Imagem da matéria: Mercado global de hardware de mineração de criptomoedas deve crescer US$ 2,8 bilhões, diz pesquisa
Foto: Shutterstock

O mercado global de hardware de mineração de criptomoedas deve crescer US$ 2,8 bilhões a uma taxa anual de 7% até 2024, revelou uma pesquisa da agência Technavio divulgada na terça-feira (04). O estudo prevê também o aumento da popularidade das pools de mineração e do número de lançamentos de produtos para o mercado.

De acordo com o relatório, apesar de alguns governos restringirem o processo de mineração, o segmento pode se expandir por conta das oportunidades no mercado de hardware de mineração em regiões de grandes atores do setor, como Estados Unidos e Canadá. Outro ponto, revelou, são as recentes ofertas para pagamento de impostos com os ativos digitais.

Publicidade

O estudo da Technavio, feito durante o ano pandêmico de 2020, foi baseado na avaliação da mudança no comportamento do consumidor pós-pandemia, disse a empresa. O objetivo foi identificar e explorar as tendências e os futuros impulsionadores do setor de mineração. 

Dentre os atores principais do setor de mineração, a Technavio citou a maior mineradora de bitcoin do mundo, a Bitmain, e outras grandes empresas, como Canaan e Bitfury. Essas empresas fazem parte de um grupo que lidera o fornecimento de dispositivos para mineração.

Sobre energia sustentável, foco das empresas de mineração para os próximos anos, o relatório sugere que há um esforço para uma mineração baseada em energia limpa, mas que ainda não decolou de forma significativa. Um dos desenvolvimentos mais notáveis ​​descrito no estudo foi a pool de mineração projetada na Inglaterra pela Argo Blockchain, em parceria com a DMG Blockchain Solutions.

Mineração de criptomoedas

EUA e Canadá encomendaram pelo menos 120 mil máquinas de mineração de bitcoin neste ano. De olho no crescimento do mercado, porém preocupadas com a escassez global do produto, várias empresas de mineração vêm reservando grandes lotes de máquinas; algumas também vêm ampliando seu alcance ou explorando outras regiões, como a Bitfarms, por exemplo, que planeja criar uma fazenda com 210 Megawatts de potência na Argentina.

Publicidade

Mais recentemente, a Core Scientific, provedor de hospedagem de blockchain com sede em Bellevue, Washington (EUA), anunciou um acordo com sua parceira comercial Bitmain para a compra de 112.800 máquinas de mineração de bitcoin. 

A mineração de Bitcoin atingiu a maior receita da sua história em março deste ano. O volume total estimado no mês passado foi de US$ 1,5 bilhão, ou R$ 8,66 bilhões.

Como funciona a mineração de Bitcoin:

VOCÊ PODE GOSTAR
miniatura de homem sob pulpito e moeda gigante de bitcoin ao lado

Brasileiros não podem usar criptomoedas para fazer doações nas eleições municipais

A Procuradoria-Geral da República explicou as regras de doações para as eleições municipais de 2024
Imagem da matéria: Pump.fun: site que permite criar memecoin por apenas R$ 15 bate recorde de atividade

Pump.fun: site que permite criar memecoin por apenas R$ 15 bate recorde de atividade

Entre os 14.500 tokens lançados na Solana por meio do pump.fun, milhares eram baseados na GameStop
Imagem da matéria: Trader transforma US$ 27 mil em US$ 2 milhões ao antecipar alta da GameStop

Trader transforma US$ 27 mil em US$ 2 milhões ao antecipar alta da GameStop

O súbito ressurgimento das ações “memes” nesta semana rendeu uma pequena fortuna aos traders que nunca desistiram das loucuras de 2021
Donald Trump ex-presidente dos EUA

Donald Trump recebe compradores de seus NFTs em jantar de luxo

O ex-presidente resolveu aproveitar o dia de folga do Tribunal de Nova York para receber os apoiadores no resort de luxo Mar-a-Lago