Imagem da matéria: Sites de corretoras do Grupo Bitcoin Banco completam uma semana fora do ar
Foto: Shutterstock

Erro 522: eis a única informação encontrada nos endereços das páginas das corretoras do Grupo Bitcoin Banco (GBB), que completam nesta terça-feira (3) uma semana fora do ar.

Segundo a assessoria de imprensa do GBB, as plataformas das corretoras Tem BTC, NegocieCoins e NegocieCoins PRO saíram do ar no último dia 26 de novembro para manutenção. O site do Bitcoin Banco permanece operante.

Publicidade

Procurada novamente nesta terça, a assessoria do GBB não deu previsão de restabelecimento dos sites das corretoras.

No início de novembro o Bitcoin Banco entrou com pedido de recuperação judicial para todas as empresas. O movimento pode ter sido uma tática para “congelar”, reorganizar e parcelar as dívidas com os credores.

Por esse motivo, a saída do ar das plataformas do grupo Tem BTC, NegocieCoins e NegocieCoins PRO chama ainda mais a atenção.

A suposta ação de “congelamento” ficou mais evidente ainda porque o pedido de recuperação aconteceu dias após um outro, dos clientes, que pedirem judicialmente a falência do grupo.

Bitcoin Banco deve R$ 600 milhões

Em 27 de novembro passado, a Justiça do Estado do Paraná acatou o pedido e concedeu a recuperação judicial das empresas do grupo. O GBB alega dever mais de R$ 600 milhões aos clientes, que já estão há quase seis meses com dinheiro retido pela empresa.

Publicidade

A decisão ainda atingiu os credores do GBB. Iss porque a Justiça também aceitou a suspensão de todas as ações e execuções movidas contra o Bitcoin Banco. Na prática, significa que quem já ganhou ações contra a empresa não receberá o dinheiro.

Os clientes são contra o pedido de recuperação judicial do GBB. Eles acreditam que o grupo não tem como se reerguer, uma vez que não tem autorização da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) para operar, sendo inclusive notificado pela autarquia.

Caso seja aceita, a falência poderia forçar a empresa a abrir as suas contas.

VOCÊ PODE GOSTAR
Moedas de Bitcoin sobre mesa espelhada

Análise: o preço do Bitcoin está novamente sendo ditado pela política do Fed

“Análise dos últimos 40 dias revela uma maior alinhamento com as expectativas de taxa de juros para junho”, diz firma de análises CoinShares
simbolo do dolar formado em numeros

Faculdade de Direito da USP recebe evento da CVM sobre democratização dos mercados de capitais

Centro de Regulação e Inovação Aplicada (CRIA) da CVM vai a “Tecnologia e Democratização dos Mercados de Capitais no Brasil” com transmissão ao vivo no Youtube
Imagem da matéria: Investidores aproveitam queda do Bitcoin para acumular ainda mais moedas

Investidores aproveitam queda do Bitcoin para acumular ainda mais moedas

As baleias de Bitcoin compraram avidamente a última queda; investidores de longo prazo agora aguardam a próxima alta para realizar lucros
Moeda do Bitcoin envolta por raios (Lightning Network)

Lightning Labs está trazendo stablecoins para a blockchain do Bitcoin

“Ideia é ter dólares criptografados e stablecoins na blockchain do Bitcoin”, explicou Elizabeth Stark, CEO da Lightning Labs