Ratoeira com moeda de bitcoin
Shutterstock

A natureza descentralizada e anônima das criptomoedas torna esse meio de troca atraente tanto para investidores legítimos quanto para golpistas. Mesmo com a nova regulamentação, ainda é necessária supervisão e educação financeira.

Muitos golpes, inclusive, exploram a falta de conhecimento e as emoções dos investidores. Por isso, antes de apostar em projetos e plataformas relacionados a criptomoedas, realizar uma due diligence (diligência prévia), com o respaldo de um escritório de advocacia especialista no assunto, é uma ação recomendada, frente aos novos tempos.

Publicidade

A educação e a conscientização também são ferramentas essenciais para não se tornar mais uma vítima desses tipos de fraudes.

Conheça os tipos mais comuns e os cuidados para não cair em ciladas:

1. Phishing

No chamado phishing, golpistas criam sites ou e-mails falsos que se parecem com serviços legítimos para roubar informações confidenciais, como chaves privadas ou credenciais de login.

Prevenção: verificar sempre a URL e os certificados de segurança e nunca compartilhar chaves privadas.

2. Esquemas Ponzi e pirâmides financeiras

Promessas de retornos garantidos e elevados são feitas para atrair investidores. Os retornos iniciais são pagos com o capital de novos investidores e o esquema de pirâmide eventualmente desmorona.

Prevenção: desconfiar de promessas de lucro rápido e fácil, além de consultar um escritório de advocacia especializado em investimentos, direito digital e mercado de capitais para emitir uma legal opinion.

Publicidade

3. Fraudes de investimento

Ofertas de investimento em projetos falsos ou inexistentes, muitas vezes promovidos por meio de marketing agressivo.

Prevenção: um advogado especialista na área pode realizar uma due diligence completa e apresentar um parecer sobre a proposta.

4. Ransomware:

Trata-se de malware que criptografa arquivos do usuário e exige pagamento em criptomoedas para desbloqueá-los.

Prevenção: manter softwares antivírus atualizados e evitar downloads de fontes não confiáveis.

5. Pump and dump:

Golpes do tipo pump and dump são manipulações de preços em que os organizadores inflam artificialmente uma criptomoeda e depois vendem rapidamente, causando queda acentuada.

Prevenção: evitar a participação em grupos que promovem essas práticas e ser cético em relação a dicas de investimentos não solicitadas.

6. Falsas ofertas iniciais de moedas (ICOs):

Vendas de tokens para um projeto que é inexistente ou fraudulento.

Prevenção: investigar profundamente o projeto, a equipe e o whitepaper antes de investir, contando com um respaldo jurídico.

7. Roubo de exchange:

São hackings de plataformas de negociação de criptomoedas para roubar fundos dos usuários.

Prevenção: utilizar autenticação de dois fatores e armazenar criptomoedas em carteiras frias, quando possível.

Analisar casos reais de golpes com criptomoedas também pode fornecer insights valiosos sobre as táticas dos golpistas e as vulnerabilidades. Seja como for, é extremamente importante cuidar da segurança on-line e colocar em prática pesquisas e sistemas de apoios e checagem antes de investir seu dinheiro.

Sobre o autor

Natural de Recife (PE), Anthonio Araujo Jr. é executivo multidisciplinar com formação em tecnologia, administração de empresas e direito. É DPO e tem especialização em áreas como direito digital, LGPD, mercados, capitais e fintechs, ao mesmo tempo em que continua sua jornada acadêmica com uma pós-graduação na PUC-PR em Legal Operations: Dados, Inteligência Artificial e Alta Performance Jurídica e concluiu seu Master of Laws em Direito dos Mercados Financeiros, de Capitais e Fintech.

Publicidade

CEO do grupo empresarial Smart Business e da ABM Advocacia, ele traz mais de 20 anos de experiência prática no mundo dos negócios. Membro permanente do IASP, reconhecido como palestrante em temas como empreendedorismo, advocacia disruptiva, LGPD e alfabetização de dados. Também é escritor de dois livros.

VOCÊ PODE GOSTAR
criptomoedas caindo no fogo

Volume de negociação em corretoras de criptomoedas cai pela 1ª vez em 7 meses

Análise aponta que guerra no Oriente Médio e freio no fluxo dos ETF cripto dos Estados Unidos foram os motores para a queda
Imagem da matéria: Fundador do Telegram diz que manterá seus tokens do Notcoin até multiplicarem por 100

Fundador do Telegram diz que manterá seus tokens do Notcoin até multiplicarem por 100

Pavel Durov detém 1% do maior token de jogo deste ano, doado pelos jogadores. E ele não está vendendo seus Notcoin – não agora, pelo menos
sob notas de dólares estão moedas de bitcoin, ethereum, ao lado de celular com logo FTX

FTX apresenta proposta para devolver aos clientes 118% dos fundos perdidos

Empresa afirma que caso o plano seja aprovado pela corte, os pagamentos serão feitos em até 60 dias
Imagem da matéria: CEO da Grayscale deixa cargo: "Momento certo para transição"

CEO da Grayscale deixa cargo: “Momento certo para transição”

A Grayscale, uma das maiores gestoras de criptomoedas do mundo, anunciou que Michael Sonnenshein está deixando o cargo de CEO