Imagem da matéria: Nova ferramenta integra MetaMask com Solana
Foto: Shutterstock

A wallet de criptomoedas Solflare, do ecossistema Solana (SOL), lançou um novo recurso na terça-feira (12) que permite aos usuários da MetaMask gerenciar seus portfólios de SOL diretamente dessa carteira.

Durante anos, a Solana foi incompatível com MetaMask — o que significa que os entusiastas da criptomoeda precisavam criar uma nova carteira para armazenar SOL e NFTs emitidos em sua rede.

Publicidade

A Solflare acredita que o lançamento do novo recurso reduzirá as barreiras de entrada em Solana — e incentivará os entusiastas do Ethereum a experimentar a solução.

“MetaMask é de longe a carteira mais popular que existe, e o desgaste de instalar uma nova carteira impediu muitos usuários potenciais de Solana”, disse o cofundador da Solflare, Filip Dragoslavic, em um comunicado de imprensa compartilhado com Decrypt.

Ele acrescentou que o lançamento “é um divisor de águas”, apresentando a maior base de usuários da Web3 ao “ecossistema de aplicativos incrivelmente vibrante” da Solana.

Trata-se de um desenvolvimento significativo porque as duas redes dependem de infraestruturas diferentes, contribuindo para a fragmentação que tem prejudicado o setor blockchain.

Publicidade

O recurso funciona usando uma ferramenta chamada “Solana Snaps” (Solana instantâneo) para criar uma conexão com Ethereum e outras redes compatíveis com EVM (Ethereum Virtual Machine), permitindo que todos os ativos sejam gerenciados em um só lugar.

Em seu cerne está uma ponte integrada alimentada por DLN ((deSwap Liquidity Network)), um produto da deBridge, que permite que ativos EVM sejam portados para Solana. Seguindo um “processo de instalação simples”, a migração de ativos EVM para Solana leva menos de um minuto, de acordo com o anúncio.

Christian Montoya, líder de produto da MetaMask Snaps, descreveu o novo recurso como um “passo significativo para alcançar uma experiência de usuário mais integrada”.

As bridges (pontes) surgiram como uma vulnerabilidade potencial no ecossistema cripto — com bilhões de dólares roubados após grandes hacks que afetaram sistemas como Horizon e Ronin.

Publicidade

No ano passado, o deBridge, o projecto cuja ponte sustenta a integração Solflare-MetaMask, foi alvo de uma tentativa de ataque cibernético por parte do Grupo Lazarus da Coreia do Norte.

“O DeBridge nunca sofreu nenhum ataque à sua infraestrutura e nunca teve nenhuma vulnerabilidade crítica divulgada”, disse um porta-voz do projeto ao Decrypt.

Eles acrescentaram que, “ao contrário da maioria das pontes entre cadeias, a infraestrutura deBridge é construída de uma forma que torna as explorações de pontes clássicas sem sentido”, explicando que, como o design de sua infraestrutura de negociação entre cadeias DLN é baseado nos princípios 0-TVL, “não há honeypots (pote de mel) que possam ser explorados”.

*Traduzido com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Bitcoin cai mas analistas ainda acreditam que preço vai chegar a US$ 150 mil este ano

Bitcoin cai mas analistas ainda acreditam que preço vai chegar a US$ 150 mil este ano

A AllianceBernstein concorda com os analistas do Standard Chartered e acredita que o preço do BTC mais que dobrará nos próximos 18 meses
Imagem da matéria: Gnosis (GNO) dispara 20% após lançamento de plano para reviver o token

Gnosis (GNO) dispara 20% após lançamento de plano para reviver o token

Um programa de crescimento com aporte milionário de fundo cripto está sendo votado neste momento pelos usuários do GNO
Imagem da matéria: Governo proíbe uso de  criptomoedas em apostas esportivas

Governo proíbe uso de criptomoedas em apostas esportivas

Secretaria de Prêmios e Apostas vetou o uso de criptomoedas para apostas e pagamentos
Imagem da matéria: O que é o Notcoin? Conheça o jogo baseado em Telegram, o token NOT e os planos futuros

O que é o Notcoin? Conheça o jogo baseado em Telegram, o token NOT e os planos futuros

Notcoin é um jogo baseado no Telegram que nos últimos meses acumulou um total de 35 milhões de jogadores