Fazenda de Mineração de criptomoedas Salto del Guairá Paraguai -ANDE
Foto: Divulgação/ANDE

A Agência Nacional de Eletricidade do Paraguai (ANDE), afirmou na última terça-feira (21) que uma fazenda de mineração de criptomoedas que operava irregularmente em Salto del Guairá, município de Canindeyú, foi localizada graças a um sistema baseado em inteligência artificial (IA) que mede a tensão de redes elétricas.

De acordo com um post no X da ANDE, o sistema funciona com um software de IA com um sistema de distribuição baseado na tecnologia SCADA, que permitiram identificar “variações importantes na carga das redes elétricas”, o que levou à identificação e verificação da área suspeita por técnicos.

Publicidade

Durante a operação, conduzida pelo Ministério Público, agentes da Polícia Nacional do Paraguai e funcionários da ANDE, foram apreendidas 176 ASICs, equipamentos específicos para mineração de Bitcoin, que posteriormente foram encaminhadas para a sede do MP em Saltos de Guairá.

Outros dois equipamentos — transformadores elétricos de 1.000 volts — foram deixados no local para servirem como prova de furto de energia elétrica.

O governo do Paraguai vem batendo forte nos mineradores de criptomoedas sem licença porque permite o registro entidades do setor —várias empresas de mineração já possuem autorização para operar, pagando as taxas correspondentes, como a tarifa de US$ 65 mil por garantia para cada megawatt que utilizam em suas operações.

O governo do Paraguai vem reprimindo rigorosamente os mineradores de criptomoedas sem licença para operar na região. Por conta da energia barata, várias empresas de mineração já possuem autorização para atuar no país e pagam as taxas correspondentes, como a tarifa de US$ 65 mil por garantia para cada megawatt que utilizam em suas operações.

Publicidade

Dois dias antes da intervenção em Salto del Guairá, as autoridades agiram na cidade de Sapucai, Departamento Paraguarí, onde 396 máquinas de mineração de criptomoedas foram apreendidas. A propriedade, cuja infraestrutura foi avaliada em cerca de US$ 1,5 milhão, pertence ao ex-deputado paraguaio Miguel Cuevas.

Segundo apurou o site Criptonoticias, com base nas mais de 50 intervenções da ANDE realizadas desde o início de 2024, o governo apreendeu mais de 6.000 equipamentos.

Projeto de lei no Paraguai

No início do mês passado, 14 senadores apresentaram um projeto de lei que visa proibir de forma temporária praticamente tudo o que está relacionado ao mercado cripto no Paraguai, proibindo “a criação, conservação, armazenamento e comercialização de ativos virtuais ou criptoativos, criptomoedas e a instalação de fazendas de mineração de criptomoedas em território paraguaio”.

Portanto, até mesmo a compra de Bitcoin seria considerada ilegal no país dentro do período previsto de 180 dias, ou até que seja decretada uma lei que regule o setor cripto.

Publicidade

O projeto de lei foi enviado a três comissões do Senado para avaliação e deliberação — dentre elas a Comissão de Energia e Meio Ambiente.

VOCÊ PODE GOSTAR
Gary Gensler SEC in GOP Financial Services-Reprodução-Youtube

Presidente da SEC é questionado sobre ETFs de Bonk após aprovação de fundos de ETH

O presidente da SEC, Gary Gensler, adotou uma abordagem menos hostil em relação às criptomoedas em uma nova entrevista e foi questionado sobre o que vem a seguir
notcoin jogo cripto telegram

Notcoin dispara 50% em 24 horas e fica em 4º lugar em volume negociado

Menos de um mês após seu lançamento, o Notcoin já superou US$ 2 bilhões de valor de mercado e se aproxima do grupo das 50 maiores criptomoedas do mundo
Changpeng "CZ" Zhao, CEO da Binance

Fundador da Binance, Changpeng Zhao começa a cumprir pena nos EUA

Changpeng “CZ” Zhao foi condenado a 4 meses de prisão por não implementar medidas de prevenção à lavagem de dinheiro na corretora
celular com logo GameStop com fundo azul

Roaring Kitty reaparece e ações da Gamestop e token GME disparam de preço

Na noite domingo (2), as ações NYSE:GME subiram 19% enquanto a memecoin GME disparou mais de 200%