Imagem da matéria: Paraguai terá nova mineradora de Bitcoin que vai usar energia de Itaipu
Foto: Shutterstock

Bitfarms, gigante canadense de mineração de Bitcoin, anunciou nesta quarta-feira (19) a expansão de suas operações de mineração no Paraguai, país da América Latina que atrai mineradores pelo baixo custo de energia elétrica.

A mineradora informou em nota que adquiriu dois contratos de compra de energia (PPA, na sigla em inglês) no Paraguai que renderão até 150 megawatts (MW) de energia hidrelétrica ecológica, que serão usadas para a mineração da criptomoeda líder do mercado.

Publicidade

Segundo a Bitforms, até 100 MW virão de Yguazu, um novo local próximo à barragem de Itaipu, a terceira maior hidrelétrica do mundo que fica na divisa do Brasil com o Paraguai. Os 50 MW restantes virão de Villarrica, próximo às operações já existentes da Bitfarms no Paraguai.

O CEO da Bitfarms, Geoff Morphy, disse em nota que a empresa está buscando aumentar suas operações à medida que se aproxima do halving do Bitcoin — atualização programada para cortar a emissão de BTC pela metade, prevista para acontecer na metade de 2024.

“À medida que nos aproximamos do próximo halving, estamos alavancando nossa experiência em design de fazendas e aproveitando nossa experiência operacional para ampliar nossa presença geográfica e otimizar recursos globais de energia subutilizados”, disse Morphy.

De olho no Paraguai

O executivo aponta que o Paraguai tem acesso a uma “abundância de energia renovável excedente que garantem contratos de energia sustentável valiosos”, e ampliam a posição da Bitfarms em um país “rico em recursos”.

Publicidade

A construção da nova operação em Villarrica está programada para começar no terceiro trimestre de 2023, e vai constituir na criação de uma subestação seguida por uma segunda instalação de mineração. 

Já em Yguazu, a Bitfarms vai desenvolver uma nova fazenda de mineração com capacidade de gerar até 100 MW. O cronograma desse empreendimento ainda está sendo definido. 

Na estimativa da Bitfarms, a energia hidrelétrica em ambos os locais será fornecida a um custo contratado de aproximadamente 3,9 centavos de dólar por kWh, antes do IVA (Imposto sobre o Valor Acrescentado), e não está sujeita a ajustes inflacionários anuais.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Fundador do Telegram diz que manterá seus tokens do Notcoin até multiplicarem por 100

Fundador do Telegram diz que manterá seus tokens do Notcoin até multiplicarem por 100

Pavel Durov detém 1% do maior token de jogo deste ano, doado pelos jogadores. E ele não está vendendo seus Notcoin – não agora, pelo menos
Imagem da matéria: O poder dos RWA: executivo explica por que faz sentido tokenizar ativos do mundo real

O poder dos RWA: executivo explica por que faz sentido tokenizar ativos do mundo real

Fabrício Tota, diretor do MB, discutiu no Ethereum Rio como empresas podem tirar o máximo proveito da tecnologia blockchain através da tokenização
Imagem da matéria: "Centavo épico" de Bitcoin é usado para inscrever música da Grimes gerada por IA

“Centavo épico” de Bitcoin é usado para inscrever música da Grimes gerada por IA

Ordinals com uma música gerada por IA da Grimes foi inscrito num satoshi “épico” de Bitcoin avaliado em mais de R$ 10 milhões
Imagem da matéria: Hacker se arrepende e planeja devolver R$ 365 milhões roubados de investidor de Bitcoin

Hacker se arrepende e planeja devolver R$ 365 milhões roubados de investidor de Bitcoin

O autor de um golpe de “envenenamento de endereço” parece estar pensando duas vezes depois de roubar US$ 71 milhões de um grande investidor