Imagem da matéria: Nubank emitindo ativo digital próprio: O que isso significa para o mercado? | Análise
Foto: Shutterstock

Tinha me comprometido a escrever apenas semanalmente, mas o Nubank ACABOU com esses planos divulgando nesta quarta-feira (1) o whitepaper do ativo digital próprio deles.

Direto do documento oficial do Nubank, “Nucoin (NCN) é um criptoativo de utilidade que permite aos clientes serem recompensados por usarem e engajarem com suas marcas favoritas dentro de uma rede de fidelidade”.

Publicidade

Antes de prosseguir, um aviso importante: não é porque algo foi tokenizado – ou seja, representado digitalmente em uma rede distribuída – que suas características essenciais se evaporam.

Um ativo financeiro tokenizado continua sendo um ativo financeiro, uma ação tokenizada continua sendo uma ação e um programa de fidelidade tokenizado… já sabem, continua sendo um programa de fidelidade.

Por isso, os objetivos e incentivos encontrados em uma estrutura de fidelização “tradicional” (Smiles, Dotz, entre tantos outros) continuam valendo na Nucoin… só pra mencionar alguns: (i) negociação com parceiros para trazerem bens e serviços relevantes pros clientes da fintech; e (ii) incentivos equilibrados economicamente (ex: cliente recebe Nucoins suficientes para compra de uma TV preferencialmente após já ter tido gastos interessantes com o cartão de crédito).

Agora, a pergunta de 1 milhão de Nucoins: por que esse programa de diferencia dos outros e tem vantagens efetivas ao usar um token, se comparado com outros sistemas tradicionais de pontos?

Publicidade
  • Modelo fixo de emissão e distribuição: ao contrário de outros modelos “caixa preta” de emissão de pontos, fica explícito que apenas 100 bilhões de Nucoins serão criados e como eles serão distribuídos ao longo de sua vida útil. Isso pode ajudar a mitigar práticas de desvalorização dos pontos (ex: emitindo mais pontos aleatoriamente para incentivar consumo) e colocar mais pesos e contrapesos na relação consumidor-empresa.
  • Auditoria em tempo real: de que vale a declaração que existem apenas 100 bilhões de unidades se você não pode verificar que isso é verdade? Aqui, entra um dos principais casos de uso de redes distribuídas. Nelas, qualquer pessoa no mundo consegue validar o status do estoque e as transações feitas com o ativo, a qualquer momentoPor enquanto, o Nubank é o único validador da rede distribuída que criaram na Polygon, o que pode gerar riscos nesse processo de auditoria. MAS já possuem planos para adicionar outros validadores e, progressivamente, descentralizar esse processo.
  • Interoperabilidade e liquidez: como a Nucoin é um ativo digital emitido na Polygon, a comunicação desse ativo com outras plataformas que suportem o mesmo padrão pode ficar muito mais fácil. Um exemplo concreto disso é que, futuramente, o Nucoin poderia ser listado em várias plataformas e corretoras de criptoativos para facilitar a negociação e liquidação dos pontos em reais ou, até mesmo, em outros criptoativos.

Estamos vendo uma revolução disruptiva no segmento de fidelização? Talvez ainda seja muito cedo para dizer. Mas é inegável que modelos de negócio inovadores aliados aos benefícios de redes distribuídas podem ter um poder colossal na diferenciação competitiva entre as empresas.

Sobre o autor

Lucas Pinsdorf é responsável por novos negócios no Mercado Bitcoin desde 2017, teve participação no lançamento dos primeiros ativos alternativos digitais brasileiros. No passado, participou de operação de gestão de ativos alternativos e trabalhou no Pinheiro Neto Advogados. Se formou em Direito pela USP.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Microsoft lança PC com IA que vai lembrar tudo que você faz na internet

Microsoft lança PC com IA que vai lembrar tudo que você faz na internet

A big tech revelou o Copilot+ PC “projetado para IA” que recorda tudo o que é exibido na tela do seu computador
Vitalik Buterin criador do Ethereum

A proposta de taxas de gás de Vitalik Buterin tornará o Ethereum mais parecido com a Solana?

Vitalik propõe “taxas de gás multidimensionais” e afirma que é uma busca para um sistema mais personalizado e equitativo
Moedas de bitcoin sob mesa escura com sigal ETF

ETFs de Bitcoin têm entrada de US$ 303 mi, impulsionados por Fidelity e Grayscale

Os fluxos de entrada de ETFs de Bitcoin à vista nos EUA atingiram uma alta de US$ 303 milhões em duas semanas, já que o preço do Bitcoin ultrapassou US$ 66 mil
Imagem da matéria: El Salvador já minerou R$ 154 milhões em Bitcoin usando energia de vulcão

El Salvador já minerou R$ 154 milhões em Bitcoin usando energia de vulcão

A mineração de Bitcoin é feita com energia do vulcão Tecapa, usando 300 processadores voltados para essa atividade