Imagem da matéria: Museu MoMA vai leiloar artes tradicionais para financiar compra de obras digitais
Foto: Shutterstock

A Fundação William S. Paley vai leiloar pelo menos US$ 70 milhões em obras-primas neste outono, para expandir o impacto digital do Museu de Arte Moderna (MoMA) de New York, um dos mais importantes do mundo, e possivelmente adquirir os primeiros tokens não fungíveis (NFT) do museu. 

O MoMA cuida da coleção de William S. Paley desde que o cofundador da CBS morreu em 1990. A fundação de Paley, que detém fundos de doação para museus e programas educacionais e culturais, contratou a Sotheby’s para leiloar 29 das 81 peças da coleção do MoMA.

Publicidade

E o lucro do leilão será usado para expandir a presença digital do museu. De acordo com a fala do diretor do MoMA, Glenn Lowry, no Wall Street Journal, o museu pensou em várias possibilidades para o dinheiro. 

O MoMA deve lançar seu canal próprio de streaming, realizar exposições virtuais e chats de vídeo com criadores, ou colaborar com universidades e escolas digitais para oferecer cursos online. Mais importante ainda, para os fãs de criptomoedas, o MoMA também pode adquirir seus primeiros NFTs. 

Lowry disse que o museu tem uma equipe dedicada a acompanhar o cenário de arte digital a fim de procurar potenciais artistas para colaborações ou compras.

“Sabemos do fato de que compramos um ‘imprimatur’ [autorização de uso] quando adquirimos peças”, disse ele sobre os NFTs na entrevista, “mas isso não significa que devemos evitar esse campo”.

Publicidade

O que está à venda?

O acordo entre a Fundação William S. Paley e o MoMA dá ao museu a última palavra em como a coleção será utilizada. Uma pequena parte das vendas no leilão irá para outras causas filantrópicas defendidas por Paley. 

Muitas das peças mais conhecidas da coleção, incluindo a “Boy Leading a Horse” de Picasso, feita entre 1905 e 1906, e a “Woman with a Veil” de Matisse, não estarão à venda. Entretanto, Lowry confirmou que um Rousseau e um Renoir serão leiloados.

A “Guitar on a Table” de Pablo Picasso será leiloada por pelo menos US$ 20 milhões em Nova York em novembro, enquanto a “Three Studies for a Portrait of Henrietta Moraes” de Francis Bacon será leiloada por pelo menos US$ 35 milhões em Londres em outubro, de acordo com a Sotheby’s.

A expectativa é que o leilão alcance entre US$ 70 e US$ 100 milhões de arrecadação. 

Apesar do MoMA ainda não possuir uma obra de arte tokenizada na blockchain, o museu já ajudou a criar NFTs. Em novembro do ano passado, o MoMA contribuiu com metadados de sua coleção completa para a exposição/NFT “Unsupervised”, do artista de inteligência artificial, Refik Anadol.

Publicidade

* Traduzido com autorização do Decrypt.

Quer investir em ativos digitais, mas não sabe por onde começar? O Mercado Bitcoin oferece a melhor e mais segura experiência de negociação para quem está dando os primeiros passos na economia digital. Conheça o MB!

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: As criptomoedas estão se tornando políticas – e a Consensys quer ficar fora disso

As criptomoedas estão se tornando políticas – e a Consensys quer ficar fora disso

Enquanto outras empresas gastam milhões em candidatos pró-cripto, Joe Lubin diz ao Decrypt que a Consensys resistiu ao impulso
Donald Trump é fotografado em comício nos EUA

Trump agora aceita doações em Bitcoin e cumpre promessa com relação às criptomoedas

Bitcoin, Ethereum, Dogecoin, Solana, Shuba Inu e XRP estão entre criptomoedas aceitas pela candidato Donald Trump 
dupla de homens sendo presa

Irmãos são presos por roubo de R$ 130 milhões em ataque de 12 segundos na rede Ethereum

O procurador americano Damian Williams disse que “este suposto esquema era novo e nunca havia sido acusado antes”
Imagem da matéria: Coinbase sai do ar durante madrugada após interrupção do sistema

Coinbase sai do ar durante madrugada após interrupção do sistema

Embora a Coinbase tenha informado nesta manhã que o problema estava resolvido, sua página de status ainda indica que o app móvel e site estão com “desempenho prejudicado”