Imagem da matéria: O estranho trade de um NFT que valia US$ 10 milhões mas foi vendido por US$ 3 milhões
O CryptoPunk nº 4.156 foi vendido por US$ 3,3 milhões no dia 15 de julho de 2021 após ter sido comprado por US$ 10 milhões em dezembro de 2021 (Foto: Reprodução/Yuga Labs)

Um raro token não fungível (ou NFT, na sigla em inglês) da coleção CryptoPunks foi vendido por US$ 3,3 milhões — um prejuízo de US$ 7 milhões para o vendedor quando o decrescente preço do ether (ETH) é levado em consideração.

Mas quando a época de declaração do imposto de renda chegar, esse prejuízo pode acabar poupando milhões ao antigo dono se este fizer tudo direitinho.

Publicidade

Na manhã de sexta-feira (15), o Punk nº 4.156 — cujas características raras incluem uma aparência de “primata” e uma bandana azul — foi vendido por 2.691 ETH, ou cerca de US$ 3,3 milhões, considerando que o ether está precificado a US$ 1,2 mil.

Embora, para a maioria das pessoas, US$ 3,3 milhões pareça ser uma enorme quantia de dinheiro por um NFT — um token exclusivo e desenvolvido em blockchain  que representa a propriedade de um item — foi considerado como uma pechincha por alguns colecionadores de Punks.

“Valia US$ 25 milhões fácil, ao meu ver”, tuitou o usuário @borovik.eth, dono do Punk nº 3.938.

“US$ 3,2 milhões é uma piada por aquele primata, mas pode ser tentador para que o holder aceitasse”, disse Tank, dono do Punk nº 4.227, eu um tuíte antes de a proposta ser aceita.

Antes da mais recente venda, o Punk nº 4.156 havia sido adquirido em dezembro de 2021 por 2,5 mil ETH. Eram 191 ETH a menos, mas valiam US$ 10,26 milhões em dezembro, já que o preço do ether era o triplo na época. Isso significa que, na sexta-feira, o vendedor obteve um lucro relativamente pequeno em ether, mas sofreu um enorme prejuízo em termos de valor em dólares.

Publicidade
Histórico de transações do Punk nº 4.156 (Imagem: Cryptopunks.app)

Então por que o dono vendeu o NFT mesmo sabendo que teria um prejuízo de US$ 7 milhões? Provavelmente tem algo a ver com a captação de prejuízos fiscais.

Se o antigo dono do Punk nº 4.156 amortizar a venda como um prejuízo de US$ 7 milhões em sua declaração de imposto de renda, essa pode acabar sendo uma boa ideia. Embora, para fins tributários, a Receita dos EUA (o IRS) possa considerar esses prejuízos como realizados no momento na venda do NFT, o vendedor não precisa converter esse ether em dólares para amortizar o prejuízo.

Teoricamente, esse tipo de prejuízo intencional é uma prática comum que traders implementam para reduzir sua responsabilidade de ganhos sobre capital. Também é possível que a redução dessa renda de ganhos sobre capital em US$ 7 milhões possa diminuir a taxa fiscal do vendedor, resultando em ainda mais benefícios fiscais.

“É algo realmente inteligente [de fazer] na captação de prejuízos fiscais se ele não tem certeza se terá um retorno positivo sobre esse investimento muito em breve”, explicou o holder de um NFT Doodles em um tuíte sobre a venda do Punk.

Publicidade

Enquanto o vendedor possa ter feito uma boa barganha na captação de prejuízos fiscais, e o comprador? US$ 3,3 milhões gastos em um NFT? No atual cenário econômico?

@Janik.sol, que afirma ter comprado o Punk nº 4.156, considera a aquisição como uma porta de entrada para a “riqueza geracional”.

“Preciso de um Punk para transformar minhas poupanças em riqueza geracional. Por que eu comprei [esses NFTs]? Porque sei que Punks podem valer algo. Estarei lá quando o [mercado de] baixa tiver acabado”, tuitou.

No entanto, essa não foi a única venda impressionante de um CryptoPunk da semana. Vendas de NFTs subiram recentemente conforme o Punk nº 4.464 — outro avatar com características raras de primata — foi vendido por US$ 2,6 milhões na terça-feira (12) apesar do atual inverno cripto.

*Traduzido por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

Não sabe qual o melhor criptoativo para o seu perfil? No Mercado Bitcoin, quem está começando a investir tem a melhor experiência de negociação e fica informado sobre tudo! Saiba mais sobre o Mercado Bitcoin!

Publicidade
VOCÊ PODE GOSTAR
Celular com o logo da CVM e notebook aberto no site da Comissãod e Valores Mobiliários

CVM reconhece ativo de blockchain como token de pagamento

Dynasty Global AG recebeu na última semana a classificação do D¥N como um token de pagamento pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM).
Imagem da matéria: Drenador de carteiras de criptomoedas encerra negócio após roubar mais de US$ 85 milhões

Drenador de carteiras de criptomoedas encerra negócio após roubar mais de US$ 85 milhões

“Alcançamos nosso objetivo e agora, de acordo com o planejado, é hora de nos aposentarmos”, disseram os desenvolvedores do drenador de carteiras cripto
Imagem da matéria: Câmara dos EUA aprova projeto de lei para frear criação de CBDC

Câmara dos EUA aprova projeto de lei para frear criação de CBDC

O apoio à legislação ficou bastante dividido entre os partidos, com muito menos apoio dos democratas em comparação com outros projetos de lei envolvendo criptomoedas neste mês
Imagem da matéria: Braiscompany: Justiça já entregou todos os documentos para extraditar donos da pirâmide

Braiscompany: Justiça já entregou todos os documentos para extraditar donos da pirâmide

O casal que fundou a Braiscompany está em prisão domiciliar na Argentina, enquanto os países negociam extradição