Imagem da matéria: Órgão regulador do Reino Unido aprova registro de startup de criptomoedas
Foto: Shutterstock

Crypterium, que se autodefine como uma startup de tecnologia financeira (fintech) e que visa “preencher a lacuna entre as economias cripto e tradicional”, foi registrada pela Autoridade de Conduta Financeira (FCA) do Reino Unido.

“Tornar-se uma empresa registrada na FCA é uma oportunidade fantástica. A partir de agora, partes interessadas irão ver a Crypterium sob uma nova ótica: uma empresa que põe a segurança e a acessibilidade do usuário em primeiro lugar”, afirmou o CEO Steven Parker em um anúncio.

Publicidade

“Não apenas fornecemos um excelente conjunto de serviços, mas agora também poderemos mostrar que [os serviços] são feitos em conformidade completa a alguns dos critérios de avaliação mais rigorosos”, acrescentou.

A carteira da Crypterium está disponível em 170 países pelo mundo e o cartão Crypterium, com pagamento por aproximação e com a bandeira Visa, dá aos usuários a capacidade de transacionar e sacar fundos em caixas eletrônicos de forma internacional.

Abordagem da FCA a criptomoedas

A partir de janeiro de 2020, todas as empresas cripto em operação no Reino Unido deveriam começar a cumprir com a legislação de proteção contra a lavagem de dinheiro, supervisionadas pela FCA.

No Reino Unido, criptomoedas continuam fora do escopo de regulações de investimento, como a Lei para Serviços e Mercados Financeiros de 2000. Assim, o único controle que a FCA possui sobre essas empresas é de acordo com as Regulações de Lavagem de Dinheiro, Financiamento ao Terrorismo e Transferência de Fundos de 2017.

Publicidade

Até agora, um total de 15 empresas receberam autorização da FCA, apesar de a reguladora ter uma postura crítica em relação à indústria cripto.

Em janeiro deste ano, a FCA publicou um alerta para investidores contra a indústria cripto, advertindo sobre a volatilidade de preço, o marketing enganoso, a complexidade das criptos e outros riscos.

A reguladora também tem uma postura firme contra a corretora cripto Binance, tendo emitido um alerta contra a Binance Markets Limited (entidade britânica adquirida pela Binance) este ano.

Desde então, a FCA reforçou seu alerta, afirmando que a empresa é incapaz de ser regulamentada após ter falhado em fornecer informações básicas à reguladora.

*Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento com autorização da Decrypt.co.

VOCÊ PODE GOSTAR
Uniswap, venture, criptomoedas, investimentos, web3

Manhã Cripto: Token da Uniswap despenca 17% após alerta de processo da SEC e Bitcoin recupera os US$ 70 mil

CEO da Uniswap, Hayden Adams, disse não estar surpreso, “apenas irritado, desapontado e pronto para lutar”
Moedas do Bitcoin Cash (BCH) ao lado de um celular com o logo do projeto

Preço do Bitcoin Cash sobe 11% depois de turbulência pós-halving

Antes do halving do Bitcoin Cash, o preço do BCH subiu para seu nível mais alto desde novembro de 2021, quando atingiu o pico de US$ 718,62
Imagem da matéria: STF autoriza extradição de belga preso no Brasil por operar pirâmide com criptomoedas

STF autoriza extradição de belga preso no Brasil por operar pirâmide com criptomoedas

De acordo com as investigações, a pirâmide criada pelo belga prejudicou milhares de investidores em diversos países europeus
Imagem da matéria: Veja quem são as 22 pessoas mais ricas do setor de criptomoedas em 2024

Veja quem são as 22 pessoas mais ricas do setor de criptomoedas em 2024

Conheça as pessoas mais ricas do mercado cripto que apareceram na lista de bilionários da Forbes de 2024