“Perdi US$ 1 milhão na mesma semana que o ganhei pela primeira vez”, conta trader de Wall Street

“Perdi US$ 1 milhão na mesma semana que o ganhei pela primeira vez”, conta trader de Wall Street
Foto: Shutterstock

O diretor de investimentos Jeff Dorman compartilhou uma de suas experiências no mercado financeiro, quando perdeu mais de US$ 1 milhão pela primeira vez em Wall Street.

Dorman, que descreveu o fato ocorrido em plena crise de 2008 em um artigo no Coindesk, deixou o seguinte alerta: o gerenciamento de riscos é algo que não se pode esquecer. 



Para elucidar, ele citou uma precaução peculiar dos pais, que é alertar o filho ou a filha que ao atravessar a rua deve-se antes conferir os dois lados da pista.

Conforme descreveu, um certo dia ele teve que agir rapidamente segurando o guidão da bicicleta do filho que iria atravessar a rua sem verificar se algum carro estava vindo.

No entanto, a falha, relatou, foi mais dele mesmo, que antes de sair de casa, esqueceu-se daquele risco e deveria ter alertado seu filho antes mesmo de irem para a rua.

Operando em Wall Street 

Conforme relatou Dorman, que hoje trabalha como diretor na empresa de investimentos Arca, de Nova York, na crise de 2008 ele trabalhava com títulos corporativos no banco Merrill Lynch, subsidiária do Bank of America.

Segundo ele, negociar em Wall Street na época era bom, apenas à base do ‘call option’, mas confessa que era péssimo no gerenciamento de riscos.



“Os tempos eram bons. Não havia limites para o tamanho da minha carteira de negociação, desde que eu ganhasse dinheiro e nada aparecesse em meus relatórios de risco que levassem a sinais vermelhos”, disse.

Ações de Donald Trump

“A primeira vez que eu perdi US$ 1 milhão aconteceu na mesma semana em que ganhei US$ 1 milhão pela primeira vez”, revelou Dorman.

De acordo com o relato, Dorman ficou bastante tempo mantendo ações da Trump Entertainment, uma das empresas de Donald Trump. Segundo ele, na ocasião, havia rumores de que Trump iria negociar um dos seus cassinos.

Com a venda, Dorman acreditou que sairia ganhando. Isso porque o caixa gerado com a venda levaria a um refinanciamento dos títulos a um preço maior.

No entanto, relatou, as receitas em Atlantic City — onde fica a Trump Entertainment — estavam se deteriorando rapidamente. Os títulos foram classificados como ‘CCC’ e, segundo ele, muitos fundos hedge resolveram não comprar.

Manhã de glória em Wall Street

Ele disse que acordou numa manhã com sua tese em destaque na TV. O The Wall Street Journal havia anunciado a provável venda do cassino.

“Os títulos que eu possuía saltaram 5 pontos naquele dia para, 104% do valor nominal. Eu tinha US$ 32 milhões em títulos e acabara de obter mais de US$ 1,4 milhão em lucros”, narrou.

Conforme relatou, a tacada certa chamou a atenção de outros operadores para sua mesa. Mas o que mais o chamou a atenção naquele dia foi a fala de um investidor com mais de 20 anos de experiência.

Segundo ele, a pessoa se inclinou e disse: “A questão não é ‘Você estava certo ou errado?’ A pergunta é “Você deveria ter possuído tantos títulos em primeiro lugar?”, contou.

Reviravolta

Dorman relata que na ocasião não ficou pensando muito naquilo que o homem lhe disse — ele acabava de ganhar US$ 1,4 milhão. Mas hoje ele diz que pensa naquela frase todos os dias.

“Apesar de vender alguns dos títulos naquele dia, não vendi o suficiente. No final da semana veio a notícia de que a venda do casino fracassou e meus títulos caíram aproximadamente 10 pontos. Perdi quase US$ 2 milhões”, explicou.

Como resultado, ele disse que ao longo da semana sua carteira seguiu sem muita novidade, aceitou uma tonelada de volatilidade desnecessária e perdeu muito sono. “Sem motivo”, concluiu.

Risco no mercado de criptomoedas

Jeff Dorman confessa que até hoje consulta aquele investidor, que o alertou há mais de uma década. Ele diz que aplica gerenciamento de risco em todas as decisões.

Sobre o mercado de criptomoedas, ele disse que entrou no setor em 2017 e que conheceu muitas pessoas aparentemente inteligentes, que se gabavam de seus investimentos.

“Parecia que muitas pessoas descobriram como comprar e vender na blockchain, mas não estava evidente se elas haviam descoberto como gerenciar riscos.

“Olhando para trás, está claro que existem muitos negociadores e investidores muito inteligentes, motivados e talentosos no mundo, inclusive no mercado de criptomoedas. No entanto, simplesmente não existem muitos gerentes de risco talentosos”.

“Pode levar apenas 20 dias para aprender a negociar e 20 meses para aprender a analisar investimentos; mas leva 20 anos — e contando —  para aprender a gerenciar riscos”, concluiu.


BitcoinTrade: Depósitos aprovados em minutos!

Cadastre-se agora! Eleita a melhor corretora do Brasil. Segurança, Liquidez e Agilidade. Não perca mais tempo, complete seu cadastro em menos de 5 minutos! Acesse: bitcointrade.com.br