foto: Divulgação)

A Polícia de Tongliao, cidade do leste da Mongólia Interior, na China, prendeu 63 pessoas acusadas de lavar cerca de R$ 9 bilhões em criptomoedas (12 bilhões de yuans) de origem ilícita. Segundo nota do Departamento de Segurança Pública, o dinheiro lavado pela organização criminosa era oriundo de fraudes, pirâmides financeiras e jogos de azar.

O esquema funcionava através de recrutamento de pessoas da China que possuíam contas em corretoras cripto, pelo menos desde maio de 2021. Elas eram persuadidas a transacionar criptomoedas do grupo criminoso recebendo uma comissão como recompensa. A seleção das contas era feita pelo Telegram, app de troca de mensagens proibido no país asiático.

Publicidade

A gangue usou várias contas diferentes de negociação de criptomoedas para converter o dinheiro de volta em yuan, usando principalmente a stablecoin Tether (USDT), por ser atrelada ao dólar que não causaria prejuízo nas cotações.

Segundo o comunicado do órgão, o Departamento de Segurança Pública foi alertado quando percebeu que um dos suspeitos tinha um volume de transações mensais de 10 milhões de yuans em sua conta bancária, o que dá cerca de R$ 7,6 milhões. 

Como resultado da operação, as autoridades disseram que mais de 130 milhões de yuans (cerca de R$ 99 milhões) foram confiscados da quadrilha, sendo 32 milhões de yuans em dinheiro, 18 milhões stablecoins, 75 milhões em criptomoedas e 5 milhões em outros fundos.

O caso destaca que, mesmo após as tentativas do governo chinês de acabar com as atividades relacionadas ao uso de criptomoedas no país, banindo inclusiva a atividade de mineração, ainda há uma grande quantidade de ativos virtuais correndo pelo país.

Publicidade

Segundo a CNBC, a polícia chinesa prendeu no ano passado mais de 1.1 mil pessoas suspeitas de lavagem de dinheiro por meio de criptomoedas.

Participe da comunidade de criptomoedas que mais cresce no Brasil. Clique aqui e venha conversar no Discord com os principais especialistas do país.

VOCÊ PODE GOSTAR
smartphone mostra logotipo da corretora de criptomoedas Crypto.com

Crypto.com adia lançamento na Coreia do Sul após visita inesperada de reguladores à sede

Um funcionário da agência reguladora expressou preocupações em relação às medidas de prevenção à lavagem de dinheiro da Crypto.com
predio com logo da corretora binance

Binance desiste de registro em Portugal e pode voltar à Índia com multa de US$ 2 milhões

Em Portugal, a empresa não conseguiu dar conta de uma série de pressupostos essenciais para o licenciamento da operação a nível nacional, diz mídia local
barras de ouro

Tensão entre Irã e Israel faz token lastreado em ouro ser negociado com prêmio de 20%

Comentários de um porta-voz da Paxos indicam que a PAXG pode ser usada também para avaliar o pânico do mercado
Imagem da matéria: Trader que roubou US$ 110 mi da plataforma DeFi Mango Markets é considerado culpado

Trader que roubou US$ 110 mi da plataforma DeFi Mango Markets é considerado culpado

Avraham Eisenberg foi considerado culpado de manipular a plataforma Solana DeFi Mango Markets em 2022 e fugir dos EUA com os fundos