Imagem da matéria: Pagamentos instantâneos do Banco Central do Brasil serão feitos através de blockchain
(Foto: Shutterstock)

O novo sistema para pagamentos instantâneos anunciado pelo Banco Central do Brasil (BC) no início do mês será baseado na tecnologia blockchain. A meta é substituir, gradualmente, o uso de ferramentas como TED e DOC, reportou o Estadão.

A nova plataforma, ainda em desenvolvimento, vai conectar de forma direta, sem intermediários, diferentes bancos, empresas e pessoas — qualidade intrínseca da tecnologia que surgiu com o Bitcoin.

Publicidade

Segundo o BC, os pagamentos instantâneos serão feitos em alguns segundos e funcionarão por 24h todos os dias da semana.

“A novidade é que os códigos devem funcionar de forma unificada entre todos os atores do sistema financeiro, como bancos, pessoas físicas e comerciantes”, disse um empresário do ramo à reportagem.

Desta forma, as operações de TED e DOC, que são compensações consideradas lentas e de alto custos para os bancos, devem ganhar o upgrade da autarquia.

Esse sistema já previsto, conforme comentários passados do presidente do BC, Roberto Campos Neto. Em março desse ano ele disse: “Blockchain é meio barato, rápido e seguro de controlar operações”.

Publicidade

O novo meio de transferência já era discutido pela instituição desde dezembro de 2018, quando o BC emitiu um comunicado estabelecendo os parâmetros. No entanto, o lançamento da plataforma deve acontecer somente em novembro de 2020, diz o Estadão.

De acordo com o BC, o desenvolvimento da base de dados deve custar aproximadamente R$ 4,3 milhões, enquanto a manutenção está estimada em R$ 1,2 milhão ao ano.

Blockchain e QR Code

Dentre os cenários previstos para a inclusão dos usuários no sistema blockchain do BC é a criação de um login para cada pessoa. Isso também poderá ser feito com o número do CPF. Desta forma, extinguiria com a exigência de inserir a cada transferência todos os dados do usuário.

Outra possibilidade, diz o artigo, seria a substituição de cartões de crédito pela utilização do QR Code, que segue agora como uma tendência global. A confirmação da transação seria então pelos meios já conhecidos: identificação biométrica ou selfie.


Compre Bitcoin na Coinext 

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.b

VOCÊ PODE GOSTAR
Ilustração mostra mapa do Brasil com pontos ligados em blockchain

Banco Central, UFRJ, Polkadot e Ripple se unem para aprofundar pesquisas sobre interoperabilidade entre blockchains e DREX

A Federação Nacional de Associações dos Servidores do Banco Central (Fenasbac) antecipa…
Antônio Neto Ais e Fabrícia Campos, casal que lidera a Braiscompany (Foto: Reprodução/Instagram)

MPF faz nova denúncia contra donos da Braiscompany e doleiro por lavagem de dinheiro

Antônio Neto e Fabrícia Farias realizaram operações financeiras de grande porte com características de lavagem de dinheiro em pleno colapso da pirâmide
Gustavo Scarpa em um campo de futebol usando o uniforme do Atlético Mineiro

Scarpa x Bigode: Pedras preciosas não valem como garantia em processo contra pirâmide cripto, diz PF

Um laudo das pedras de alexandrita apreendidas da suposta pirâmide Xland foi avaliado por um juiz, que determinou que elas não têm valor significativo
Sob um banco de madeira três criptomoedas ao lado de um celular com logo do Nubank

Nubank libera envio e recebimento de criptomoedas de carteiras externas

Já estão disponíveis para essas transações Bitcoin, Ethereum e Solana; outras moedas e redes serão adicionadas em breve